Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 121

    sr. kami, venha ter comigo e eu faco lhe um teste de pvc .
    sabe quanto tempo é necessario para derreter o pvc? sabia que em caso de incendio o pvc nao alimenta o lume? a ideia de que o pvc derrete e começa a pingar esta errada.
    na questao do dobrar e muito dificil pois um pvc que se preze tem reforco a aço no interior e se quiser mos podemos colocar um vidro laminado sempre para o lado de dentro da casa ( segurança pessoal em caso de quebra).
    tal como tudo na vida existe as coisas boas , as menos boas e as imitaçoes
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 122

    Colocado por: coelhosr. kami, venha ter comigo e eu faco lhe um teste de pvc .
    sabe quanto tempo é necessario para derreter o pvc? sabia que em caso de incendio o pvc nao alimenta o lume? a ideia de que o pvc derrete e começa a pingar esta errada.
    na questao do dobrar e muito dificil pois um pvc que se preze tem reforco a aço no interior e se quiser mos podemos colocar um vidro laminado sempre para o lado de dentro da casa ( segurança pessoal em caso de quebra).
    tal como tudo na vida existe as coisas boas , as menos boas e as imitaçoes


    Trabalha na zona do grande Porto?
  4.  # 123

    nao, trabalho na zona de santarem. no porto so estou com janelas de madeira ( pousada do freixo)

  5.  # 124

    Sr. Coelho, em que zona de Santarém? pode facultar alguma morada?
  6.  # 125

    sr carlos silva, estou em marinhais(JUNTO A GNR) caso queira posso me deslocar ate si.
  7.  # 126

    Aluminio ou PVC? Engraçado, já me debrucei muito sobre o assunto. Optei pelo aluminio por 2 razões: 1ª O PVC se for branco (era o meu caso) dizia alguém que passados alguns anos vai ficando amarelo, não sei se é verdade, mas esta razão assutou-me; 2ª O PVC é um produto á base de petróleo, portanto altamente inflamável e em caso de incêncio..., Quanto a marcas devo dizer que da extrusal só se for a série A40, mas na verdade se quer aluminio bom só mesmo Shucco ou Hartman (não há melhor), pode é sempre esperar pelo dobro do preço, eu tenho Hartmaan e só há uma empresa em Portugal a vender: a Profial.
  8.  # 127

    ncllopes, lamento desapontar mas como ja disse em cima o pvc nao arde se quiser posso provar lhe , quanto a marcas experimente a finstral e talvez consiga um preço menor que a shucco mesmo no sistema 200 top 72( 3 juntas).
    • kami
    • 19 Janeiro 2009

     # 128

    Boas


    Segundo uma tabela da climalit colocada pelo Pedro a espessura de vidros duplos maior no lado exterior ou interior é indiferente acustica e termicamente. Então porque se metem espessuras diferentes?

    Cumps
  9.  # 129

    Boas pelo que percebi está relacionado apenas com a acustica.
    Com espessuras diferentes os vidros têm "frequências críticas" (frequencia em Hz, na qual determinada vidro transmite mais facilmente o ruido) também diferentes, o que é benéfico.

