Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Bom dia, será que alguém compartilha da mesma dificuldade que eu em escolher um seguro de saúde? Que confusão, Já li tanta coisa, e existem queixas graves de todas as seguradoras.

    Apenas queria um seguro para uma pessoa, 38 anos, sem períodos de carência, para ter acesso a consultas de especialidade ginecológica e exames, como por ex. coloscopia, sem cobertura de parto e que não tivesse que pagar os 'olhos da cara'. Alguém me pode ajudar por favor?
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Sem periodo de caremcia nao é facil. Logo partilho uma possivel opcao
  4.  # 3

    Olhe eu para a colonoscopia, tive uma consulta no médico de familia, e depois passado umas 6 semanas fui ao hospital fazer o exame...

    Há coisas que o sistema Nacional de Saude consegue assegurar. O mesmo se passa com o acompanhamento de gravidas/ consultas familiares)... os exames é a mesma coisa... Pelo menos é esta a realidade do local onde me encontro.

    Tem médico de familia?
  5. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

  6.  # 4

    Consultas de especialidade no sns não é facil. So para quem pode esperar e nao queira escolher o médico.

    https://maissemanario.pt/gese-seguros-mgen-e-mapadi-unidos-para-fazer-a-diferenca/

    Contacte a gese seguros e pergunte pela opcao que expus acima. Sao condicoes que nao existem em mais lado nenhum (excepto a adse, claro).
    Estas pessoas agradeceram este comentário: scp_1
  7.  # 5

  8.  # 6

    Depende muito da área geografica onde reside e da rede a que consegue, com facilidade, ter acesso.

    O quis dizer foi colposcopia, certo?
    Presumo que seja do sexo feminino.
    Considera vir a ter filhos?

    Experimente ver Médis, a opção intermédia.
    Sem carência e que valha a pena, não conheço.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: scp_1
  9.  # 7

    Tente por ex. simular na MGEN (rede Advancecare). Tem protocolo com a Deco, mas também pode fazer directamente. É Mutualista e portanto não se estica tanto nos preços. Julgo que para as consultas que refere não se aplicam os períodos de carência, mas veja melhor nas condições.
    Do que andei a ver pareceram-me os mais transparentes e não recusam cobertura por doenças pre existentes nem estabelecem limite de idade.
    Concordam com este comentário: tcouto
  10.  # 8

    Colocado por: nocas1Tente por ex. simular na MGEN (rede Advancecare). Tem protocolo com a Deco, mas também pode fazer directamente. É Mutualista e portanto não se estica tanto nos preços. Julgo que para as consultas que refere não se aplicam os períodos de carência, mas veja melhor nas condições.
    Do que andei a ver pareceram-me os mais transparentes e não recusam cobertura por doenças pre existentes nem estabelecem limite de idade.
    Concordam com este comentário:tcouto


    A soluçao que eu dei é similar. Tambem acordo com a mgen.
  11.  # 9

    Colocado por: Pedro BarradasOlhe eu para a colonoscopia, tive uma consulta no médico de familia, e depois passado umas 6 semanas fui ao hospital fazer o exame...

    Há coisas que o sistema Nacional de Saude consegue assegurar. O mesmo se passa com o acompanhamento de gravidas/ consultas familiares)... os exames é a mesma coisa... Pelo menos é esta a realidade do local onde me encontro.

    Tem médico de familia?


    Sim tenho médico de familia que me disse que tenho de esperar 6 meses para os polipos crescerem e então é que se faz coloscopia! Primeiro deixam desenvolver o problema e depois tentam resolver, é uma política péssima para a saúde. Para além de que tenho um problema que está a reincidir pela 6ª vez e não conseguem já dar solução para isto. Só sabem passar medicamentos e fazer os exames que não mostram nada, caso vá ao particular podem pelo menos estudar outras hipóteses e fazer outro tipo de exames pelo menos antes que se desenvolva algo mau, se é que já não se desenvolveu :(
    Atenção coloscopia não é o mesmo que colonoscopia.
    cumprimentos,
  12.  # 10

    Colocado por: scp_1Bom dia, será que alguém compartilha da mesma dificuldade que eu em escolher um seguro de saúde? Que confusão, Já li tanta coisa, e existem queixas graves de todas as seguradoras.

    Apenas queria um seguro para uma pessoa, 38 anos, sem períodos de carência, para ter acesso a consultas de especialidade ginecológica e exames, como por ex. colposcopia, sem cobertura de parto e que não tivesse que pagar os 'olhos da cara'. Alguém me pode ajudar por favor?
  13.  # 11

    Colocado por: scp_1

    Sim tenho médico de familia que me disse que tenho de esperar 6 meses para os polipos crescerem e então é que se faz coloscopia! Primeiro deixam desenvolver o problema e depois tentam resolver, é uma política péssima para a saúde. Para além de que tenho um problema que está a reincidir pela 6ª vez e não conseguem já dar solução para isto. Só sabem passar medicamentos e fazer os exames que não mostram nada, caso vá ao particular podem pelo menos estudar outras hipóteses e fazer outro tipo de exames pelo menos antes que se desenvolva algo mau, se é que já não se desenvolveu :(
    Atenção coloscopia não é o mesmo que colonoscopia.
    cumprimentos,



    Mas tem noção de que o seguro não vai cobrir problemas de saúde pré-existentes?
  14.  # 12

    Colocado por: ADROatelierDepende muito da área geografica onde reside e da rede a que consegue, com facilidade, ter acesso.

