Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Olá,

    O meu apartamento (último andar) foi remodelado há 3 meses e incluiu o tratamento do chão, que é de tacos de madeira, em espinha de peixe, dos anos 70, em boas condições, apenas a precisar de afagamento e verniz. Eu ainda não me mudei, pelo que só tenho ido à casa aos fds para fazer limpeza e receber electrodomésticos.

    O chão estava cheio de pó e com algumas areias das obras, portanto, só depois de aspirar é que comecei a detectar um problema... À medida que caminho de um lado para o outro, sinto o calçado a "raspar" em várias zonas e depois vejo pedaços de betume soltos. Ou seja, os tacos têm rachaduras no betume que criam zonas ásperas e betume solto em todo o lado.

    O afagador foi verificar e disse que foi da temperaturas altas na casa... que aqueles tacos não estão colados, estão agarrados por 2 pregos (só se for por baixo porque não se vê pregos), e por isso expandiram. Disse que não há nada a fazer a não ser repetir o processo todo outra vez. E não garante que não volte a acontecer.

    Os meus vizinhos (incluindo o do lado, no mesmo andar) também mantêm o chão original de tacos e o deles está impecável, completamente liso na superfície, como se tivesse um vidro espesso por cima. Mencionei isso ao afagador e ele disse que isso é um verniz tóxico que se usava antigamente e hoje já não.

    Um colega meu, noutra cidade, também mandou afagar o chão de tacos do apartamento dele e não aconteceu nada disto.

    Alguém que perceba disto e me possa dar opinião, por favor?
  2.  # 2

    Coloque fotos por favor
  3.  # 3

    Mas de uma forma geral, é perfeitamente possível que o betume deste género de tacos se solte. É algo para o qual alerto todos os nossos clientes. Mais cedo ou mais tarde, com a normal movimentação da madeira entre estações do ano, o betume, tendo mais de 2mm de junta (estes soalhos costumam ter acima de 5mm muitas vezes), acaba por partir e em alguns casos soltar-se.
    Quanto á questão da forma como os tacos estão aplicados, pode muito bem ser com o sistema de dois pregos dobrados em forma de anzol, colocados na lateral dos tacos que depois eram simplesmente pousados numa aguada de cimento.
    Mas coloque fotos por favor
    Estas pessoas agradeceram este comentário: HomelessAndroid
  4.  # 4

    Só tenho esta foto, mas acho que se percebe bem o problema.
      Screenshot_20230530_133626.jpg
  5.  # 5

    Colocado por: Joao DiasMas de uma forma geral, é perfeitamente possível que o betume deste género de tacos se solte. É algo para o qual alerto todos os nossos clientes. Mais cedo ou mais tarde, com a normal movimentação da madeira entre estações do ano, o betume, tendo mais de 2mm de junta (estes soalhos costumam ter acima de 5mm muitas vezes), acaba por partir e em alguns casos soltar-se.
    Quanto á questão da forma como os tacos estão aplicados, pode muito bem ser com o sistema de dois pregos dobrados em forma de anzol, colocados na lateral dos tacos que depois eram simplesmente pousados numa aguada de cimento.
    Mas coloque fotos por favor
    Estas pessoas agradeceram este comentário:HomelessAndroid


    Coloquei foto no comentário anterior. Agradeço a sua opinião.

    Acha que vale a pena repetir o processo, como disse o afagador?

    A questão de o chão dos vizinhos terem um verniz tóxico que já não se usa, é realmente assim? É que aquilo tem uma camada muito forte... Ali não há betume que se solte, nem taco que se mexa.
  6.  # 6

    O que os seus vizinhos têm, pela sua descrição, deixou de ser um soalho de madeira, passou a ser um pavimento em resina...
    Concordam com este comentário: Eugenia Matos, Joao Dias
  7.  # 7

    Colocado por: HomelessAndroidSó tenho esta foto, mas acho que se percebe bem o problema.
      Screenshot_20230530_133626.jpg

