Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boas

    Num apartamento de ultimo andar de 70m2, quero colocar na sala uma salamandra de pellets e condutas de ar pelo sótão para o resto das divisões
    Alem de ter de comprar uma salamandra própria para o efeito, tenho duvidas sobre as condutas de ar e distancias. Se alguém poder ajudar...

    1º As condutas de ar necessitam de ter revestimento de isolamento térmico?Há realmente ganhos comprovados na temperatura do ar propagado dentro da conduta? (http://www.ventilnorte.com/tda/condutas-ar-flexiveis/)

    2º Para um dos quartos, deve ser necessário aprox. 9 metros de conduta.Que temperatura posso obter neste quarto, com a salamandra a funcionar a 22 graus?

    3º Ate que ponto compensa colocar um ventilador extra (http://www.ventilnorte.com/dospel/kom-II.html) para forçar a propagação do ar, uma vez que a salamandra para este tipo de cenário já tem incorporado ventoinhas próprias para o efeito?

    Obrigadi
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

    • TZW
    • 14 Abril 2017

     # 2

    1-isolamento obrigatório senão vai ficar a aquecer o sótão
    2-a salamandra não vai funcionar a 22º, tem é que na potencia maxima conseguir que o ar chegue aos quartos a 22º ou mais
    3-para saber isso tem que calcular as perdas de caudal vs aumento de pressão, se não conseguir um calculo garantido será difícil escolher o ventilador ou verificar se é necessário.O ventilador pode ligar apenas quando há acumulação de temperatura excessiva nas condutas.
    4-precisa de alguns conhecimentos de electricidade/electronica para optimizar o sistema.
    Espreite casos semelhantes de users que fizeram eles próprios alterações em recuperadores de calor para extrair ar quente para outras divisões.
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas
  3.  # 3

    Obrigado pelas dicas
    Devo confessar que estou apreensivo sobre a compra desta solução
    Já contactei 3 empresas no centro norte do pais e nenhuma tem a experiência de ter instalado uma salamandra a pellets com condutas de ar.
    A ultima empresa que esteve a analisar o cenário, indicou-me que, a salamandra a funcionar no máximo, não iria conseguir ter temperaturas acima dos 18º graus nos outros compartimentos.
    Já li meia centena de sites em portugal que vendem estas salamandras, mas é incrível a falta de informação credivel se estas empresas tem os conhecimentos necessários para instalar uma solução destas, pois os seus sites é de marketing ao produto, mas marketing de venda de solução, pois é muito raro. As únicas empresas que me inspiram confiança, são do sul do país, que por motivos de distância não posso estar a pedir-lhe que me instalem esta solução
    E ainda é penoso, ler na Deco, que foram feitos testes a equipamentos de pellets e que foi eliminado dos testes, os modelos de marcas portugueses, pois em termos de segurança, não obedeciam a critérios mínimos. E vivo no distrito de Aveiro onde pelo menos existem 2 fabricantes PT de equipamento pellets. Solzaima e Albicalor .(existem mais?). A minha percepção é que há algo pouco credível neste negocio.

    Eu sou um leigo, um mero consumidor que não sabe que modelo comprar (existem centenas de marcas e modelos) ou a quem adjudicar a implementação da solução.
    Porventura, alguém tem recomendações? Empresa que já tenha instalado esta solução, do distrito de aveiro\porto, com claros conhecimentos para optimizar o sistema?
    • TZW
    • 15 Abril 2017

     # 4

    Compreendo bem o cenário, eu no seu caso que tem sótão, tentava analisar o custo de uma solução a agua, permite mais aproveitamento e com mais estabilidade na minha opinião. Deixo aqui um descritivo da ideia básica.
    1-Caldeira a pellets com aquecimento de agua
    2-Vmc de duplo fluxo
    3-bateria de calor
    4-sistema de distribuição ar por condutas
    Pode interligar com outros sistemas.
    Dependendo de quem vai instalar, o custo acrescido pode ser compensatório.
    • TZW
    • 15 Abril 2017

