Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Tenho uma familiar que comprou um apartamento e está a colocar uma cozinha nova com esquentador e fogão a gás.
    O apartamento já teve gás natural, mas o antigo dono mandou cortar e penso que a comercializadora levou o contador.
    Acho que o procedimento é depois de estar tudo montado, mandar instalar o esquentador e o fogão por uma empresa certificada, depois levar o certificado á comercializadora e esperar que vá alguém fazer a inspeção e ligar o gás.

    A minha dúvida que desde já agradeço ajuda, é se existe maneira de fazer logo tudo de uma vez. Será que existe alguma entidade ou empresa que possa fazer a ligação do esquentador e fogão, inspeção e ligação do gás de uma vez só e evitar esperar "uns pelos outros"? Obrigado.
    • XR2i
    • 10 Janeiro 2018

     # 2

    Não é preciso ser uma empresa certificada, tem apenas de ficar bem instalado(pode ser você mesmo a faze-lo).

    Tem é de garantir que fica bem instalado, para passar na inspeção, de qualquer forma, como não correu gás, poderá haver algum defeito no aparelho e não ligar. Penso que quando testam, tem de ligar pelo menos o esquentador.

    De seguida é só chamar a entidade para proceder à inspeção (normalmente tem um custo de 60€).
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Wardruna
  2.  # 3

    Quem faz a inspeção exige um certificado de instalação. E para passar o certificado é necessário uma empresa certificada.
    Concordam com este comentário: A. Madeira
  3.  # 4

    Colocado por: WardrunaQuem faz a inspeção exige um certificado de instalação. E para passar o certificado é necessário uma empresa certificada.


    olhe quem montou a placa a gas la em casa fui eu.....e na inspeção nao me pediram certificado nenhum! quem fez a inspeção foi a galp!
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Wardruna
  4.  # 5

    Colocado por: WardrunaQuem faz a inspeção exige um certificado de instalação. E para passar o certificado é necessário uma empresa certificada.


    Contrata uma empresa cetificada tem que ser feito uma inspeção à tubagem e ela marca com a empresa abastecedora o dia e hora estará presente a empresa inspetora e nomomento se esti
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Wardruna
    • XR2i
    • 10 Janeiro 2018

     # 6

    Ah bom, então depende das empresas que fazem a inspeção.

    No meu caso, foi colocar os equipamentos(eu) e chamar a inspeção e a neste caso a EDP para colocar o contador.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Wardruna
  5.  # 7

    Se estiver tudo bem ligam o gas na hora.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Wardruna
  6.  # 8

    Colocado por: loverscout

    olhe quem montou a placa a gas la em casa fui eu.....e na inspeção nao me pediram certificado nenhum! quem fez a inspeção foi a galp!


    A sério? A mim pediram-me e também foi a Galp.
    Apenas montou uma placa nova ou também pediu para ligar o gás natural?
  7.  # 9

    Colocado por: Wardruna

    A sério? A mim pediram-me e também foi a Galp.
    Apenas montou uma placa nova ou também pediu para ligar o gás natural?


    Casa nova..... quem montou os electrodomesticos fui eu. depois foi pedir ramal e contador, no seu caso so vai pedir contador!
  8.  # 10

    Colocado por: loverscout

    Casa nova..... quem montou os electrodomesticos fui eu. depois foi pedir ramal e contador, no seu caso so vai pedir contador!


    Estive a ler no site da Galp e realmente não é necessário certificado de instalação, apenas a inspeção. Será que houve alguma confusão? Tenho de voltar a falar com a Galp.
  9.  # 11

    Bom depois de uns telefonemas, a verdade é que para a colocação de novo contador é necessário um termo de responsabilidade da instalação do gás para posteriormente se seguir com a inspeção.

    Fica aqui:

    "Como marcar uma inspecção

    Após possuir o termo de responsabilidade pela instalação de gás natural emitido por uma entidade instaladora credenciada pela Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), é necessário que um inspector credenciado emita o respectivo certificado.

    Para este efeito deverá contactar uma empresa inspectora ou directamente o comercializador de gás natural. O comercializador de gás natural estabelece contacto com o operador de rede, que conciliará uma visita conjunta com uma empresa inspectora.

    A empresa inspectora é quem se encontra credenciada para certificar a instalação e garantir que a mesma se encontra nas condições técnica e de segurança adequadas, caso em que emite o competente certificado. Sem este certificado não é possível dar início ao fornecimento de gás natural.

    O operador de rede é quem pode dar início ao abastecimento ou a religação do mesmo após uma interrupção.

    Na página Internet da Direção-Geral de Energia e Geologia poderá encontrar a lista actualizada das empresas inspectoras credenciadas por aquela entidade.

    O custo da inspecção com vista à religação tem um valor máximo tabelado a pagar pelo requisitante.