    É muito complicado fazer esse género de restauros. Esse preto nas juntas, em bom rigor, deveria ser eliminado, mas entendo a dificuldade do colega pois se orçamentarmos a limpeza integral de junta num soalho de tacos em espinha, o cliente no mínimo tem um ataque cardiaco.
    Embora já o tenhamos feito anteriormente, o custo é incrivelmente elevado e francamente, para isso mais vale trocar o chão.
    Estes soalhos são muito difíceis de restaurar e ficarem 100% perfeitos.
    Não querendo fazer o papel de advogado do diabo, o colega tem razão noutro ponto que é o produto utilizado como acabamento. Se for um verniz poliuretano brilhante, isso no fim quase que não há betume que salte fora pois o pavimento quase que parece um vidro. Pessoalmente, também não uso esses produtos pois prefiro vernizes naturais e sem ou muito pouco solvente.
    Pela foto é impossível aferir a totalidade do trabalho do colega mas, pelo que descreveu e só a avaliar apenas o que descreveu, provavelmente não conseguiria fazer muito melhor.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Pedro Barradas, joni, HomelessAndroid
  8.  # 8

    Alto! O JD conseguiu falar do trabalho de outro taqueiro sem ser para dizer que está um monte de fezes e que fazia muito melhor?
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Nostradamus
  9.  # 9

    Colocado por: rjmsilvaAlto! O JD conseguiu falar do trabalho de outro taqueiro sem ser para dizer que está um monte de fezes e que fazia muito melhor?

    Olha lá... também reparaste!?
  10.  # 10

    Colocado por: Joao Dias
    É muito complicado fazer esse género de restauros. Esse preto nas juntas, em bom rigor, deveria ser eliminado, mas entendo a dificuldade do colega pois se orçamentarmos a limpeza integral de junta num soalho de tacos em espinha, o cliente no mínimo tem um ataque cardiaco.
    Embora já o tenhamos feito anteriormente, o custo é incrivelmente elevado e francamente, para isso mais vale trocar o chão.
    Estes soalhos são muito difíceis de restaurar e ficarem 100% perfeitos.
    Não querendo fazer o papel de advogado do diabo, o colega tem razão noutro ponto que é o produto utilizado como acabamento. Se for um verniz poliuretano brilhante, isso no fim quase que não há betume que salte fora pois o pavimento quase que parece um vidro. Pessoalmente, também não uso esses produtos pois prefiro vernizes naturais e sem ou muito pouco solvente.
    Pela foto é impossível aferir a totalidade do trabalho do colega mas, pelo que descreveu e só a avaliar apenas o que descreveu, provavelmente não conseguiria fazer muito melhor.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Pedro Barradas,joni,HomelessAndroid


    Obrigado, caro João.

    A foto só mostra alguns tacos no hall, mas a casa está toda assim. Aquele "preto nas juntas" que refere é o que ficou quando o betume saiu. Mas quando comprei a casa, os tacos não tinham nada nas juntas... era só espaço vazio.

    Então e fazendo outra vez o trabalho, mas depois finalizar com esse verniz poliuretano brilhante, não ficaria resolvido? Isto é se o afagador aceitar usar esse verniz...
  11.  # 11

    Colocado por: rjmsilvaAlto! O JD conseguiu falar do trabalho de outro taqueiro sem ser para dizer que está um monte de fezes e que fazia muito melhor?

    As coisas são o que são. Infelizmente, há quem só goste do politicamente correcto…
    Concordam com este comentário: rjmsilva
  12.  # 12

    Colocado por: HomelessAndroid

    Obrigado, caro João.

    A foto só mostra alguns tacos no hall, mas a casa está toda assim. Aquele "preto nas juntas" que refere é o que ficou quando o betume saiu. Mas quando comprei a casa, os tacos não tinham nada nas juntas... era só espaço vazio.

    Então e fazendo outra vez o trabalho, mas depois finalizar com esse verniz poliuretano brilhante, não ficaria resolvido? Isto é se o afagador aceitar usar esse verniz...

    Não leve a mal mas o preto que vê nas juntas, seguramente que já lá estava. O betume que foi aplicado agora é o que vê mais claro nas juntas.
    E não, aplicando poliuretano não resolve o problema.
    Esse problema só mitiga bastante escurecendo o soalho com um óleo natural castanho escuro por exemplo.
  13.  # 13

    A vermelho é betume novo e não aparenta estar partido.
    A preto betume ou sujidade antiga…
      E8BA4457-0ED5-4030-8B3A-04470E2C6F78.jpeg
  14.  # 14

    Colocado por: Joao Dias
    Não leve a mal mas o preto que vê nas juntas, seguramente que já lá estava. O betume que foi aplicado agora é o que vê mais claro nas juntas.
    E não, aplicando poliuretano não resolve o problema.
    Esse problema só mitiga bastante escurecendo o soalho com um óleo natural castanho escuro por exemplo.