    Deu para perceber?
    Concordam com este comentário: Rehau
  10.  # 130

    Pelo que deu para perceber através das discussões, as pessoas continuam com a ideia errada de que o PVC tem
    poucas qualidades para ser usado em caixilharia, mas as coisas não são bem assim, e como tudo sofre uma evolução, a caixilharia não fica de parte.
    Nos primórdios, as janelas e portas simplesmente não existiam, quando se ergueram as primeiras paredes, as pessoas começaram a ter que deixar " buracos para entrar " e para poder a partir do interior visualizar o exterior, depois e como estes "buracos" deixavam entrar bastante frio tiveram que colocar madeira que depois de trabalhada permitisse através de um tipo de dobradiças abrir e fechar para poder entrar, sair e visualizar o exterior, depois e já em tempos mais modernos o vidro veio permitir o "olhar" para o exterior sem ter que abrir a dita janela, com a evolução e o aperfeiçoamento incluíram borrachas para conseguir um melhor isolamento na ligação entre a parte fixa " aro " e parte móvel " folha " da janela , mas o clima e a capacidade da madeira de absorver humidade, fazem a madeira " inchar" e "mingar" daí as fissuras e aqueles empenos que nos tornam por vezes impossível a abertura, bem como aqueles ruídos estridentes de algumas portas a "roçar" o chão. Para evitar estes problemas, o Homem evoluiu a caixilharia para outra matéria-prima menos sujeita às variações a que está sujeita a madeira, e começou a fabricar as janelas em alumínio, leves, com borracha incorporada, com rolamentos para correr sem desgaste, com ferragens mais modernas e fáceis de manusear, enfim janelas que não variavam a forma com a temperatura e a infinidade de perfis extrudidos conseguia executar qualquer tipo de serviço a um mais baixo preço e ultimamente também incorporar o vidro duplo. Com esta descoberta do " Ovo de Colombo", praticamente todas as serralharias, que até então trabalhavam o ferro, começaram a transformar o alumínio, e todo o serralheiro passou a trabalhar muito mais limpo, os perfis chegam à serralharia, e o trabalho com estes perfis é simplesmente cortar, aparafusar, colocar borracha e vidro, para posterior colocação em obra. Dentro das serralharias os empregados começaram a aperceber-se da arte e do lucro que a patrão obtia e começaram eles independentemente a executar os serviços, já que não é necessário um investimento avultado para iniciar.
    Como a evolução não pára, certo dia alguém se apercebeu que o alumínio era muito bom em termos estruturais, mas não tão bom em termos térmicos, e com relativa procura cientifica, de uma lista de matérias-primas escolheu uma que possuí-se um dos mais baixos coeficientes térmicos, que fosse passível de possuir formas variadas e conseguir o que até então de melhor possuía a madeira e o alumínio. A conclusão chegada foi o PVC com reforço em aço, com canais de drenagem de humidade, canais para ferragem própria, e capacidade de incorporar aquando da extrusão uma borracha de vedação, etc., etc. quanto à estabilidade da cor também foram incorporados elementos que a permitem, bem como outros que evitam a propagação da chama. A solda deste material é outra inovação que permite que as esquinas sejam totalmente estanques e com resistência superior. Na actualidade o fabrico deste tipo de caixilharia está sujeito a uma minoria de empresas relativamente às empresas que fabricam o alumínio, os factores para tal são:

    1 - Existir uma grande massa populacional a laborar nas empresas de alumínio (desde a altura do "Ovo de Colombo")
    2 - A pouca formação e a resistência à mudança do patronato das empresas de alumínio
    3 - O fabrico/ transformação de caixilharia em PVC requerer grande investimento
    4 - A empresa de fabrico de caixilharia em PVC, devido à sua mecanização e tecnologia consegue atingir um número de unidades por dia muito superior à empresa de fabrico de alumínio que utiliza ainda métodos pouco evoluídos.

    Naturalmente a falta de formação/informação de toda a massa laboral das empresas de fabrico de alumínio, fará com que ainda hoje se ouça um pouco por todo o lado os infundados defeitos do novo material, o PVC:

    1 - É plástico ( policloreto de Vinil , e por fora!!....por dentro é aço..., e por fora é plástico para garantir o isolamento...)
    2 - Empena ( já viste em algum lado ?.....mostra-me...só se não tiver aço!!!)
    3 - Descora ao fim de pouco tempo ( mas nunca mencionam quanto....100 anos ?? depois se vê....)
    4 - É cancerígeno ( é pena que os biberões dos filhos também serem em PVC, bem como as seringas nos hospitais e os sacos de soro...etc, etc até o taparware lá de casa é em PVC)
    5 - É caro ( outros dizem que é barato....e por isso que não presta.....)
    6 - Vai-se arrepender!!! depois vai ver.... ( quando se apercebem que o cliente conhece as características.....)
    7 - Eu também o fabrico, mas.... ( Mas não tem maquinaria para o fabricar....e se a tivesse primeiro tinha que ter formação....)
    8 – Arde, num incêndio arde logo….. ( As de alumínio não, a casa cai abaixo e elas ficam como novas…..)
    9 – Não há nada que chegue a uma boa rotura térmica…( desculpa mas isso de rotura térmica é PVC a separar o alumínio ??? isso não fragiliza a estrutura ??......e o isolamento?? Na melhor das hipóteses é metade do PVC…)

    Enfim, são inúmeros os insustentáveis defeitos que todos estes que naturalmente "puxam a brasa à sua sardinha", colocam e que por vezes, infelizmente são assumidos como válidos pela população.
    Não tenham dúvidas que o PVC faz parte da evolução e informem-se com gente neutra acerca deste produto, não é à toa que nos países mais desenvolvidos o PVC vinga com percentagens enormes e de futuro será parte integrante e obrigatória nas nossas habitações, para poder reduzir os consumos de energia e aumentar o conforto.

