Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa tarde,

    Investi em 2020 numa moradia que iria ser construída nos dois anos seguintes. Era para ser uma casa para viver, mas como atrasou (era para ser entregue em 2022 e será em 2024), passei a olhar para a casa como investimento.

    Assim, tenho neste momento algumas ideias em mente para o investimento em causa.

    Em resumo, a casa custa 320k e eu paguei 100k de entrada. Pagarei 200k na escritura.
    O valor expectável de venda no momento da escritura é de 500k.

    1 - Tenho a hipótese de ceder a posição até à data da escritura, exclusivamente via imobiliária da construtora, pagando 4%. Se fosse mesmo pelos 500k, a comissão seria 20k. Pagaria cerca de 40k de mais valias. 60k seria aprox o valor que perderia.

    2 - Tenho a hipótese de fazer a escritura, cerca de 16k, e vendê-la depois por minha conta. A única diferença face ao cenário 1, seria 20k vs 16k, portanto algo residual, mas com a necessidade de empréstimo para essa aquisição, provavelmente ficaria até algo mais de 20k. Pagaria cerca de 40k de mais valias. 60k seria aprox o valor que perderia.

    3 - Ficar com a casa como investimento e rentabilizar (arrendamento).

    4 - Colocar a casa como habitação própria permanente e morada fiscal e vender mais tarde (se o "mais habitação" vigorar, pelo menos 2 anos tem de ser). A verdade é que, com a casa 2 anos em minha posse, os custos que teria não seriam superiores aos 40k que teria de pagar nos cenários 1 e 2.

    O ponto 4 é uma ideia recente que me surgiu nos últimos dias e sobre a qual tenho feito muita pesquisa. Sou eu que estou a sonhar demasiado ou é algo que efectivamente pode ser uma opção?

    Muito obrigado pela ajuda.
  2.  # 2

    Tem algum crédito bancário associado a este investimento?
 
0.0086 seg. NEW