Iniciar sessão ou registar-se
    • GSS
    • 14 fevereiro 2023

     # 141

    Pago pelo Brasil subscrição mensal da Disney+ R$ 14,99 e HBO R$ 14,99, dá cerca de EUR 5,40/mês as duas.
  1.  # 142

    Colocado por: GSSPago pelo Brasil subscrição mensal da Disney+ R$ 14,99 e HBO R$ 14,99, dá cerca de EUR 5,40/mês as duas.


    Como pelo Brasil ?
    Mesmo comprando pelo telemóvel (mudar de país no telemóvel para a App assumir o real ), eles não detectam que o IP que está a utilizar para ver é em Portugal, bloqueando o serviço?
  2.  # 143

    Qual diferença entre HBO e HBO max ?
  3.  # 144

    Colocado por: Quilleute

    Como pelo Brasil ?
    Mesmo comprando pelo telemóvel (mudar de país no telemóvel para a App assumir o real ), eles não detectam que o IP que está a utilizar para ver é em Portugal, bloqueando o serviço?
    VPN.
  4.  # 145

    Colocado por: rafaelisidoroVPN.


    Útil para dispositivos móveis … para fixos ( vários em simultâneo) esqueça isso .
    O trabalho implicado e o valor da VPN é semelhante ou superior ao valor da mensalidade da Netflix.
    Para não falar da ilegalidade que incorre que poderá ser imputável mais tarde, vale a pena ?
    Pela Netflix … eu acho que não . 😅

    Não deve ser a VPN’s que ele se refere, certamente…

    Por norma, o que costumo fazer ( em jogos etc ) é alterar o país no tm para ter acesso a app’s na moeda que pretendo ( sempre mais barata que a nossa ) e comprar o que me interessa a preços bem mais interessantes.
    No entanto, a Netflix há muito que que não dá para fazer isso.
    • GSS
    • 15 fevereiro 2023

     # 146

    Para efetuar a assinatura precisei usar um VPN, o hola foi suficiente, depois de feita assinatura usei sem necessidade do VPN na TV, só recebi um aviso de modo viagem.

    A Netflix também tenho conta pelo brasil hà uns 8 anos e pago cerca de 10 euros pelo pacote premium.
  5.  # 147

    Colocado por: GSSPara efetuar a assinatura precisei usar um VPN, o hola foi suficiente, depois de feita assinatura usei sem necessidade do VPN na TV, só recebi um aviso de modo viagem.

    A Netflix também tenho conta pelo brasil hà uns 8 anos e pago cerca de 10 euros pelo pacote premium.


    Com as novas regras e já tendo recebido o alerta de viagem , uma vez. A informação que disponho ( de alguém que faz atendimento ao cliente para a Netflix em Portugal) é que vai á vida se o IP não se manter em concordância com o código postal de registo .
  6.  # 148

    Colocado por: QuilleuteÚtil para dispositivos móveis … para fixos ( vários em simultâneo) esqueça isso .
    O trabalho implicado e o valor da VPN é semelhante ou superior ao valor da mensalidade da Netflix.
    Para não falar da ilegalidade que incorre que poderá ser imputável mais tarde, vale a pena ?
    Pela Netflix … eu acho que não . 😅
    util para tudo , não é ilegal nem é caro ... é que não se pode sequer comparar .
    • FFAD
    • 15 fevereiro 2023

     # 149

    Esta questão das viagens pode ser um entrave a muita gente, mais valia limitarem a "x" dispositivos.

    Há muita gente que anda na "estrada" muito tempo e aquilo vai funcionar por tempo limitado?
  7.  # 150

    Continuam a falar da Netflix como se fosse um bem essencial. As condições deles não se adequam ao vosso caso, é desistir e escolher outro. Há muita opção. Pode ser que eles mudem de ideias.
  8.  # 151

    Colocado por: rjmsilvaContinuam a falar da Netflix como se fosse um bem essencial. As condições deles não se adequam ao vosso caso, é desistir e escolher outro. Há muita opção. Pode ser que eles mudem de ideias.
    há muito que isso deixou de ser a Netflix e passou a ser vontade de responder na mesma moeda 😂
    •  
      Dom
    • 15 fevereiro 2023

     # 152

    Ainda pra mais quando se tem tanta alternativa no mercado. O único senão é mesmo as séries exclusivas que são boas mas isso há volta a dar.
  9.  # 153

    Eu tenho 1 partilha. Ainda temos de falar melhor, mas estou cá a pensar em cancelar a netflix e subscrever simultaneamente a HBO Max e a Disney+. A dividir por dois (com a partilha) continua a ser abaixo dos tais 10€, e os miúdos iam adorar as cenas de super heróis da marvel, star wars e afins.
  10.  # 154

    A avaliar pelas mensagens, compreendo o motivo que a Netflix quer acabar com as partilhas...
    Muita gente a querer ver para poucas contas a pagar lol
    Eu se fosse a eles fazia o mesmo.
  11.  # 155

    Colocado por: PauloSuMuita gente a querer ver para poucas contas a pagar lol
    Eu se fosse a eles fazia o mesmo.
    Você não entendeu uma coisa essencial. O plano premium paga 4 ecrãs em simultâneo. Que era usado por 4 pessoas. Era isto que se passava. O que se usava era efectivamente o que se pagava.

