Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa noite , vivo num apartamento T3 localizado no 7andar ( último andar do prédio) na zona de Queluz/Barcarena há pouco mais de 1 ano, no qual temos vários problemas derivados a humidade por condensação.

    Após ler bastante sobre diversas soluções contra a humidade, acreditamos que a instalação de um sistema de VmC duplo fluxo é o mais adequado mas não temos conhecimento aprofundado do tema nem temos contactos de especialistas nesta área.

    Nas minhas pesquisas encontro várias empresas/marcas de diferentes modelos de máquinas VMC mas não consigo encontrar empresas que façam o serviço de instalação.

    Assim gostaria de pedir a ajuda deste fórum com contactos de empresas/especialistas nesta área para podermos pedir orçamentos para esta instalação e perceber tudo o que envolve.

    O prédio é dos anos 80 mas comprámos o apartamento já todo renovado por quem estava a vender. Não tenho informação detalhada da renovação mas parece ter sido feito com materiais de muito má qualidade e por uma equipa com pouco brio profissional.
    Contudo não temos a possibilidade de fazer uma nova renovação completa e por isso andamos a tentar tratar os problemas há medida que aparecem e de acordo com a sua urgência. Neste momento este tema da humidade é o que mais nos preocupa pelo impacto que tem tido não só nos nossos bens materiais como na nossa saúde. Temos um bebé pequeno e queremos assegurar boas condições na nossa habitação e resolver este problema com uma solução eficiente e eficaz a longo prazo e com uma boa relação qualidade/preço.

    Aguardo ansiosamente a ajuda dos vários especialistas neste fórum

    Muito obrigada desde já pela atenção e disponibilidade
  2.  # 2

    Contacte o jorgealves aqui do fórum. Ele talvez possa ajudar.

    Boa sorte.
    Não se deixe levar por “soluções milagrosas” de grelhas e extractores.
    Uma solução VMC será certamente o mais saudável para uma remodelação que não deve ter tido em conta ventilação adequada dos espaços.

    Abr.
    Boa sorte.
  3.  # 3

    Vou comentar porque estou em situação semelhante, e apesar de não poder ajudar diretamente (como poderá fazer um especialista) o assunto interessa-me, e talvez as minhas impressões possam ajudá-lo também (e por favor corrijam-me se estiver a dizer coisas erradas).

    Também me mudei há pouco para uma casa "relativamente estanque" (caixilharia nova, de batente), e por isso reparamos em algumas humidades...

    Creio que a grande questão agora será:
    - Queremos estragar todos os tectos falsos da casa (e abrir buracos em algumas paredes que tem pelo meio) para passar condutas?

    Se sim, a VMC de duplo fluxo será a melhor opção, pela poupança energética que nos traz o facto de não estarmos a meter ar frio (ou quente, no caso do verão) dentro de casa. Isto e não só, também me parece o sistema mais "capaz".

    Se não queremos meter condutas:
    - podemos optar por uma solução descentralizada com uma unidade em cada divisão, que trabalham alternadamente em insuflação/extracção, e têm capacidade de recuperação de calor/frio (faz-me confusão como são tão caras, parece-me um claro aproveitamento), ou...
    - podemos optar pelos vulgares extractores nos WC/cozinha e meter grelhas nas janelas. Mas atenção que é para ficarem a trabalhar 24h/dia, 365 dias/ano. E têm que ter a capacidade de renovação de ar necessária para uma boa ventilação (creio que o caudal necessário corresponde a metade da volumetria da casa, por hora). O que significa que vamos arrefecer a nossa casa 24h/dia no inverno, e aquecê-la ao mesmo ritmo no verão. E temos que ter sistemas a compensar isso, com todo o custo que isso acarreta...

    Qual é a sua situação? Quer "estragar" esse pladur dos tectos falsos? (Eu acho que vou avançar para isso)
    Estas pessoas agradeceram este comentário: simaoguim
  4.  # 4

    Colocado por: jorgemlflorencioVou comentar porque estou em situação semelhante, e apesar de não poder ajudar diretamente (como poderá fazer um especialista) o assunto interessa-me, e talvez as minhas impressões possam ajudá-lo também (e por favor corrijam-me se estiver a dizer coisas erradas).

    Também me mudei há pouco para uma casa "relativamente estanque" (caixilharia nova, de batente), e por isso reparamos em algumas humidades...

    Creio que a grande questão agora será:
    - Queremos estragar todos os tectos falsos da casa (e abrir buracos em algumas paredes que tem pelo meio) para passar condutas?

    Se sim, a VMC de duplo fluxo será a melhor opção, pela poupança energética que nos traz o facto de não estarmos a meter ar frio (ou quente, no caso do verão) dentro de casa. Isto e não só, também me parece o sistema mais "capaz".

    Se não queremos meter condutas:
    - podemos optar por uma solução descentralizada com uma unidade em cada divisão, que trabalham alternadamente em insuflação/extracção, e têm capacidade de recuperação de calor/frio (faz-me confusão como são tão caras, parece-me um claro aproveitamento), ou...
    - podemos optar pelos vulgares extractores nos WC/cozinha e meter grelhas nas janelas. Mas atenção que é para ficarem a trabalhar 24h/dia, 365 dias/ano. E têm que ter a capacidade de renovação de ar necessária para uma boa ventilação (creio que o caudal necessário corresponde a metade da volumetria da casa, por hora). O que significa que vamos arrefecer a nossa casa 24h/dia no inverno, e aquecê-la ao mesmo ritmo no verão. E temos que ter sistemas a compensar isso, com todo o custo que isso acarreta...

    Qual é a sua situação? Quer "estragar" esse pladur dos tectos falsos? (Eu acho que vou avançar para isso)


    Eu vou optar pela última opção que falou. Comprei extratores WC S&P silent dual que são super silenciosos, trabalham de forma permanente a baixa velocidade e ainda têm sensores de humidade que aumentam os caudais caso a humidade atinja determinado valor.

    No inicio queria colocar VMC duplo fluxo, mas depois de várias derrapagens, isso ficou de fora (talvez falte uma pouco de concorrência para baixar os preços, não percebo como é tão caro). Uma VMC simples também era opção, mas julgo que este sistema com várias S&P acaba por ser superior uma vez que cada saída tem sensor de humidade e é independente (mesmo que avarie um aparelho os outros continuam a funcionar).

    Uma das coisas que me deixa com a pulga atrás da orelha nas VMC duplo fluxo são as condutas. Aquilo certamente tem de ser limpo regularmente para não se tornar um viveiro de bactérias.
  5.  # 5

    Eu estou inclinado para essa solução também, e na área social em open space por uma ghost com recuperação de calor.
  6.  # 6

    Obrigada a quem já comentou.
    No nosso caso queremos mesmo avançar com o VMC duplo fluxo mesmo sabendo que isso implica estragar os tectos falsos que temos pois acreditamos que é a melhor solução a longo prazo.
    Mas precisamente por ser um investimento elevado é que queremos assegurar que a instalação é feita por alguém especialista neste tipo de máquinas.

    Algum contacto/sugestão de empresa de instalação?
    Muito obrigada
  7.  # 7

    Bom dia @jorgealves, várias pessoas aconselham que entre em contacto consigo.
    Trabalha nesta área dos vmc duplo fluxo ou tem algum contacto de alguém que faça este tipo de instalação?
    Obrigada
 
0.0114 seg. NEW