Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    boa Noite,

    Tenho um terreno com mais seis herdeiros.
    Não quero vender, mas alguns dos outros herdeiros querem vender a sua parte.
    Posso recusar a venda?
    Em caso de ser obrigada a vender posso impor um valor ao terreno?
    Agradecia que me informassem.
  2.  # 2

    O Parreira já lhe responde, não desespere! ;)
    Estas pessoas agradeceram este comentário: abadia7
  3.  # 3

    ahah...
    obrigado....
    Sábado vou ter reunião com os outros herdeiros...e temo que a coisa ferva.
    Somos seis...
    Mas pelas nossas contas, se ninguém mudar de ideias..temos um empate ...
    :)
  4.  # 4

    Colocado por: PormenorO Parreira já lhe responde, não desespere! ;)


    Ahahah! Respondo se souber, amigo...

    Portanto, se existem 6 herdeiros, então qualquer um dos co-proprietários tem direito de preferência. Não nos diz a área do terreno, mas partindo do principio que é indivisivel, sugiro que entre vocês todos, cheguem a um valor. Depois disso, então vão ver se entre os herdeiros, se alguem pretende comprar. Caso hajam compradores, devem entre vocês ver quem dá mais pelo terreno.
    Então, o valor terá que ser repartido entre vocês.
    É só a minha sugestão. Podem haver outras. :-)

    PS: Claro que se não se entenderem, terão que ir para tribunal e isso pode-se arrastar anos...
    Estas pessoas agradeceram este comentário: abadia7
  5.  # 5

    Repare que, quando existem co-propreitários, essa quota-parte pode ser vendida a outrém. Isto acontece em imoveis, e até em heranças.
    O que se passa, é que os outros co-proprietários têm direito de preferencia. Mas não podem obrigar ninguem a vender ou não. Portanto se o imovel é seu em 1/6, outro proprietário pode vender a qq pessoa, a sua quota. Claro que você como co-propritário, tem o direito de preferencia.
  6.  # 6

    oioi...
    Parreira muito obrigado pelo esclarecimento.
    Realmente o terreno é indivisivel.
    A ideia era vendermos todos em conjunto.
    Aí, sim já se podia.
    Sabia que os co-proprietários tem preferencia.
    Mas acho,que nenhum quer comprar a parte dos outros.
    O objectivo dos que pretendem vender, é faze-lo a alguém de fora, e na totalidade.
    Diz que não podem obrigar a vender, e se a maoiria dos herdeiros quiser, tipo 4 estão a favor da venda.
    A minoria não é obrigada a ceder?
  7.  # 7

    Se um não quiser vender, como não assina, o negocio não se faz. E ninguem o pode obrigar a assinar... Têm que se entender entre vocês, ou então terão que ir para tibunal! ( a evitar, claro)
  8.  # 8

    oioi..
    Obrigada pela ajuda.
    Amanhã vou reunir-me com aqueles que querem vender...
    Vamos ver que propostas vão surgir.
    Não procurei ajuda dum advogado ainda porque não sei detalhes....
    E assim sempre poupo dinheiro...e com a vossa ajuda já fiquei com umas luzes.
    Pois, também quero ver se evitamos ir para o tribunal, porque isso não resolve nada, pelo contrário.
    E afinal somos todos familia...os laços devem contar para alguma coisa!
    Nem que seja para chatear os outros!
    A minha dúvida era essa...caso a maioria dos herdeiros quisesse vender a alguém de fora, os que não queriam vender, mas sendo menos do que os outros....seriam obrigados a faze-lo.
    Assim já sei com o que podemos contar.
    Porque existe pelo menos uma herdeira que afirmou, talvez para pressionar os outros, que a maioria decidia...
    E os outros tinham de aceitar o voto maioritário.
    Vamos ver o que dá a reunião amanhã.
    Mais uma vez agradeço os esclarecimentos.
 
0.0142 seg. NEW