Iniciar sessão ou registar-se
    • JOAL
    • 14 Novembro 2017

     # 1

    Boas a todos,

    Há muito tempo que sigo este fórum, gosto de pequena bricolage e quando tenho dúvidas é aqui que me socorro, só que desta vez penso que só conseguirei resolver o meu problema com a vossa ajuda directa.
    Passo a explicar, eu andei a fazer umas alterações na minha casa reduzi à sala e construí um pequeno escritório conforme podem ver na imagem.
    A dúvida surgiu na altura de ligar as tomadas que tinha posto na parede, procurei informação e pelo que li um circuito de tomadas em série com um disjuntor de 16 A e uma secção de 2,5 mm não deve ter mais de oito tomadas e penso que nem 30 metros de fio corrido, não sei porque mas foi o que li (se disse alguma asneira corrijam-me por favor).
    Acontece que como podem ver eu terei 12 tomadas para ligar e precisarei mais ó menos de 33m de cabo, poderei ligar as tomadas sem problemas?
      IMG_20171113_230352.jpg
  1. Ícone informação Anunciar aqui?

  2.  # 2

    E o que vais ter ligado nessas 12 tomadas? Isso é que é importante. É se vais fazer um escritório a parte nada como fazer um circuito novo só para o escritório. Metes as tomadas necessárias e um novo disjuntor no quadro
  3.  # 3

    Como disse, pelo rgie só pode ter 8 tomadas por circuito. Meta 2 disjuntores. Divide as tomadas... Vai ver que não sai muito mais caro nem mais morosa a execução.
    Concordam com este comentário: larkhe

    • JOAL
    • 14 Novembro 2017

     # 4

    Agradeço desde já a vossa ajuda,
    Eu não me fiz explicar bem, eu estou a habitar a casa e as obras já terminaram a sala era a área da sala mais o escritório, que ficou dividida pela parede que mandei levantar onde pus as tubagens e cravei as caixas para as tomadas.
    Meter um circuito independente só para o escritório neste momento, implicaria meter calhas por fora da parede (o que não me agrada de todo)
    Quando meti as tubagens não estava a par da norma das 8 tomadas e dos 30 m, sei também que poderá ir até três mil e tal watts, penso que a pergunta do Pedro Gomes virá dessa questão.
    O que vou ligar não é nada demais é aquilo que tem numa sala e num escritório.
    Sala:
    -TV LCD 102 cm, DVD, HI-FI, candeeiro de pé e esporadicamente de inverno irradiador a óleo de 5 elementos 1000w, playstation e coisas de baixo consumo como carregadores.
    Escritório:
    -TV LCD 48 cm, PC com fonte de 500W, impressora, candeeiro de mesa e coisas de baixo consumo
    Não será por isto que os fios aqueceram, penso eu que percebo pouco de etricidade
    já o facto de ter tantas tomadas que já ouvi criar resistência não sei o impacto terá no aquecimento dos fios.
  4.  # 5

    Se esquecer o aquecedor o restante poderá ligar sem problemas.
    •  
      larkhe
    • 15 Novembro 2017 editado

     # 6

    A lei/ regulamento existe por algum motivo...

    Isso é aquilo que pretende ligar, mas com o tempo e havendo tomadas disponiveis poderão ligar mais coisas e dai advir o problema .

    se estivessemos a falar de mais uma tomada era uma coisa ( mesmo assim ja fora do regulamento) mas são quase o dobro das tomadas permitidas....

    Se houver um problema, e isso estiver mal dimensionado no caso dos seguros colocam logo o rabo de fora, alem de que existe uma possivel responsabilidade civil por negligencia, se não houver problema esta tudo bem.
    Concordam com este comentário: PedroGomes
  5.  # 7

    Se houver problemas basta ver mais de 8 num circuito que o seguro já não paga nada. Mesmo que o problema seja noutro disjuntor
  6.  # 8

    Alguém me sabe dizer se o regulamento fala em tomadas ou pontos de utilização? E se por exemplo aquelas tomadas duplas (da efapel de embutir numa caixa por exmp) contam como 1 ponto de utilização?
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">