Iniciar sessão ou registar-se
    •  
      FD
    • 30 Janeiro 2007

     # 1

    A apreciação dos processos de edificação, alteração ou loteamento pela CML pode ser acelerada se os arquitectos seguirem todos procedimentos indicados no Guia Urbanístico em CD disponível a partir de hoje, garante a vereadora do Urbanismo, Gabriela Seara

    Todos os formulários necessários para a correcta entrada de um processo urbanístico na Câmara Municipal de Lisboa (CML), uma listagem dos locais de entrega de documentos e formas de acompanhamento possíveis constam de um CD interactivo à venda a partir de hoje.

    Cabe ainda neste guia, que tem como destinatários principais os arquitectos, toda a legislação de Direito do urbanismo, regulamentos e planos em vigor. As informações reunidas no CD podem utéis a outros públicos como os estudantes de arquitectura.

    «Este CD é um instrumento de trabalho que permite uma maior facilidade no entendimento daquilo que a Câmara pede. Se forem respeitadas todas as regras e etapas aqui descritas estou em condições de garantir uma maior celeridade na apreciação de processos», explicou a vereadora Gabriela Seara, que tutela os pelouros do Urbanismo e da modernização Administrativa da CML responsáveis pelo desenvolvimento do guia.

    «É com grande esforço e empenho que queremos que a tramitação dos processos urbanísticos melhorem para que isso se reflicta numa cada vez melhor cidade», acrescentou.

    O guia custa 25 euros e está disponível no Centro de Informação Urbana de Lisboa, na Livraria Municipal ou no Centro de Atendimento ao Munícipe.

    http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=17053
  1. Ícone informação Anunciar aqui?

data-ad-format="auto" data_ad_region="test">