Iniciar sessão ou registar-se
    • RCF
    •   agradecimentos
    • 19 Abril 2016 editado

     # 81



    Mas... num dia de sol, com pouco trânsito, e numa boa autoestrada, eu diria que não há problema nenhum em andar a 180 ou 200 Km/h (eu não o faço, mas não me incomoda nada quem o faz


    Cá está - a culpa é dos Polícias que não são compreensivos. Em dia de sol deveriam ser mais tolerantes. Já agora, desde que não chova ou desde que não chova muito e desde que o condutor seja experiente... e desde que o carro tenha boas condições de segurança (isso poderá ser o condutor a definir, porque o Polícia pode não ter bom senso)... e desde que haja pouco trânsito (haja alguém que defina isso)... e desde que...

    As Leis têm de ser o mais rigorosas e precisas possíveis, evitando interpretações diversas, que levam à sua não aplicabilidade.
  1. Ícone informação Anunciar aqui?

    • eu
    •   agradecimentos
    • 19 Abril 2016 editado

     # 82

    Colocado por: BricoleiroMas como as leis são perfeitas e podem ir mesmo a 120 com chuva

    É uma da coisas mais idiotas dos limites fixos de velocidade na AE.

    Nalguns países, já têm limites dinâmicos, que mudam de acordo com as condições.
    Concordam com este comentário: Bricoleiro, C. Lobo
  2.  # 83

    Colocado por: nandogonca

    Espero que não tenha tido a infelicidade de conhecer alguém que perdeu um filho menos por um condutor que achava que a lei era quadrada e desrespeitar a seu bel prazer, causar a morte do menor por excesso de velocidade...


    bla bla bla bla moralismos dispenso.
  3.  # 84

    Colocado por: BricoleiroTristeza.
    Raio de comparação.

    Há afinal choca-o eu achar que a regra imposta pela sociedade, que roubar é crime, para mim é fixe... Percebeu onde eu quero chegar?

    A mim choca-me ver os condutores desrespeitarem as leis e pensarem que não tem que as respeitar porque não concordam com elas.
  4.  # 85

    Colocado por: nandogonca
    Há afinal choca-o eu achar que a regra imposta pela sociedade, que roubar é crime, para mim é fixe... Percebeu onde eu quero chegar?

    A mim choca-me ver os condutores desrespeitarem as leis e pensarem que não tem que as respeitar porque não concordam com elas.


    Percebo perfeitamente onde quer chegar e acho a sua intolerância a este assunto uma coisa muito fora da realidade com comparações absurdas.
    • eu
    •   agradecimentos
    • 19 Abril 2016 editado

     # 86

    Colocado por: RCFCá está - a culpa é dos Polícias que não são compreensivos. Em dia de sol deveriam ser mais tolerantes.

    Eu nunca disse isso. O que disse é que a perigosidade da velocidade depende das condições (trânsito, curvas, visibilidade, chuva).

    Eu não tenho qualquer dúvida em afirmar que é mais perigoso andar a 120 Km/h na A1 cheia de trânsito e com chuva do que andar a 180 Km/h na A2, num dia de sol e com pouco trânsito.
    Concordam com este comentário: Bricoleiro, Dos Santos
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Dos Santos
  5.  # 87

    Colocado por: BricoleiroEu faço mal a alguém em circular a 150 com condições que não fazem mal a uma mosca?


    Faço-lhe a pergunta que há uns anos fiz aqui a um user.
    É esse ensinamento que dará aos seus filhos? Que desrespeitar a lei rodoviária não faz mal?
  6.  # 88

    Há por aqui quem não se importe de matar e esfolar se a lei contemplar isso por isso senhores legisladores façam disto um talho que o pessoal acha fixe, os valores éticos e morais e o que vemos à frente não interessa para nada.
    Desde que a lei deixe há quem faça tudo à risca.
  7.  # 89

    Colocado por: treker666Colocado por: ramos1999ha não esquecer os policias recebem premios por multas aplicadas!



    Colocado por: treker666
    LOL, para além de vesgo, não sabe o que diz! Traz dinheiro à corporação, não aos agentes no terreno. E estes cumprem as ordens de quem os comanda, que por sua vez cumprem as ordens do governo, que por sua vez governa com o voto da maioria (a nível de governo pode não ser bem assim neste momento mas está lá quase :D )
    Concordam com este comentário:Tyrande

    vou te tratar da mesma maneira vesgo è quem te fez esses olhos toino!!!
    http://expresso.sapo.pt/sociedade/policias-vao-receber-bonus-por-multas-e-detencoes=f915024

    Do plano de incentivos proposto, fazem parte compensações monetárias, formação suplementar ou mais três dias de férias. Em troca, é pedido aos agentes que reforcem as detenções e as multas. Segundo a edição desta sexta-feira do Correio da Manhã, o plano da ministra da Administração Interna, Anabela Rodrigues, é atribuir à PSP uma verba específica para estes bónus.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: void
  8.  # 90

    Colocado por: BricoleiroMas como as leis são perfeitas e podem ir mesmo a 120 com chuva, não faz mal nenhum para os perfeitos e tolerantes comentadores deste tópico.


    OK. Leia o código da estrada primeiro e depois venha falar do que leu. Não fale sem saber...
    • eu
    •   agradecimentos
    • 19 Abril 2016

     # 91

    Colocado por: nandogoncaLeia o código da estrada primeiro e depois venha falar do que leu.