    O que a Netflix quer fazer é uma habilidade. É converter os 4 ecrãs em 4 contas.
    Mas quem é que quer 4 utilizadores na mesma casa? Quando estou em casa com a familia é para estar a convivcer, não é para cada um estar a ver uma série num aparelho diferente.

    Tanto não faz qualquer sentido esta mudança de estratégia, que nenhum dos outros operadores a usa.

    A Netflix deve ter alguns estudos e mercado que lhe indiquem que assim consegue maximizar as receitas. Pode fazer o que quiser, e os clientes agem em conformidade. Agora não venham sugerir que havia abuso. As pessoas simplesmente contratavam o serviço oferecido.
  12.  # 156

    Se a intenção é partilhar, acho que as 4 contas até fazem mais sentido.
    Para conviver com a família, não é estar fechado em casa a ver TV, há coisas muito mais interessantes para fazer para conviver com a família.

    Sempre ouvi dizer... quem não tem dinheiro também não deve ter vícios.
    • hangas
    • 15 fevereiro 2023 editado

     # 157

    Colocado por: HAL_9000. Que era usado por 4 pessoas.


    Desde que no mesmo agregado familiar (household), o que não significa necessariamente no mesmo espaço físico.

    Colocado por: HAL_9000Mas quem é que quer 4 utilizadores na mesma casa? Quando estou em casa com a familia é para estar a convivcer, não é para cada um estar a ver uma série num aparelho diferente.


    Não necessariamente na mesma casa. Posso-lhe descrever um cenário que testemunhava diariamente quando vivi em Londres, mas que será comum em muitas outras grandes cidades.

    Pessoal no metro e autocarros a ver Netflix no comute diário casa / trabalho(ou escola). É fácil de ver como os termos de serviço encaixavam neste modelo. Um household com casal e dois filhos, cada um deles, em simultâneo a ver a sua serie preferida todas as manhãs/tardes. Mas que ao fim do dia até estão todos em casa e até podem ver mais qq coisa em conjunto.

    Colocado por: HAL_9000Tanto não faz qualquer sentido esta mudança de estratégia, que nenhum dos outros operadores a usa.


    O modelo dos outros operadores está mais virado para a família ver em conjunto num único dispositivo, por vezes dois (cenário pais na sala, filhos nos quartos por exemplo).



    Colocado por: HAL_9000Agora não venham sugerir que havia abuso. As pessoas simplesmente contratavam o serviço oferecido.


    Havia abuso, principalmente nos mercados que foram abordados primeiros (america latina, iberia) na medida em que o conceito de "household" era claramente alargado muito para fora do mesmo. Havia em todos os mercado, mas nestes em particular uma pratica de account sharing que era contra os termos aceites por quem abria a conta.



    O que me parece que vá acontecer é a Netflix convergir para o mesmo modelo dos outros operadores. Embora o formato proposto agora acabe por ser um modelo hibrido.
  13.  # 158

    Colocado por: PauloSuSe a intenção é partilhar, acho que as 4 contas até fazem mais sentido.
    4 contas não há partilha. Cada um tem a sua.

    Repare que as pessoas simplesmente contratavam o que a Netflix oferecia.


    Colocado por: PauloSuSempre ouvi dizer... quem não tem dinheiro também não deve ter vícios.
    Exato, como não acho que a Netflix me venda um serviço que valha 8 euros. Acabo com o vicio.




    Colocado por: hangasHavia abuso, principalmente nos mercados que foram abordados primeiros (america latina, iberia) na medida em que o conceito de "household" era claramente alargado muito para fora do mesmo.
    porque acha que acontecia isso?

    Colocado por: hangasDesde que no mesmo agregado familiar (household), o que não significa necessariamente no mesmo espaço físico.
    Pois. Não faço ideia se o termo household está nos termos ou não (alguém lê aquilo)? Eu em minha casa só preciso de um ecrã, tinha outro para a casa de ferias, e partilhava os outros dois com 2 familiares.
    Se obrigam a ter uma conta por casa, é simples uso outro fornecedor do serviço. De qualquer forma tenho HBO e Amazon prime. Acabo com Netflix e meto Showtime. Não há dramas.

    O preço era justo na modalidade em que era usado. Fazendo uso do conceito household tal como o coloca,os preços são desajustados. Pó menos para o mercado nacional.
  14.  # 159

    Pois cá por casa vamos cancelar a Netflix e já escolhemos que iremos subscrever a Disney e a Skyshowtime. Ainda fica mais barato que ter netflix
  15.  # 160

    Colocado por: HAL_9000Pois. Não faço ideia se o termo household está nos termos ou não (alguém lê aquilo)?

    Não estava, já se viu nas páginas anteriores. Dizia que era para a mesma família, não referia na mesma casa.
 
0.0385 seg. NEW