    A minha questão era se o verniz poliuretano resolvia o problema das rachaduras nas juntas... se fosse feito o processo todo outra vez e no fim colocassem esse verniz que mencionou. Para criar uma camada forte em cima, como têm os meus vizinhos.

    O que assinalou a preto na foto é o que fica à vista quando os pedaços de betume saem. Todas as juntas que estão pretas na foto, estavam iguais à zona que assinalou com vermelho. À medida que o betume racha e sai da junta, fica essa coisa feia cinzenta. Aliás, mesmo ao lado direito do círculo preto que desenhou, está um pedaço pequeno de betume solto em cima do taco.
  15.  # 15

    Já pensou pedir o contacto de quem fez o serviço aos vizinhos?
  16.  # 16

    Colocado por: rjmsilvaJá pensou pedir o contacto de quem fez o serviço aos vizinhos?


    Não, porque infelizmente não são apartamentos remodelados recentemente. O do meu vizinho da frente foi remodelado parcialmente há uns 15 anos e foi uma obra do antigo proprietário. O que torna ainda mais incrível o estado dos tacos na vizinhança.

    O meu, acabado de remodelar, não durou nem meio ano? Sem sequer ter uso normal? Parece-me que o tal "verniz tóxico" faz maravilhas...

    Além disso, já paguei esta remodelação. Agora, no máximo, tentam corrigir... Eu já não consigo gastar mais € na casa.

    Honestamente, se me tivessem avisado, como disse o João Dias, antes de fazerem o trabalho, que isto podia acontecer, eu não o teria feito. Embora os tacos estejam em perfeitas condições, teria pedido para tirarem tudo e colocarem aquela treta do flutuante...
  17.  # 17

    Colocado por: HomelessAndroid

    A minha questão era se o verniz poliuretano resolvia o problema das rachaduras nas juntas... se fosse feito o processo todo outra vez e no fim colocassem esse verniz que mencionou. Para criar uma camada forte em cima, como têm os meus vizinhos.

    O que assinalou a preto na foto é o que fica à vista quando os pedaços de betume saem. Todas as juntas que estão pretas na foto, estavam iguais à zona que assinalou com vermelho. À medida que o betume racha e sai da junta, fica essa coisa feia cinzenta. Aliás, mesmo ao lado direito do círculo preto que desenhou, está um pedaço pequeno de betume solto em cima do taco.

    O betume com o poliuretano salta na mesma.
    O que parece é que o betume novo não agarrou bem dentro da junta e por isso está a saltar ás lascas.
    Mesmo com poliuretano, aconteceria na mesma pois o verniz por si só, não tem capacidade para aguentar a tração mecânica do trabalhar da madeira logo, o betume acabará sempre por partir.
  18.  # 18

    Colocado por: Joao Dias
    O betume com o poliuretano salta na mesma.
    O que parece é que o betume novo não agarrou bem dentro da junta e por isso está a saltar ás lascas.
    Mesmo com poliuretano, aconteceria na mesma pois o verniz por si só, não tem capacidade para aguentar a tração mecânica do trabalhar da madeira logo, o betume acabará sempre por partir.


    Valerá então a pena repetir o processo, como sugeriu o afagador?

    Se soubesse que acabava assim, tinha investido no flutuante. Ando em casa, quase tropeço nas partes ásperas (o betume rachado e levantado nas juntas), o chão está sempre sujo com pedaços de betume espalhados por todo o lado... e nem sequer posso lavar/limpar o chão nestas condições, só aspirar... É uma miséria.
  19.  # 19

    Isso é que já não é normal.
    A obra é em que zona?
  20.  # 20

    Colocado por: Joao DiasIsso é que já não é normal.
    A obra é em que zona?


    Odivelas

    Acho que não tenho hipótese senão aceitar que façam o processo outra vez... Vou fazer o quê? O investimento foi feito para manter o chão de tacos. É tarde para voltar atrás e falar do flutuante. Isso era voltar a "abrir a obra" e ter de pagar um novo serviço...
 
0.0237 seg. NEW