Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    bom dia,

    sou uma frequentadora recente do forum e acho-o muito interessante.
    darei o meu contributo sempre que tenha oportunidade e quando o tema for da minha área, isolamentos térmicos, acústicos e protecção de incêndio.

    Curiosamente, quando falamos de isolamentos, a comparação limita-se frequentemente aos painéis rígidos ou las minerais. porquê? porque o poder do marketing de alguns fabricantes limitam-se a comparação unicamente dos seus produtos, em vez de considerarem as propriedades reais de diferentes materiais.
    e, no entanto todos os valores mostram que uma terceira solução é, de longe, superior aos outros: os isolamentos projectados e injectados.

    veja vídeo de demonstração de isolamento projectado
    https://www.youtube.com/watch?v=H2SOm396y40

    veja vídeo de demonstração de isolamento injectado
    https://www.youtube.com/watch?v=KiCpdnzNqew

    fica a vossa consideração e discussão.
    cumprimentos,
    mariana araújo
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Mariana araujo... O PU ou o PIR projectado e/ou injectado não tem sido opção em diversas utilizações, não por descuro...mas porque as características técnicas do mesmo não são apropriadas, se tivermos de ponderar e atender a questões como requisitos de Reacção ao fogo,ou de atenuação acústica....
    Os videos, são ilustrativos.. mas a maior parte das soluções construtivas em Portugal não são como as ilustradas nesses mesmos videos.
  4.  # 3

    Colocado por: Pedro BarradasMariana araujo... O PU ou o PIR projectado e/ou injectado não tem sido opção em diversas utilizações, não por descuro...mas porque as características técnicas do mesmo não são apropriadas, se tivermos de ponderar e atender a questões como requisitos de Reacção ao fogo,ou de atenuação acústica....
    Os videos, são ilustrativos.. mas a maior parte das soluções construtivas em Portugal não são como as ilustradas nesses mesmos videos.



    Ola Pedro Barradas,

    Alguns isolamentos em espuma projectada, pelos factos que aponta, já evoluíram bastante. E o caso da espuma ICYNENE, fabricada no Canada, é um isolamento verdadeiramente revolucionário, saudável, extremamente leve (8 Kg/m3) de células abertas (aumenta 100 vezes o seu volume em 6 segundos), deixa respirar a habitação evitando a condensação.
    ICYNENE não contem nenhum gás nocivo na sua composição, não absorve a água e não liberta qualquer substancia tóxica mesmo em caso de incêndio. O agente de expansão é a AGUA. Possui a certificação REACH (Cert. Europeia de prod. isentos de componentes químicos). E um isolamento ideal também na reabilitação.

    Veja video de reabilitação:
    http://www.youtube.com/watch?v=BZuxuAJZR9c


    Até breve
    Mariana Araujo
  5.  # 4

    Colocado por: Pedro BarradasMariana araujo... O PU ou o PIR projectado e/ou injectado não tem sido opção em diversas utilizações, não por descuro...mas porque as características técnicas do mesmo não são apropriadas, se tivermos de ponderar e atender a questões como requisitos de Reacção ao fogo,ou de atenuação acústica....
    Os videos, são ilustrativos.. mas a maior parte das soluções construtivas em Portugal não são como as ilustradas nesses mesmos videos.


    Outra particularidade negativa, é o facto de a "mistura" ser feita em obra, sem qualidade ambiental controlada, o que faz variar as suas prestações, para não falar na limpeza da "pistola".
    Concordam com este comentário: master_chief
  6.  # 5

    Certo... mas os chavões encontrados em brochuras, no site, não me dizem nada. Dados técnicos objectivos, aqui no site não encontrei...
    http://icynene.pt/
    Por exemplo:
    Onde está a Classificação de reacção ao fogo pela norma europeia. (não percebo a classificação descrita !!!? ou é F ou então é a Bs1d0)
    Os ensaios, para efectuar o calculo de atenuação acústica...

    Não quero menosprezar as qualidades deste produto... mas não é "pau para toda a obra".Parece-me a mim que a informação disponível está dirigida ao cliente final ( residêncial) e ao pequeno instalador... ao prescritor/ técnico... nada diz = não convence.

    Parece contudo um excelente isolamento térmico. mais ecológico que o PU... mas é da mesma família.

    PS: engraçado , no site UK e FR... não tem os chavões milagrosos do nosso Portugal...
  7.  # 6

    Colocado por: pc ferreira

    Outra particularidade negativa, é o facto de a "mistura" ser feita em obra, sem qualidade ambiental controlada, o que faz variar as suas prestações, para não falar na limpeza da "pistola".



    Pois é exactamente por o isolamento ser efectuado "in situ" que é uma grande vantagem. Uma pegada de carbono reduzida. Um único camião pode carregar Icynene suficiente para isolar mais de 35 casas de 200 m2. 1 Kit (2 bidões) rendem 40 m3. 1 Kit corresponde a 1 camião de placas ou las minerais. Icynene é constituída de 99% de ar e 1% de matéria. É o ar contido no interior das células que isolam a sua casa.
    Cmpts.
  8.  # 7

    Colocado por: Mariana Araujo


    Pois é exactamente por o isolamento ser efectuado "in situ" que é uma grande vantagem. Uma pegada de carbono reduzida. Um único camião pode carregar Icynene suficiente para isolar mais de 35 casas de 200 m2. 1 Kit (2 bidões) rendem 40 m3. 1 Kit corresponde a 1 camião de placas ou las minerais. Icynene é constituída de 99% de ar e 1% de matéria. É o ar contido no interior das células que isolam a sua casa.
    Cmpts.


