Iniciar sessão ou registar-se
    • mikax28
    • 10 fevereiro 2023 editado

     # 1

    Boa tarde,
    Após muito pesquisa não encontrei nada semelhante ao meu caso e espero que me consigam ajudar em várias duvidas.

    Comprei casa em projeto no ano de 2021 que finalmente começou a ser construída este ano.
    Quando comprei a casa, foi me apresentado o negócio como sendo "chave na mão" por um valor estipulado onde tudo seria tratado por eles nomeadamente empreiteiro a única coisa que posso escolher são alguns acabamentos, na altura o projeto de loteamento estava para aprovação na câmara. Era um terreno individual que foi divido em vários, dessa forma quando o loteamento fosse aprovado faríamos a escritura do terreno logo em nosso nome.
    Tudo correu como o esperado, mas quando começaram as obras apresentaram-me a conta para pagar da licença de construção.
    Não me parece que tenha que ser eu a pagar isso porque comprei uma "casa pronta", mas em projeto. Será mesmo assim?
    Agora também me pedem para pagar a luz e obra da construção. Acho que não faz sentido, mas gostava de saber se é assim mesmo.
    No caderno de encargos que foi assinado, em relação às licenças refere apenas que são da minha responsabilidade licenças finais apos obra concluída e não refere mais nada.

    Outro assunto, não sou propriamente entendido na matéria, gostava de saber se existe alguma empresa/engenheiro para fiscalizar a obra? Zona de Braga

    Desde já obrigado pela ajuda.
  1.  # 2

    Se é chave na mão a fiscalização não está incluída?
    Estas pessoas agradeceram este comentário: mikax28
  2.  # 3

    Sim supostamente esta mas é o gabinete de arquitetura que a realiza, mas eles também fazem parte do négocio.
    Ou seja, o empreiteiro foi contratado por eles.
  3.  # 4

    Nesse caso necessita é de assessoria técnica.
    Ou seja alguém que analise o processo todo e lhe garanta que tudo está a ser cumprido.
    Se quiser envie nos um e-mail que podemos trocar algumas ideias.
    [email protected]
  4.  # 5

    Isso tem tudo para correr mal, se não percebe nada do assunto deveria ter-se informado antes de fazer o negócio.
    Boa sorte, que bem precisa.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: mikax28
  5.  # 6

    Colocado por: PickaxeIsso tem tudo para correr mal, se não percebe nada do assunto deveria ter-se informado antes de fazer o negócio.
    Boa sorte, que bem precisa.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:mikax28

    Nunca comprei nenhuma casa é um facto. Mas todas as pessoas que conheço que compraram casas neste modelo de negócios nunca lhe foi solicitado estes tipo de pagamentos.
  6.  # 7

    mikax
    Tem que perceber o que realmente contratou.
    Pode sem saber ter acordado isso
    Estas pessoas agradeceram este comentário: mikax28
  7.  # 8

    Colocado por: mikax28Mas todas as pessoas que conheço que compraram casas neste modelo de negócios

    Eu que trabalho no ramo nunca vi ninguém comprar uma casa a construir num terreno que nem sequer está loteado.

    Comprou a casa à empresa que a vai construir?
    Estas pessoas agradeceram este comentário: mikax28
  8.  # 9

    Assinei CPCV em 2021 onde estava indicado, "Atento que as obras de construção da referida moradia ainda não começaram, não tendo ainda sido emitida a competente Licença de Utilização, existe, contudo válido Alvará de Licenciamento de Obras de construção emitido pela Câmara Municipal" Também estava indicado "serão suportados pelos promitentes compradores todas as despesas de realização de escritura, e respetivos emolumentos notarias e todos os encargos respeitantes a registos e impostos, nomeadamente IMT e IS, devidos da aquisição do mencionado imóvel". A este contrato foi adicionado o caderno de encargos das respetiva obra. Nessa caderno de encargos no item "exclusões" esta indicado como exclusão "ramais de ligação de água, esgotos, pluviais e baixada elétrica (ligação entre as infraestruturas existentes e a habitação)" assim como, "certificados finais térmico, acústico, gás, ited e elétrico) para obtenção de licença de construção”, apenas isto.
    Agora recentemente assinei um "contrato de empreitada" numa clausula esta indicado "Despesa referentes a consumo de água e energia eléctrica, necessário à execução dos trabalhos a cargo do segundo outorgante" (que é o empreiteiro).
    • mikax28
    • 11 fevereiro 2023 editado