    A ausência de inspecção impede o fornecimento de gás natural, dado que sem ela a instalação não possui certificado válido."
    • XR2i
    • 12 Janeiro 2018 editado

     # 12

    Vamos lá ver uma coisa, acho que está a confundir o termo de responsabilidade e a instalação com a "dita" inspeção.

    O texto que fala em cima refere-se à inspeção e sim é obrigatória. Vão fazer medição de gases e verificar se os aparelhos ligam todos, ventilação, etc. E ai sim, se passar, passam o certificado.

    Quem verifica a instalação e procede à inspeção é a empresa que vai contratar para efectuar a inspeção.
  10.  # 13

    "Após possuir o termo de responsabilidade pela instalação de gás natural emitido por uma entidade instaladora credenciada pela Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), é necessário que um inspector credenciado emita o respectivo certificado".

    Penso que isto quer dizer que para efecturarem a inspeção e colocarem o contator, é necessário apresentar o termo de esponsabilidade.
    Ou este termo de responsabilidaded é outra coisa?
    • XR2i
    • 12 Janeiro 2018

     # 14

    Não tinha visto essa parte.. Há 1 ano não era preciso, se agora é é porque alguma coisa mudou. Ou secalhar o seu fornecedor não tá muito interessado em fornecer.
    •  
      larkhe
    • 12 Janeiro 2018 editado

     # 15

    Ha cerca de dois anos , e ha cerca de 7 anos tb me obrigaram a esse termos de responsabilidade, dependendo na instalaçao custa a volta do 500 euros. Isto em Lisboa

    Penso que solicitam quando houver obras que mexam no circuito do gas.

    A inspecção fica a volta de 70 euros e normalmente obrigam a ter o termo de responsabilidade mencionado atras
  11.  # 16

    Penso que a questão é quem é que se responsabiliza por uma eventual má instalação.
    A casa não tem gás nem contador de momento. Se tivesse penso que bastaria alguém que soubesse para montar o esquentador, placa e respectivas ligações.
    Concordam com este comentário: larkhe
    • XR2i
    • 12 Janeiro 2018

     # 17

    Não bastaria, era a mesma história, sempre obrigatória a inspeção.

    Provavelmente será isso, mas repare mesmo que esteja mal instalado, ou o aparelho tenha defeito, vai chumbar na inspeção e perdeu 60€, tem de os chamar novamente e voltar a pagar mais 60€ para a reeinspeção.

    Ou seja, sinceramente é só mais uma coisa para gastar €€, uma vez que quem se responsabiliza que está tudo funcional é mesmo a pessoa que faz a inspeção.
  12.  # 18

    Colocado por: XR2iNão bastaria, era a mesma história, sempre obrigatória a inspeção.

    Provavelmente será isso, mas repare mesmo que esteja mal instalado, ou o aparelho tenha defeito, vai chumbar na inspeção e perdeu 60€, tem de os chamar novamente e voltar a pagar mais 60€ para a reeinspeção.

    Ou seja, sinceramente é só mais uma coisa para gastar €€, uma vez que quem se responsabiliza que está tudo funcional é mesmo a pessoa que faz a inspeção.


    Não é , o termo de responsabilidade vem da empresa que fez a instalaçao do gas, a inspecção é para garantir que tudo funciona bem.
  13.  # 19

    Venho aqui relatar como se processou a instalação de gás natural. Isto é válido para uma abitação que já teve gás natural mas depois foi cortado e levantado o contador pelo antigo dono.

    -É necessário ir á comercializadora pretendida com o CUI e a caderneta predial e/ou a escritura. (Caso não se saiba o CUI, é necessário pedir da distribuidora, Galp normalmente).

    -A Comercializadora depois liga para agendar data e se a entidade que fará a inspeção é contratada por nós ou se queremos que eles tratem de tudo.
    Caso seja o cliente a contratar a empresa, cabe ao cliente certificar-se que estarão presentes no momento em que forem ligar o gás e contador.)

    - É feita a inspeção e se estiver tudo correcto o gás fica logo ligado. Paga-se directamente aos técnicos.


    A instalação do esquentador, placa e respectivas tubagens pode ser feita por qualquer pessoa que saiba. Ninguém pede nada disso. O termo de responsabilidade apenas serve para o proprietário ter alguém a quem reclamar caso a chumbe na inspeção.

    Muitos chumbão devido aos exaustores estarem ligados á exaustão dos esquentadores, normalmente por um T. Solução é retirar o exaustor a menos que não queiram aldrabar. Os testes são feitos com tudo ligado no máximo, incluindo o exaustor.
  14.  # 20

    Uma questão para os entendidos.
    Se a inspeção de gás chumbar devido ao monoxido quando o exaustor está ligado no máximo com tudo fechado, é legal retirar a porta da cozinha e dizer que a cozinha não é para levar porta ou outra desculpa qualquer?