Iniciar sessão ou registar-se
    • becas
    •   agradecimentos
    • 28 Dezembro 2016

     # 101

    Tyrande, o meu deck era de pinho tratado, mas logo no segundo ano as tábuas começaram a levantar. O terraço onde estava colocado estava exposto a tudo - sol, sombra, gelo e neve. Não teve nenhuma manutenção, foi piorando até ser substituído. Mas era uma grande área, uns 80m2.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Tyrande
  1. Ícone informação Anunciar aqui?

  2.  # 102

    Colocado por: becasTyrande, o meu deck era de pinho tratado, mas logo no segundo ano as tábuas começaram a levantar. O terraço onde estava colocado estava exposto a tudo - sol, sombra, gelo e neve. Não teve nenhuma manutenção, foi piorando até ser substituído. Mas era uma grande área, uns 80m2.


    Hmm..isso não agoira nada de bom.

    Tá bem que o meu há de ser uma área pequenina (acho que nem 9m2 dá), mas mesmo assim ...

    :/
  3.  # 103

    Colocado por: Tyrande

    Hmm..isso não agoira nada de bom.

    Tá bem que o meu há de ser uma área pequenina (acho que nem 9m2 dá), mas mesmo assim ...

    :/

    Massaranduba ou Ipê.
    Gastas 400€ em madeira mas só gastas uma vez...
    Pinho em decks, por muito bom que seja o aplicador, com ou sem tratamento dá sempre raia!!
    Concordam com este comentário: nocas1
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Tyrande
  4.  # 104

    Eu não diria que o pinho venha a dar raia, sobretudo se for tratado (tratamento químico ou térmico). Eu preocuparia-me mais com outras questão: o crescimento de musgos e o consequente efeito derrapante da superfície.
    Já agora não deixemos de pensar na sustentabilidade do uso de exóticas. As respetivas árvores demoram algo como 200 anos a crescer até à idade adulta e 1 minuto para abater. E são abatidas antes de se poderem reproduzir, minando ainda mais o futuro da espécie.
    Madeira de Ipê de fontes sustentáveis é ainda algo muito incipiente (não há, como é óbvio, empresas interessadas em plantar para daqui a 200 anos) . E muita madeira aparece na Europa com carimbos de certificações oficiais de governos da proveniência, mas a maioria é muito questionável, dado o nível de corrupção envolvida no processo.
    Vejam o nível de deflorestação na mata atlântica brasileira, no rifte africano, em particular na Répública Democrática do Congo, ou em qualquer outra zona de proveniência de madeiras exóticas. Acreditar em madeira exótica de replantação é como acreditar numa religião; não se pode provar, mas tem-se fé...
    Vejam por exemplo este relatório:
    http://www.greenworldlumber.com/ipe-hardwood-think-twice-before-buying
    Concordam com este comentário: DVilar, Tyrande
  5.  # 105

    Colocado por: Joao Dias
    Massaranduba ou Ipê.
    Gastas 400€ em madeira mas só gastas uma vez...
    Pinho em decks, por muito bom que seja o aplicador, com ou sem tratamento dá sempre raia!!


    Pois, eu bem queria, mas o $$$ não anda mto...se encontra-se quem vendesse só um bocadito de massaranduba ou Ipe a bom preço perto de mim até tentava, mas...

    Aquilo é tão pequeno, e como vou ser eu a fazer...
    Estive a ver este vendedor no OLX, é perto da minha zona. Gastaria cento e poucos euros em madeira, pelas minhas contas...

    https://www.olx.pt/anuncio/promoo-deck-de-pinho-nacional-tratado-em-autoclave-1-qualida-IDvAJTm.html#664fdc2b2c
  6.  # 106