     # 10

    Colocado por: Pickaxe
    Eu que trabalho no ramo nunca vi ninguém comprar uma casa a construir num terreno que nem sequer está loteado.

    Comprou a casa à empresa que a vai construir?
    Estas pessoas agradeceram este comentário:mikax28

    Não, o dono do terreno é um investidor que comprou o terreno e fez o loteamento, a casa foi comprada a ele. Mas já tinha um contrato com uma construtora na qual eu não tive acesso nem possibilidade de escolha.
    • Pickaxe
    • 11 fevereiro 2023 editado

     # 11

    Esse CPCV é um atentado de disparates que você assinou.

    Diz que existe alvará de obras de construção, e no primeiro post disse que o projeto do loteamento estava na câmara para aprovação!! ... isto é impossível, não pode existir alvará de construção antes da aprovação do loteamento.

    Você compra uma casa chave na mão e assume a responsabilidade pelos ramais de águas esgotos, e eletricidade !!! ... inacreditável.

    Então contrata uma empresa para fazer a casa e depois você é que vai tratar dos certificados térmico, acústico, gás e elétrico?!!! WTF você devia estar mesmo a dormir !!!

    Já comprou o terreno?
  9.  # 12

    Colocado por: mikax28Mas já tinha um contrato com uma construtora na qual eu não tive acesso nem possibilidade de escolha.

    Perceba uma coisa, quem dá a garantia de 5 anos no final da obra é a empresa de construção que levanta a licença de construção na câmara, e você vai fazer o negócio com um tipo que no fim de receber o dinheiro não quer saber mais de si.
    Você disse que conhece mais pessoas que caíram neste conto do vigário?
  10.  # 13

    mikax
    Tem aí uma bela embrulhada que lhe pode fazer perder rios de dinheiro.
    Então se não tem controlo nenhum na construção como é que sabe que no final aquilo está em condições de pedir os certificados?
    Estas pessoas agradeceram este comentário: mikax28
    • Pickaxe
    • 11 fevereiro 2023 editado

     # 14

    ---
  11.  # 15

    Colocado por: zedasilvamikax
    Tem aí uma bela embrulhada que lhe pode fazer perder rios de dinheiro.
    Então se não tem controlo nenhum na construção como é que sabe que no final aquilo está em condições de pedir os certificados?
    Estas pessoas agradeceram este comentário:mikax28


    Peço desculpa, os certificados estão incluídos o que não esta são os ramais.

    Sim conheço algumas pessoas e sim todos tem que tratar da ligação da EPD e da agua.
  12.  # 16

    Nessa caderno de encargos no item "exclusões" esta indicado como exclusão "ramais de ligação de água, esgotos, pluviais e baixada elétrica (ligação entre as infraestruturas existentes e a habitação)" assim como, "certificados finais térmico, acústico, gás, ited e elétrico) para obtenção de licença de construção”, apenas isto.
    Ok, nada disto é da responsabilidade do empreiteiro.
    É da responsabilidade de quem então?
    Se mais nada ficou definido, será da responsabilidade do DO que neste caso é a mikax28


    Colocado por: mikax28Agora recentemente assinei um "contrato de empreitada" numa clausula esta indicado "Despesa referentes a consumo de água e energia eléctrica, necessário à execução dos trabalhos a cargo do segundo outorgante" (que é o empreiteiro).

    Ok, o empreiteiro paga os consumos mas não paga os ramais
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas
    Estas pessoas agradeceram este comentário: mikax28
 
0.0185 seg. NEW