    Características do alumínio:

    - Prestações muito reduzidas como isolante
    - Permite a condensação
    - Susceptível de Oxidar e riscar
    - Susceptíveis de serem corroídas num curto espaço de tempo
    - União mecânica das esquinas deficiente, não é estanque, o que permite a entrada de ar e água
    - As esquinas são unidas por parafusos, que se podem desapertar.

    Características do PVC:

    - Excelente isolante térmico
    - Alto isolamento acústico
    - Larga duração
    - Baixa permeabilidade ao ar
    - Alta estanquicidade à água
    - Imune à contaminação
    - Resiste à condensação
    - Fácil de limpar
    - Mínima manutenção
    - Estabilidade da cor
    - Grande resistência mecânica (esquinas soldadas e perfis compostos de aço no s

    Condutibilidade térmica [W/mK]:

    - Alumínio = 203
    - PVC = 0.16
    A condutibilidade térmica do alumínio é cerca de 1000 vezes superior à do PVC.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: leticia abreu, faleiro.ivo@gmail.co, vir2al, JCC, JoaoCar, migabc
      madalupvc.gif
  11.  # 131

    Eu concordo na generalidade, mas duvido que se consiga o mesmo acabamento que o alumínio.

    Passo a explicar a minha duvida.
    Sempre disse que escolheria um sistema de porta de batente, mas como vou ter de colocar blackouts embutidos nas padieiras, foi-me retirado a possibilidade de escolher o dito sistema.
    Então as moradias que visitei, para ver os sistemas de blackouts, tinham portas de correr semelhantes e acabei por me render a essa evidencia.
    No entanto, a minha duvida prende-se com estrutura.
    As portas que vi, eram muito grandes (entre 2 e 3 metros de comprido, por folha) e não vejo que o PVC permita portas com essa dimensão, pois as portas de alumínio se bem feitas apresentam-se alinhadas e não permitem grandes folgas entre as folhas. Alias já vi sistemas com raspadores para minimizar os fluxos de ar entre as folhas.
    Estas quando fechadas, apresentam uma pujança elevada.

    Será que um sistema em PVC consegue este ou melhor nível de acabamento?
  12.  # 132

    Ai a vida.. ;)
    Mas afinal, para grandes vãos (por exemplo 5,80m x 2,80m, com 4 folhas de correr) há ou não problemas em colocar PVC??
    É que até já alguns instaladores de PVC me disseram que não... (perdendo assim uma obra!)

    Gostava de perceber isto de vez...
  13.  # 133

    É assim: o PVC, bem como outros materiais possuem uma ferragem denominada " Oscilo-paralela" que permite conjugar o que de melhor tem uma janela de correr, com a possibilidade de obter o isolamento de uma janela de abrir, somando ao facto de poder correr a possibilidade de fazer oscilo (basculante), o que dá imenso jeito para arejar sem comprometer a segurança da habitação. No fundo estas portas ou janelas têm um funcionamento igual ao das portas laterais dos veiculos ligeiros comerciais, que possuem borracha para vedar, apenas acrescidas da possibilidade do tal "oscilo", e conseguem dimensões exageradas ( os tais 3 ou mais metros de comprido), um senão apenas é que para obtermos uma folha movel com 3 metros, teremos obrigatóriamente que possuir ao lado um fixo com 3 metros também, ou seja o vão da porta ou janela teria um total de 6 metros, porque a folha móvel corre para o lado do fixo.
    Relativamente aos black-outs, hoje existem sistemas que são instalados na parte móvel de qualquer sistema de batente e não interfere com os seus movimentos quer de abertura quer de oscilo, sejam em portas ou em janelas, como mostro na imagem seguinte, em que o tecido aplicado nestes, poderá ter uma enorme variedade de cores ou texturas, consoante o isolamento térmico ou a opacidade desejados.
    Cumprimentos
      black -out.JPG
  14.  # 134

    Colocado por: Pedro Azevedo78Ai a vida.. ;)
    Mas afinal, para grandes vãos (por exemplo 5,80m x 2,80m, com 4 folhas de correr) há ou não problemas em colocar PVC??