    Colocado por: nunogouveiaEu não diria que o pinho venha a dar raia, sobretudo se for tratado (tratamento químico ou térmico). Eu preocuparia-me mais com outras questão: o crescimento de musgos e o consequente efeito derrapante da superfície.
    Já agora não deixemos de pensar na sustentabilidade do uso de exóticas. As respetivas árvores demoram algo como 200 anos a crescer até à idade adulta e 1 minuto para abater. E são abatidas antes de se poderem reproduzir, minando ainda mais o futuro da espécie.
    Madeira de Ipê de fontes sustentáveis é ainda algo muito incipiente (não há, como é óbvio, empresas interessadas em plantar para daqui a 200 anos) . E muita madeira aparece na Europa com carimbos de certificações oficiais de governos da proveniência, mas a maioria é muito questionável, dado o nível de corrupção envolvida no processo.
    Vejam o nível de deflorestação na mata atlântica brasileira, no rifte africano, em particular na Répública Democrática do Congo, ou em qualquer outra zona de proveniência de madeiras exóticas. Acreditar em madeira exótica de replantação é como acreditar numa religião; não se pode provar, mas tem-se fé...
    Vejam por exemplo este relatório:
    http://www.greenworldlumber.com/ipe-hardwood-think-twice-before-buying
    Concordam com este comentário:DVilar,Tyrande

    De que madeira são feitas as suas janelas de madeira?
    E já agora a carpintaria de sua casa?? Pela lógica será em pinho também...
    Concordam com este comentário: Eugenia Matos
  7.  # 107

    Claro que isto é uma imitação, mas vi um "deck" construído com isto:

    http://aclweb.pt/pt/produtos/pavimentos/madeiras?format=10733&color=10719

    Estava impec...
  8.  # 108

    Ainda sobre este tema...

    Entre madeira casquinha vermelha Vs. pinho, qual seria a melhor para um deck? (ambas tratadas, obviamente)

    Estão as 2 ao mesmo preço -> 15€ m2.
    •  
      Tyrande
    •   agradecimentos
    • 3 Janeiro 2017 editado

     # 109

    Bem, ainda esperando pelas vossas opiniões se a casquinha vermelha será melhor opção que o pinho, já comecei a fazer contas à vida...

    Barrotes - 62€...
    Tábuas deck - 166€
    óleo Osmo para deck 2,5L - 80€

    Vai faltar o preço da brita (também não há de ser mto...)

    E depois há sempre kkr coisa que há de faltar e tem de se acrescentar -_-

    Ou seja... a brincadeira já vai em 300 e tal euros...
    •  
      Tyrande
    •   agradecimentos
    • 4 Janeiro 2017 editado

     # 110

    <<<<<<< bump
    •  
      Tyrande
    •   agradecimentos
    • 11 Janeiro 2017 editado

     # 111

    Bem...o ppl não anda cooperativo :/

    Vou mandar mais uma pergunta, embora sinceramente já tou com pouca esperança do pessoal responder -_-

    Enfim, já tenho o croqui feito...tenho a madeira do deck (quer dizer, do topo) encomendada. Há de ser casquinha vermelha tratada mesmo.

    Mas essa ainda vai demorar umas semanitas a chegar. Enquanto isso vou iniciar a base. E eis que me surge uma questão, relacionada com as medidas da madeira que tenho encontrado disponível para venda.

    A maior parte dos sarrafos (tratados) existem em réguas de 2,60m de comprimento (até aqui tudo bem), mas com apenas 5 cm de altura e 3 de espessura.
    A espessura não me choca. Acho que dá para trabalhar bem com 3 cms...a minha preocupação prende-se com a altura dos sarrafos...Serão apenas 5 cms suficientes para aguentar com a peso do deck em cima (e com pessoas lá em cima depois?)

    Eis como vou fazer o meu esquema...Só que esta foto tem 3 "segmentos" e o meu deck há de ter apenas 2 "segmentos".

    PS: no meu croqui, os pontos azuis são os barrotes de 10x7 que serão acimentados no solo. E tal como na foto, há de levar brita por baixo.

    PS2: como se chamam aqueles hangers metálicos por baixo de cada joist? Quero procurar para comprar mas não sei o nome :/ Estão indicados pela seta vermelha na foto do post seguinte...
      deckFD.jpg
  9.  # 112

    foto exemplo
      dd2184340065d48870e92c4204eaf45d.jpg
  10.  # 113

    Eu chamo-lhe esquadros de fixação.

