Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Tenho visto vários tópicos aqui do fórum sobre o tema e ainda não consegui ficar esclarecido.

    Tenho andado a tentar perceber as diferenças entre soalho laminado, soalho de madeira e soalho multicamadas para um pequeno escritório de casa que tenho de renovar.

    Toda a minha vida (quer dizer, no pós-alcatifas) tive o que considero ser um soalho de madeira, com ripas estreitas e compridas, coladas ao chão (salvo erro tinham uma base de cortiça) e posteriormente envernizadas. Para que se perceba, do estilo do que se vê nos quartos desta moradia: https://www.idealista.pt/imovel/32408495/foto/20/
    Salvo erro, estas tábuas não tinham encaixes entre elas. Não me recordo de, em algum ponto o momento, parecer que o chão era "almofadado" ou tinha algum tipo de cedência ao pisar. Isto é soalho em madeira, correcto?

    No entretanto, tive uma experiência no apartamento em que vivi durante algum tempo que tinha, ao que penso, soalho laminado. tábuas compridas, largas e que pareciam encaixar umas nas outras. Os pés do sofá e os pés da mesa da sal (de madeira maçiça) ficaram todos marcados no soalho e um dia tive o azar de deixar entornar o chá (apenas reparei na manhã seguinte)) e a madeira (será que era madeira) ficou logo preta e levantada entre aquelas duas tábuas. Noutros locais, parecia "almofadado", isto é, tinha algum amortecimento ao pisar. Já isto é soalho de laminado, certo?

    É que, na minha ignorância existiam dois tipos de soalhos de madeira: os de tábuas corridas e envernizadas e os de tacos (muitas vezes não estavam envernizados) podendo estes ser em rectângulos pequenos (que faziam quadrados pequenos) ou de rectângulos maiores (e estariam dispostos em espinha), qualquer um dos dois não tinham encaixe entre as peças. Para além disso, existia outra coisa que nada era semelhante, ou seja, contraplacado ao qual era colado uma folha de madeira (como se vê em muitas mobílias actualmente), com tábuas largas, encaixadas entre si, que seria o piso flutuante.

    Mas pelos vistos, agora parece que existe outra coisa: o piso flutuante pode ter madeira verdadeira na sua superfície (não apenas uma folha estilo papel colado) e o soalho como o da foto acima pode ter encaixe entre eles? E onde fica o piso multicamadas no meio disso? Sei que o piso de multicamadas, tem uma camada base, uma intermédia (tipo pladur ou do género) e só depois uns mm (poucos) de verdadeira madeira. Será que se aproxima mais do "verdadeiro soalho de tábua corrida" ou daquele piso flutante laminado? Por exemplo, se lhe entornar uma chaleira de chá e não limpar logo, teria sempre o mesmo tipo de problema que tive no soalho flutuante, correcto? Porque não existe envernizamento que crie uma barreira entre as tábuas. Ou estou enganado?
 
0.0077 seg. NEW