     # 5

    Colocado por: TZWCompreendo bem o cenário, eu no seu caso que tem sótão, tentava analisar o custo de uma solução a agua, permite mais aproveitamento e com mais estabilidade na minha opinião. Deixo aqui um descritivo da ideia básica.
    1-Caldeira a pellets com aquecimento de agua
    2-Vmc simples-só de entrada porque se é apartamento já deve ter saida
    3-bateria de calor
    4-sistema de distribuição ar por condutas
    Pode interligar com outros sistemas.
    Dependendo de quem vai instalar, o custo acrescido pode ser compensatório.
    • DAJP
    • 30 Abril 2017

     # 6

    Colocado por: dsousa77Obrigado pelas dicas
    Devo confessar que estou apreensivo sobre a compra desta solução
    Já contactei 3 empresas no centro norte do pais e nenhuma tem a experiência de ter instalado uma salamandra a pellets com condutas de ar.
    A ultima empresa que esteve a analisar o cenário, indicou-me que, a salamandra a funcionar no máximo, não iria conseguir ter temperaturas acima dos 18º graus nos outros compartimentos.
    Já li meia centena de sites em portugal que vendem estas salamandras, mas é incrível a falta de informação credivel se estas empresas tem os conhecimentos necessários para instalar uma solução destas, pois os seus sites é de marketing ao produto, mas marketing de venda de solução, pois é muito raro. As únicas empresas que me inspiram confiança, são do sul do país, que por motivos de distância não posso estar a pedir-lhe que me instalem esta solução
    E ainda é penoso, ler na Deco, que foram feitos testes a equipamentos de pellets e que foi eliminado dos testes, os modelos de marcas portugueses, pois em termos de segurança, não obedeciam a critérios mínimos. E vivo no distrito de Aveiro onde pelo menos existem 2 fabricantes PT de equipamento pellets. Solzaima e Albicalor .(existem mais?). A minha percepção é que há algo pouco credível neste negocio.

    Eu sou um leigo, um mero consumidor que não sabe que modelo comprar (existem centenas de marcas e modelos) ou a quem adjudicar a implementação da solução.
    Porventura, alguém tem recomendações? Empresa que já tenha instalado esta solução, do distrito de aveiro\porto, com claros conhecimentos para optimizar o sistema?


    alguma novidade? Também pretendo a instalação de uma salamandra ou recuperador a pellets com ar canalizado para o piso de cima em que tenho os quartos e wcs.

    Que especialidade me pode aconselhar neste sector?
  4.  # 7

    Bem, eu tive contactos com 2 empresas e fui a uma feira ver o funcionamento desta solução em condições não muito aconselháveis e mesmo assim gostei do debito de ar quente pela conduta de ar a uma distância de 6 metros.
    Vou avançar com uma destas soluções, mas com uma maquina que tem 2 saídas de ar canalizável e já me decidi não comprar Solzaima ou Ecoforest. Será da marca moretti ou edilkamin.O que esta por decidir é se vou para uma de 12KW ou um pouco mais.É algo que ainda não estou totalmente convencido
    No seu caso, se a salamandra fica no res do chao e envia calor para o 1º piso, julgo que tem uma situação mais favorável. Calcule as distancias, porque acima de 6metros, já começa a perder força.
    Alias desisti da ideia de colocar uma saída de ar a uma distancia de 9 metros
    • DAJP
    • 30 Abril 2017

     # 8

    Por acaso também fui à Feira de Março e vi lá as salamandras da Moretti Design, gostei da C10 Compact ou C10 Slot em caso de recuperador e depois também tinha a C8 compact por 1750€... preço bastante bom pelo que tenho visto.