    O quis dizer foi colposcopia, certo?
    Presumo que seja do sexo feminino.
    Considera vir a ter filhos?

    Experimente ver Médis, a opção intermédia.
    Sem carência e que valha a pena, não conheço.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:scp_1


    Sou do Barreiro. Sim colposcopia. Não considero ter filhos, não pretendo inclusão de partos. Obrigada
  15.  # 13

    Colocado por: ghost12


    Mas tem noção de que o seguro não vai cobrir problemas de saúde pré-existentes?
  16.  # 14

    Informação retirada do site da MGEN:

    Uma doença pré-existente significa toda e qualquer doença ou lesão de que a Pessoa Segura sofre, pela evidência dos sintomas, antes da data início do contrato de seguro.

    Contrariamente às habituais praticas das seguradoras, as doenças pré-existentes estão garantidas em todos os planos de saúde MGEN.
    • espt
    • 22 Dezembro 2018

     # 15

    Seguros de saúde há 2, Multicare e os outros, portanto já a ajudei, tem só duas opções.
  17. Ícone informação Anunciar aqui?

  18.  # 16

    Colocado por: esptSeguros de saúde há 2, Multicare e os outros, portanto já a ajudei, tem só duas opções.


    A Multicare não é opção para este caso, dado que não assume doenças pré-existentes.
    • espt
    • 23 Dezembro 2018

     # 17

    Não assume nos planos, mas assume nos cartões
  19.  # 18

    Colocado por: nocas1Informação retirada do site da MGEN:

    Uma doença pré-existente significa toda e qualquer doença ou lesão de que a Pessoa Segura sofre, pela evidência dos sintomas, antes da data início do contrato de seguro.

    Contrariamente às habituais praticas das seguradoras, as doenças pré-existentes estão garantidas em todos os planos de saúde MGEN.


    Eu tenho na MGEN feito através do protocolo com deco, quando fiz o seguro a minha mulher já estava grávida e não se recusaram a pagar em nenhum momento.

    E segundo o protocolo não podem deitar o cliente fora mesmo que esteja a dar prejuízo todos os anos, até hoje estou muito satisfeito.
    Concordam com este comentário: tcouto
  20.  # 19

    Colocado por: Pedro BarradasPesquisa rápida:
    https://www.e-konomista.pt/artigo/seguros-de-saude-sem-periodo-de-carencia/
    https://www.decomais.pt/seguros/seguro-saude

    Estive a ler o artigo e fico parva pois dizem que o catao do montepio é um seguro sem períodos de carência.Isto é mentira na parte de se dizer que é um seguro. O cartão montepio é um plano de saúde, no qual temos acesso a uma rede e onde o montepio não cobre nenhum risco.Com esse cartão temos consultas a 35/40/50 euros.Com um seguro ficariam a 15 e sem cartão e sem seguro poderia ser uns 100.Com o seguro podemos ter acesso á rede de prestadores a preços convencionados durante o período de carência, ou seja , pagar por exemplo 40 euros pela consulta como no cartão montepio.Em Portugal a seguradora com períodos de carência mais curtos é a MGEN.
  21.  # 20

    Colocado por: nocas1Tente por ex. simular na MGEN (rede Advancecare). Tem protocolo com a Deco, mas também pode fazer directamente. É Mutualista e portanto não se estica tanto nos preços. Julgo que para as consultas que refere não se aplicam os períodos de carência, mas veja melhor nas condições.
    Do que andei a ver pareceram-me os mais transparentes e não recusam cobertura por doenças pre existentes nem estabelecem limite de idade.
    Concordam com este comentário:tcouto

    Não pode contratar diretamente. A pessoa terá de ter ligação a uma entidade com protocolo com a seguradora. Por exemplo na deco há sócios que só pagam 8euros ano e esses não podem ter o seguro. Somente aqueles que recebeem a revista.
    Alguns sindicatos possuem protocolos, associações tais como a das família numerosas.Para quem não pertence a uma entidade protocolada a minha sugestão é a asdsocial, pelo que já li na net. A quota é de 10 euros ano e toda a família fica associada, basta indicar os nomes. Foi esta seguradora que trouxe o seguro para Portugal.Apoiam diversas iniciativas solidárias e de capacitação com esses 10 euros anuais.Por isso o nosso dinheiro é bem utilizado e melhor gerido que nos seguros tradicionais. Se fosse fácil também as seguradoras tradicionais teriam as características da MGEN,e são muita as diferenças e essas diferenças valem muitoooo dinheiro
    Estas pessoas agradeceram este comentário: aacc
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">