Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa tarde ao fórum! Tenho uma caldeira a gasóleo na minha casa há cerca de 16 anos que quando o gasóleo acaba funciona em modo eléctrico. Acontece que tive uma avaria, o depósito de gasóleo ainda é dos que se enterravam e de repente não puxa gasóleo e a caldeira não arranca. Poderá ser sujidade acumulada entre outras razões. Sei que a solução mais fácil seria colocar um novo depósito de gasóleo exterior e voltar a abastecer.

    A questão que ponho é a seguinte: tendo em conta o preço actual do gasóleo de aquecimento, será que compensa usar a caldeira só em modo eléctrico?
    Já não uso a caldeira para o aquecimento central, é só mesmo para aquecer águas...

    Obrigado pela atenção.
  2.  # 2

    É pouco provável. Será uma questão de perceber qual a potência eléctrica do aquecimento, mas assumindo que é uma resistência o custo de fazer aquecimento central será brutal...
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Salgado96
  3.  # 3

    Colocado por: Bruno.AlvesÉ pouco provável. Será uma questão de perceber qual a potência eléctrica do aquecimento, mas assumindo que é uma resistência o custo de fazer aquecimento central será brutal...


    Obrigado Bruno Alves. É uma resistência de 2000W. Não é para fazer aquecimento central, é só para aquecimento de água para banhos.
  4.  # 4

    Nesse caso sim, funciona. Não é a solução ideal mas é como ter um termoacumulador. Eu tive uma experiência do género no meu sistema anterior a lenha em que o depósito de AQS também tem resistência de backup. Funciona mas sempre me consumiu mais do que pessoas que conheço com termoacumulador.
    Mas sim, para AQS deve funcionar. Não é a opção mais barata pela minha experiência, mas pode ser melhor no seu caso. Para ter uma ideia de custos a longo prazo sugiro colocar um contador de energia na tomada e acompanhar durante uns dias. É barato e fica logo a saber ;-)
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Salgado96
  5.  # 5

    Bruno Alves, exacto, será como ter um termoacumulador. Obrigado pela sugestão do contador de energia. É boa ideia. Nem sei se gastará menos colocar um relógio e aquilo ligar 2 horas de manhã e duas à noite ou estar sempre ligado e vai gerindo quando a temperatura da água baixa e vai ligando e desligando sozinho. Não domino mesmo isto. Espero não ter um grande susto na conta da electricidade.
    Eu, na verdade, ao preço a que o gasóleo está, já estava a gastar bastante a usar a caldeira mesmo só para aquecimento de águas. Isto é a solução imediata...depois mais para a frente tenho de pensar noutra. Ainda por cima, por azar, nem há uma semana meti 500 euros de gasóleo na caldeira e agora aquilo avaria...nem sei se alguém me tira o gasóleo do depósito (que é enterrado como se usava há uns anos), que depois teria de ser filtrado para ser utilizado. Os técnicos da Roca não conseguiram voltar a “ferrar” aquilo, dizem que não dá para fazer uma limpeza da pesca e do tubo e do depósito, que mais vale meter um depósito novo exterior e fazer nova ligação. Só sei que me custa ter lá metido 500 euros de gasóleo para nada. Até o vendo mais barato se alguém o quiser vir tirar e buscar :p Agora vai ficar assim uns tempos a funcionar com a resistência eléctrica. Muito obrigado pela ajuda.
  6.  # 6

    Colocado por: Salgado96Nem sei se gastará menos colocar um relógio e aquilo ligar 2 horas de manhã e duas à noite ou estar sempre ligado e vai gerindo quando a temperatura da água baixa e vai ligando e desligando sozinho.

    Se não tiver bi-horário ou painéis solares fotovoltaicos será preferível deixar gerir sozinho. Se tiver então pode ser boa ideia um relógio para aproveitar esses horários. 2h normalmente não é suficiente para aquecer de frio a quente. Se arranjar uma tomada inteligente com medidor ou um Shelly ou semelhante, ao fim de 3 dias já viu o que vai resultar e nesses dias não vai ser nenhuma conta absurda ;-)
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Salgado96
  7.  # 7

    Colocado por: Bruno.Alves
    Se não tiver bi-horário ou painéis solares fotovoltaicos será preferível deixar gerir sozinho. Se tiver então pode ser boa ideia um relógio para aproveitar esses horários. 2h normalmente não é suficiente para aquecer de frio a quente. Se arranjar uma tomada inteligente com medidor ou um Shelly ou semelhante, ao fim de 3 dias já viu o que vai resultar e nesses dias não vai ser nenhuma conta absurda ;-)
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Salgado96


    Não tenho bi-horario nem painéis solares! Vou deixar gerir sozinho. Muito obrigado pela ajuda e sugestões. Um abraço
 
0.0103 seg. NEW