    A edilkamin nao conheço, vou investigar!
  5.  # 9

    Bem desisti da compra da edilkamin, pois não gostei nada do distribuidor em portugal.
    Sobre a Moretti Design, tambem desisti, pois era necessário um trabalhos complementares para instalação e o distribuidor não tem parceiros com que trabalhar.
    Vou comprar uma Cadel Venus plus , quem tem 2 saidas de calor e um sistema de controlo de ventoinhas mais flexivel. A ver vamos o resultado
    • DAJP
    • 19 Agosto 2017

     # 10

    Eu optei por Ecoforest Cordoba Glass... ainda não está a trabalhar mas penso que a instalação correu bem.
  6.  # 11

    Instalação da Cadel Venus 3 plus concluida. 2 condutas de ar quente até maximo 7Mt + a conduta de fumos.
    E hoje fiz os primeiros testes com pellets da Pinewells.Bem, calor produz, mas isto não esta fino.
    a)Com potencia media e os ventiladores a funcionar, tive bastante fumo dentro do apartamento (que é propagado pelas condutas de ar quente, não percebo porquê) e que me obrigou a desligar o equipamento e abrir todas as janelas
    b) Em potencia minima, ao fim de 40m, a chama cada vez mais fica pequena, acabou por apagar e maquina continuava a mandar pellets quando não havia fogo.Por 2x se passou isto

    A ver vamos os proximos capitulos
    Estas pessoas agradeceram este comentário: jorgealves, SusanaS
  7.  # 12

    Bom tarde

    Sou novo aqui no forum e estou a fazer uma instalação de aquecimento central, a exemplo de algumas que aqui aparecem fazendo uso de uma salamandra com ar canalizável.
    Para o efeito adquiri uma salamandra Solius Forestline 15 com ar canalizável foi adquirida com o objectivo para além de aquecer a sala, onde está instalada, fazer uma distribuição do ar canalizável ainda por três quartos.

    Como a salamandra de uma forma directa apenas consegue levar o ar canalizável até uma distância de 5m e dado que eu necessito ir ainda para além desta distância mais 12m tive de utilizar a uma caixa ventiladora de ar quente modelo 300 que debita 300m3/h
    O ar que sai desta caixa ventiladora vai através de condutas de alumínio flexível isolado com lã de vidro, de diâmetro 127mm (coluna pricipal) e 102mm (ramificações directas para os quartos) que deveriam levar o ar até aos quartos.

    Todo o circuito desde a saída da salamandra até à caixa ventiladora (que aspira o ar ) da salamandra (ajudado pelo ventilador desta) e o envia para a canalização torna-se num circuito fechado, pelo que é necessário haver uma entrada de ar na salamandra que depois aquecida vai para a saída de ar canalizável.
    Aquilo que notei é que com a saída directa da salamandra nos quartos, principalmente no primeiro quarto, sentia-se o ar quente a sair. Após colocar a caixa ventiladora, e estando esta a trabalhar bem como o ventilador da salamandra, deixou-se de sentir a tal saída de ar no quarto, aliás não se sente nada a sair da válvula de ar quente, estando esta totalmente aberta.

    Tal como disse anteriormente a caixa ventiladora ao “aspirar” o ar vindo da salamandra, e dado que o sistema está fechado penso ser necessário haver uma entrada de ar na salamandra, que depois de aquecido por esta, é enviado para o ar canalizável o que pela situação que se verifica, essa entrada de ar não está presente pelo que após ligar a caixa ventiladora deixa de se sentir o ar a sair da válvula de ar quente.
    Pelo que observei a salamandra na parte de ar canalizável não tem entrada de ar, assim o ventilador interno funciona bem se for para a distancia até 5m, mas para uma distância maior fazendo uso da caixa ventiladora, o ar que esta "suga" como não há renovação desse ar logo não deita nada para fora.
    A minha questão é se de facto a salamandra não necessita dessa entrada de ar novo a exemplo da entrada que tem que após ser aquecida a envia para a sala?
    Desculpem o extenso post
    Obrigado
  8.  # 13

    De onde vem o ar aquecido, ao certo? Acho que o fumo será sempre um problema...
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">