Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Bom dia a todos.

    Resolvi abrir este tópico para que me possam esclarecer se é normal este processo e poderem dar-me a vossa opinião.

    Estou em processo de compra de casa através de uma imobiliária. Assinei o CPCV com os vendedores e imobiliária onde entreguei 5% do valor da casa e estou a recorrer a uma instituição bancária para pagamento de 90% do valor. Os outros 5% serão entregues por mim no dia da escritura.

    Após avaliação do crédito, tudo correu sem grandes problemas, avaliação feita, crédito aprovado, documentos entregues. Avancei então para a marcação da escritura na 4ªFeira da semana passada, disseram-me que demoraria 48h, e como sexta-feira foi feriado, fiquei à espera que me disserem algo na 2ª feira. Nada. 3ªFeira ligaram-me do banco, e a minha gestora de conta tinha ido de férias. A pessoa que me atendeu pediu-me imensa papelada que ainda não me tinha sido pedido até ao momento, inclusive os NIB's que foram utilizados no CPCV para o pagamento dos 5% de entrada (que consta no CPCV). E ainda o cheque ou NIB a partir do qual vai ser pago os outros 5% do valor e qual o NIB do destinatário (neste caso os vendedores).

    A minha questão é: A minha gestora é incompetente e esta pessoa está a fazer tudo de acordo? Ou, de acordo com a imobiliária, estes dados são apenas requisitados na altura da escritura?
    De notar que a imobiliária e o banco nunca entraram em contacto nem trocaram informação nenhuma. Fui sempre eu que tive de andar a pedir a papelada à imobiliária e a dar ao banco.

    P.S. Estou com um pouco de pressa em fazer a marcação da escritura uma vez que a validade do meu crédito acaba em breve e só vejo passividade da parte do banco, incluindo pedirem toda esta papelada em cima do joelho e parceladamente.

    É normal este processo ser assim?
    Obrigado pela vossa atenção e respostas!
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    UP!
  4.  # 3

    Nas escrituras actualmente estão a pedir o número dos cheques com que são feitos os pagamentos por causa da transparência fiscal, mas isso normalmente é pedido próximo do dia da escritura, ou no próprio dia não vejo qual a necessidade desses dados para marcar a escritura.
    No caso de pagar os 5% com cheque bancário o mais lógico é que o não vá solicitar com uma semana de antecedência, possivelmente vai solicita-lo na véspera da escritura.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: mokas

  5.  # 4

    Colocado por: sognimNas escrituras actualmente estão a pedir o número dos cheques com que são feitos os pagamentos por causa da transparência fiscal, mas isso normalmente é pedido próximo do dia da escritura, ou no próprio dia não vejo qual a necessidade desses dados para marcar a escritura.
    No caso de pagar os 5% com cheque bancário o mais lógico é que o não vá solicitar com uma semana de antecedência, possivelmente vai solicita-lo na véspera da escritura.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:mokas


    Exacto, e visto que ia pagar por cheque (e não os tenho) pedi o NIB do vendedor, e dei o meu e o dele ao banco. Assim o processo seguiu. Mas achei bastante estranho.

    Obrigado pelo seu comentário.
  6.  # 5

    Não acho o timming estranho, nem a documentação pedida.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: mokas
  7.  # 6

    Boas,

    Como alguem já disse o pedido das contas, dos cheques, dos montantes é para que conste no corpo da escritura por causa da lei do branqueamento de capitais.
    Devem estar a solicitar a documentação para a escritura ser agendada rapidamente.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: mokas
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">