    Agora vou-lhe fazer uma pergunta muito importante: conhece alguém que tenha sido multado porque não ajustou a velocidade às condições atmosféricas? Basta um exemplo! Um!
    Concordam com este comentário: Bricoleiro
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Bricoleiro
  9.  # 92

    Colocado por: nandogonca

    OK. Leia o código da estrada primeiro e depois venha falar do que leu. Não fale sem saber...


    Ó meu amigo, o resto que a lei diz fica ao encargo de quem a aplicar na estrada a quiser entender, não há lei precisa onde deveria haver nem há tolerância onde também deveria haver. Tanto por excesso como por defeito, dependendo do caso.
  10.  # 93

    Colocado por: BricoleiroPercebo perfeitamente onde quer chegar e acho a sua intolerância a este assunto uma coisa muito fora da realidade com comparações absurdas.


    Bricoleiro ainda não percebeu a minha ideia.

    Eu assumo que cometo erros e a diferença é que tenho consciência que para viver em sociedade tenho regras para cumprir e assumo as responsabilidades advenientes desse erro.
    O bricoleiro se for apanhado em excesso de velocidade, acha que a regra imposta pela sociedade está mal feita e não tem que a respeitar....
  11.  # 94

    Colocado por: euAgora vou-lhe fazer uma pergunta muito importante: conhece alguém que tenha sido multado porque não ajustou a velocidade às condições atmosféricas? Basta um exemplo! Um!


    Conheço muitos... Se dessas condições ocorrer um acidente então é quase certo...
    • RCF
    •   agradecimentos
    • 19 Abril 2016

     # 95

    Eu nunca disse isso. O que disse é que a perigosidade da velocidade depende das condições (trânsito, curvas, visibilidade, chuva).


    De acordo!
    Por isso é que o limite de velocidade não é igual em todas as estradas. Nem mesmo nas Autoestradas o limite é sempre 120. Há zonas de 100.
    E também há limites dinâmicos (em Portugal). Com condições climatéricas adversas ou outras adversidades, existem, nalguns locais (autoestradas e outras vias principais) sinalização que reduz o limite de velocidade e transmite informações e recomendações aos automobilistas - os locais mais habituais são as principais autoestradas e algumas pontes (Vasco da Gama, 25 de abril, etc).

    Por isso, não estamos assim tão mal e o principal mal e o que mais necessitará de ser corrigido é o comportamento dos condutores - as Leis não são perfeitas, a Polícia não é perfeita, mas as maiores imperfeições, quanto a mim estão nos condutores.
  12. Ícone informação Anunciar aqui?

    • eu
    •   agradecimentos
    • 19 Abril 2016 editado

     # 96

    Colocado por: nandogoncaConheço muitos... Se dessas condições ocorrer um acidente então é quase certo...

    Dê mais pormenores... que casos conhece? Dê um exemplo concreto...
  13.  # 97

    Colocado por: nandogoncaO bricoleiro se for apanhado em excesso de velocidade, acha que a regra imposta pela sociedade está mal feita e não tem que a respeitar....


    Não, não entendeu nada do que eu disse para trás...

    Acho que errei ao abrigo da lei, mesmo não fazendo nada de mal, nem pondo a segurança minha nem de ninguém em risco.

    Acho que não é a esconderem carros com radares em sítios estratégicos a melhor maneira de reduzir acidentes e mortes nas estradas por isso é que há tantos grupos a partilharem essas informações uns aos outros.

    Acho que as autoridades(nas condições que considero caça à multa) andam em busca de dinheiro fácil para o Estado e não a trabalhar para reduzir esses acidentes.
    • eu
    •   agradecimentos
    • 19 Abril 2016

     # 98

    Colocado por: RCFPor isso é que o limite de velocidade não é igual em todas as estradas

    Mas o limite máximo nas AE é sempre 120... mesmo nas AE com um traçado e piso excelente.

    Já agora, sabem qual é o limite em algumas AE da Alemanha?
    Concordam com este comentário: 21papaleguas, Bricoleiro, Dos Santos
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Dos Santos
  14.  # 99

    Colocado por: RCF

    Cá está - a culpa é dos Polícias que não são compreensivos. Em dia de sol deveriam ser mais tolerantes. Já agora, desde que não chova ou desde que não chova muito e desde que o condutor seja experiente... e desde que o carro tenha boas condições de segurança (isso poderá ser o condutor a definir, porque o Polícia pode não ter bom senso)... e desde que haja pouco trânsito (haja alguém que defina isso)... e desde que...

    As Leis têm de ser o mais rigorosas e precisas possíveis, evitando interpretações diversas, que levam à sua não aplicabilidade.


    Tudo muito lindo, se não lhe aparecer um cão ou um objeto de grande volume à sua frente na AE...

    Olhe que isso não acontece só aos outros, falo por experiência. Estou cá para contar esta história, porque por sorte aconteceu num local propício.
  15.  # 100

    Colocado por: eu
    Mas o limite máximo nas AE é sempre 120... mesmo nas AE com um traçado e piso excelente.

    Já agora, sabem qual é o limite em algumas AE da Alemanha?


    E os imponderáveis?

    Já pensou que lhe pode rebentar um pneu?

    Ou aparecer um cão abandonado?

    Ou um objeto de grande volume no meio da AE?

    Só não pensa a quem nunca lhe aconteceu. Tem ideia do que lhe acontece se, com o susto, a sua reação for dar uma mínima guinada no volante a 160 km/h para evitar colidir com o objeto?

    Pergunte aos profissionais.
    Concordam com este comentário: C. Lobo
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">