    Edit. Tipo esto:
    http://www.ibersa.com/escuadra-5391.html#.WHZAgVOLTIU
    •  
      Tyrande
    •   agradecimentos
    • 11 Janeiro 2017 editado

     # 114

    Colocado por: 21papaleguasEu chamo-lhe esquadros de fixação.

    Edit. Tipo esto:
    http://www.ibersa.com/escuadra-5391.html#.WHZAgVOLTIU


    Não, não.. Não é bem isso. Na foto só aparece de um lado, mas ele faz tipo um U, abraça a madeira e aparafusa dos dois lados da mesma.

    EDIT: em inglês chama-se joist hangers... em PT, não faço a mínima ideia...
    Concordam com este comentário: 21papaleguas
      E3131_156726_00.jpg
  11.  # 115

    Conectores para madeiras....
    http://www.strongtie.pt/products
    http://www.jular.pt/produtos/estruturas-em-madeira/conectores-metalicos-simpson
    http://www.gah.de/pt/produkte/175/78/
    http://www.aki.pt/ferragens/ferragens-construcao-exterior/conectores-para-madeira.aspx
    No Leroy tambem deve haver.
    Normalmente as estancias quevendem madeira estrutural, tam´bem vendem os conectores.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Tyrande
  12. Ícone informação Anunciar aqui?

  13.  # 116

    No Aki já vi disso à venda.
    Também não sei o nome que lhe dão.
  14.  # 117

    Colocado por: 21papaleguasNo Aki já vi disso à venda.
    Também não sei o nome que lhe dão.


    Já os encontrei, obrigado.

    De resto, quanto ao deck propriamente dito, há de ser daquelas coisas que quando estiver acabado, o pessoal há de criticar há dizer que alguma coisa tá mal feita...ou então há de querer fazer perguntas de como foi feito e blablabla..

    Enfim.

    Parece que quando as perguntas se começam a tornar mto específicas, tem gente que tem medo que a gente aprenda mto ...
    Concordam com este comentário: treker666, larkhe
    •  
      Tyrande
    •   agradecimentos
    • há 3 dias editado

     # 118

    Ora bem...vamos lá ver se ponho isto a mexer kkr coisa.

    O deck já arrancou.

    Primeiro passo foi tirar a relva (ou o que restava da pobre) daquele sítio. Depois tirar cerca de 8/10cm de terra dali pra fora.
    Este processo demorou alguns dias...

    Depois comecei a trabalhar na caixa de eletroválvulas. Não dava pra ter aspersores ligados com o deck ali, portanto mudei o sistema para rega gota a gota naquele setor. Aqui fui bem enganadinha, pois comprei um redutor de pressão por 20€ que foi um 31 do **** pra instalar e só depois descobri que a Rain Bird vende eletroválvulas já com redutor de pressão incorporados especialmente para micro rega por 19,90€...

    Enfim...não quero nem pensar no cú de boi que foi aquilo...

    Então a jiga-joga que se teve de fazer pra proteger o redutor de caudal do peso da terra..pfft...enfim...Foi mesmo à Zé Tuga...
      20170211_131650.jpg
    •  
      Tyrande
    •   agradecimentos
    • há 3 dias editado

     # 119

    Retirar terra..
      20170211_131655.jpg
  15.  # 120

    Começar a cavar os 12 buracos para os pilares...

    Aqui foi engraçado..e foi onde perdi mais tempo. A idea inicial era primeiro colocar os pilares e depois as joists (era mais fácil nivelar..)

    Mas só depois de ter 3 pilares no chão é que percebi que não podia fazer assim porque não tinha espaço suficiente para trabalhar tão junto ao solo com as ferramentas...

    Resultado..tive de fazer a estrutura fora e nivelar tudo junto.

    escusado será dizer que foi um perfeito 31. Mas pelo menos ficou tudo bem nivelado!
      20170214_130850.jpg
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">