    Colocar PVC com sistema de correr não faz sentido ( a não ser que seja o sistema "oscilo-paralela" referido no comentário anterior), quando se instala PVC em caixilharia será com o intuito de obter a máxima vedação, e com o seu baixo coefeiciente de transmissão térmica um isolamento que os outros materiais não conseguem. O sistema de correr, seja em alumínio ou PVC, não possui borrachas, mas sim um género de escova para permitir o deslizar e o final encaixe da folha na sua posição final, mas nem por sombras esta escova permite uma estanqueidade , daí hoje se substituirem as janelas de correr pelas de batente ( claro que as janelas de correr são mais baratas pela simplicidade de construção e ausência de ferragem). Os grandes vãos de 5.80 m poderão naturalmente ser efectuados em PVC, e a abertura poderá ser de 4 folhas de batente sem problemas nenhum, mas se o intuito for não roubar espaço ao interior aquando da abertura, poderá naturalmente optar pelo sistema da oscilo-paralela, ou se pretender o vão totalmente aberto, sistemas de abertura em harmónica.
    Agora não digam que é impossivel......
    Cumprimentos
    • kami
    • 20 Janeiro 2009

     # 135

    Boas

    Qual a largura máxima (folha móvel+folha fixa iguais) das janelas oscilo-paralelas?

    Cumps
  15. Ícone informação Anunciar aqui?

  16.  # 136

    Olá, a largura máxima do conjunto folha móvel + folha fixa iguais (apesar da folha fixa poder ser maior que a móvel e nunca mais pequena) podemos assumir os 6 metros, já que os fornecedores de ferragem para o tal sistema aconselham um peso máximo de 250 Kg por folha, logo o vidro a usar será mais um parêmetro a ter em conta no cálculo do peso, este clacula-se a 2.5Kg por mm por m2.
    Exemplo : um vidro 4-16-4 com 1 m2, em que 16 é a câmara entre vidros de 4 mm de espessura, assumimos 8 mm de vidro, logo o peso = 2.5*8*1 = 20 kg
    Assumindo uma folha móvel com 3 m de largura por 2m de altura, a solução de vidro não deveria passar por 4+4 por ser uma área relativamentre grande, no mínimo deveria utilizar-se um laminado por segurança e se estivessemos sujeitos a uma largura total de 24 mm, usaria um 6-12-3+3, logo a espessura de vidro a contabilizar seriam 6+3+3 = 12 mm e a àrea seria 3 x 2 = 6 m2, contabilizando: 2.5*12*6 = 180 Kg de vidro, os 70 Kg que sobram para os 250 de limite dão perfeitamente para o peso próprio da estrutura( folha) que sustenta o vidro.
    Conclusão : mediante o vidro a utilizar e o fornecedor de ferragem, se conseguem obter diferentes larguras de folha, mas para vãos exagerados há sempre a solução de usar mais do que uma folha, como a imagem anexa demonstra, Assume-se um vão de 10m de largura por 2 m de altura, dividido em 4 partes de 2,5m de largura.

    Cumprimentos
      oscilop.JPG
  17.  # 137

    Compreendo que tudo seja possível, mas vejo nos sistemas de PVC muitos condicionalismos à efectivação de uma construção de traços modernos.

    Imagine metade desse vão que deu como exemplo.
    É sempre necessário uma folha fixa, certo?
    E a móvel, comporta-se tal e qual as folhas feitas em aluminio?
    Ou seja, uma pessoa menos atenta que olhe para a porta de PVC pode "achar" que está perante alumínio convencional, com acabamentos parecidos (isto porque já vi PVC com acabamento Inox)?

    O mal, disto tudo, é que não se encontra moradias de arquitectura moderna em que possamos comparar.
  18.  # 138

    boas, e com uma elevadora corredora podemos ir ate 5400mm (l)so com 2 folhas por 2600mm (a) em que uma é sempre fixa. e como funciona com uma borracha em T quando se fecha a porta ela baixa e a borracha abre sobre a folha permitindo assim um excelente isolamento .

    e sim o pvc pode ser acabado a aluminio ou titanium
    • kami
    • 22 Janeiro 2009

     # 139

    Boas

    Já falei com vários vendedores de janelas corredoras elevadoras e vários me disseram que obrigatoriamente uma folha tem de ser fixa. Porém... hoje fui falar com mais um que me garantiu que as duas folhas podem correr.

    Quem tem razão?

    Tenho um dois vãos de 5.5m de largura por 2.30 de altura em que ficava mesmo bem estas janelas... mas dava jeito que fossem as duas folhas móveis...por causa de limpar os estores...


    Cumps
  19.  # 140

    Para limpar os estores e não só, pois com vãos destes convém termos acesso aos 2 lados.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">