    Eu nunca disse o contrario.

    Apenas que o m2 feito de manha é diferente do feito à tarde.
  9.  # 8

    encontrei a Declaração de performance, no site Belga...
    Afinal é EUROCLASSE "E" nestes dois produtos:
    http://www.icynene.be/wp-content/uploads/2014/10/DoP_H2O_Foam_Forte_EN_2014-02-18.pdf
    http://static.squarespace.com/static/53ccc9ade4b0e2fedf6e9833/t/541ac950e4b0450bd7ce896c/1411041616181/DoP_Lite_Plus_LD-C-70_EN_v4.pdf

    O H2FOAM LDC50...a informação é contraditória e não encontrei a Declaração de Performance.

    Na Belgica, os preços brutos variam entre os 2 a 3.5€/ m2 por cm de aplicação!!!? se aqui for equivalente , não é muito apelativo.
  10.  # 9

    Colocado por: Pedro Barradasencontrei a Declaração de performance, no site Belga...
    Afinal é EUROCLASSE "E" nestes dois produtos:
    http://www.icynene.be/wp-content/uploads/2014/10/DoP_H2O_Foam_Forte_EN_2014-02-18.pdf
    http://static.squarespace.com/static/53ccc9ade4b0e2fedf6e9833/t/541ac950e4b0450bd7ce896c/1411041616181/DoP_Lite_Plus_LD-C-70_EN_v4.pdf

    O H2FOAM LDC50...a informação é contraditória e não encontrei a Declaração de Performance.

    Na Belgica, os preços brutos variam entre os 2 a 3.5€/ m2 por cm de aplicação!!!? se aqui for equivalente , não é muito apelativo.



    Há duas referências do produto: H2 FOAM LITE de célula aberta e baixa densidade (8 Kg/m3) e H2 FOAM FORTE de célula fechada e media densidade (35-40 Kg/m3).
    O preço em Portugal é mais apelativo.
    Tem razão quando refere que a informação está dirigida ao cliente final.
    No entanto temos toda a documentação disponível para profissionais, basta solicitar.
    Cmpts.
  11.  # 10

    Presumo que a classificação "E" seja má, certo?!
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas, eu, Dias Borges
  12.  # 11

    Certo.
    F = "desempenho não determinado", que também não cumpre os determinado para a classe E( Pior)
    E
    .
    .
    .
    A, material incombustível.(melhor)
    Estas pessoas agradeceram este comentário: branco.valter
  13.  # 12

    Colocado por: Pedro BarradasCerto.
    F = "desempenho não determinado", que também não cumpre os determinado para a classe E( Pior)
    E
    .
    .
    .
    A, material incombustível.(melhor)
    Estas pessoas agradeceram este comentário:branco.valter


    A classe ao fogo, Euroclasse E corresponde a grande parte dos isolamentos termicos, (XPS, cortiça, etc), o EPS pertence a classe F.
    A classe A corresponde a isolamentos corta fogo como a perlite, vermiculite, silicatos, etc

    A espuma Icynene e autoextinguivel e nao goteja, veja video de demonstraçao:

    http://www.youtube.com/watch?v=nSuqlM0jTVQ

    Cpmts,
  14.  # 13

    É certo.. sei isso tudo... pena o video não mostrar os estragos do fogo no isolamento no sotão...
    O ICB, XPS, EPS, PIR, PUR,são normalmente Classe E.

    As lãs minerais, especialmente a lã de rocha tem classificação A1, e/ou A2, além de proporcionarem isolamento acústico e se necessário resistência/ protecção ao fogo.

    Encontrei esta "pérola nas pesquisas, Na ficha técnica do IFOAM venddo pela IMPERALUM (Placas em espuma rígida de poliestireno extrudido (XPS) na cor cinza grafite para isolamento térmico de edifícios), achei piada a esta característica:
    Baixo risco de propagação de incêndio - reação ao fogo, Euroclasse E;

    É claro que estes isolamentos descritos anteriormente, encapsulados e/ ou agregados a outros materiais de construção terão a sua Classe de reacção alterada ( para melhor), depois de ensaio num determinado sistema composto.
    Exemplo disso são os sistemas ETICS...
    Concordam com este comentário: pc ferreira, Dias Borges
    • RCF
    • 19 Janeiro 2019

     # 14

    Mariana (e a todos os que quiserem/poderem contribuir)
    Apesar de já ter colocada a questão noutro tópico, por me parecer adequado, venho colocar aqui:
    - numa construção nova, no telhado (inclinado com telha cerâmica) está previsto laje em betão armado e sobre esta, antes da telha, XPS de 8 cm;
    - por razões imponderáveis e que já não importa discutir, pretende-se diminuir a espessura total do telhado. Para tal, pretende-se diminuir a espessura do isolamento (8 cm XPS);
    - como não quero reduzir a capacidade e eficiência térmica do telhado, que solução poderei encontrar? Falaram me numa tela sobre a laje e sob a telha, acompanhada de um isolamento projectado pelo interior...

    O sótão, ainda que não seja para habitar, será para utilizar. Mesmo colocando isolamento pelo interior, pretende-se algo com menos que os 8cm.

    Obrigado
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">