Iniciar sessão ou registar-se

  1.  # 1

    Boas,
    Em 2015 comprei um terreno de cultivo onde é permitido construir. Tinha quase tudo pronto para iniciar a construção quando em 2016 a minha antiga namorada me pós os palitos. Por ser um projeto a dois decidi não avançar, meses depois "arranjei" a minha atual namorada e nunca mais liguei ao terreno.

    Voltei lá este fim de semana para ver se precisava de ser limpo por causa dos incêndios e verifico que o dono do terreno ao lado atirou com os marcos que delimitavam os dois terrenos e lavrou cerca de 40m2 para o meu terreno.
    Não conhecia o sujeito pessoalmente, mas procurei saber quem era, fui falar com ele e ele diz-me que :" a estrema era por ali, o antigo dono é que se esticou, quando eu vim para ali ele já lá estava e se não estou bem que me mude, se eu o chatear mais ainda lavra outro tanto".

    O que se faz numa situação destas?
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Vizinhos desses longe de nós. O que fazer? Apresentar queixa nas autoridades contra o sujeito por ter arrancado os marcos, isso está previsto no código civil.
  4.  # 3

    Como estava o limite do terreno no projecto que instruiu para a camara em tempos?
  5.  # 4

    Nunca recorri aos tribunais, mas o dinheiro do terreno vai ficar em tribunal, por outro lado se não fizer nada da próxima vez rouba-me mais um bocado.
    Concordam com este comentário: ALMEIDAM
  6.  # 5

    Disse-lhe para me dar o dinheiro que dei pelo terreno e ficar com ele todo para ele e ele respondeu-me que vai ficar com ele todo sem me pagar um cêntimo.
    Isto era um tipo pagar a uns tipos com o dinheiro que ade gastar em tribunal para apenas lhe darem uns açoites, estou farto disto de hoje em diante não compro mais nada, alugo tudo.
    Concordam com este comentário: ricat
  7.  # 6

    Este tipo de bestas são excrementos humanos. Não valem o ar que respiram.

    Infelizmente tem de se mexer para se defender se não será comido de cebolada.
    Vai ser sempre uma convivência infeliz, faça queixa dele por mexer nos marcos e trate de vender isso. De preferência a ele que é para mais ninguém ter de o aturar...
  8.  # 7

    Em que zona é?

    Já apresentou queixa?
  9.  # 8

    Sou de Santa Susana uma pequena aldeia no Alentejo.
    Não apresentei porque se for para tribunal pago mais do que dei pelo terreno e corro o risco de o não vender, assim que se souber.
    A minha intenção é vender pelo preço que comprei o mais rápido possível assim que arranjar comprador.
    Pagarei alguma multa se vender o terreno com as medidas anteriores? (medidas antes de ser roubado)
    serei incomodado por alguma entidade ou pelo futuro comprador por não o avisar das marotices do vizinho e pelas actuais medidas do terreno?
  10.  # 9

    Se o futuro comprador o incomodar por não o ter avisado das marotices do vizinho e das antigas/actuais medidas do terreno será com razão...
  11.  # 10

    Colocado por: Baltazar1Sou de Santa Susana uma pequena aldeia no Alentejo.
    Não apresentei porque se for para tribunal pago mais do que dei pelo terreno e corro o risco de o não vender, assim que se souber.
    A minha intenção é vender pelo preço que comprei o mais rápido possível assim que arranjar comprador.
    Pagarei alguma multa se vender o terreno com as medidas anteriores? (medidas antes de ser roubado)
    serei incomodado por alguma entidade ou pelo futuro comprador por não o avisar das marotices do vizinho e pelas actuais medidas do terreno?


    Conheço bem.

    Passe no posto de Alcácer do Sal que isso fica facilmente resolvido.
  12.  # 11

    Peço para falar com quem?
  13.  # 12

    Com o Guarda que estiver no atendimento do posto da GNR... presumo eu ;)

    Colocado por: Baltazar1Pagarei alguma multa se vender o terreno com as medidas anteriores? (medidas antes de ser roubado

    Que parvoice....

    Mas já verificou o terreno com um topografo. se é em Santa Susana ( Alcácer do Sal), concerteza que existe o cadastro geométrico do prédio rústico...
    Veja aqui:
    http://www.dgterritorio.pt/cadastro/cadastro_geometrico_da_propriedade_rustica__cgpr_/consultar_seccoes_cadastrais/
  14.  # 13

    Não percebo a passividade com que encara esta situação... O vizinho rouba-lhe 40m2 e você o que quer fazer é vender o terreno... Confirme com um topógrafo que aqueles 40m2 são efetivamente seus e se forem, não pense duas: reponha os marcos, alugue um trator para destruir o que o seu vizinho fez no seu terreno e mure o terreno.

    E antes disso vá à policia como é óbvio, mover marcos é crime.
  15.  # 14

    Eu tenho de vender o terreno, não existe outra forma de resolver o problema.
    A primeira coisa que fiz quando vi os marcos mudados foi telefonar ao antigo proprietário que foi ao local comigo e confirmou que foram mudados ilegalmente, mas disse-me que agora o problema era meu que fosse falar com o tal vizinho, fui falar com ele e o que ele me disse está escrito nos post anteriores.
    Desloquei-me ao posto da GNR que me disse que o mais provável era eu ter de ir para tribunal porque ele vai alegar que o terreno lhe pertence, que seria eu aprovar que aqueles 40m2 eram meus, que ia gastar mais do que vale o terreno, o melhor seria eu "desfazer-me" dele o mais rápido possível sem levantar "ondas" porque se se souber da mudança dos marcos e do mau vizinho nunca mais iria vender o terreno.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">