Iniciar sessão ou registar-se
    • Ruipsm
    • 27 Fevereiro 2019 editado

     # 61

    Colocado por: MVA

    Isso não importa para nada. O que importa é a localização. Uma cave no Chiado vale mais que uma moradia T10 com piscina numa qualquer aldeia perdida.

    Estamos a falar no mesmo local! Eu sei que em frente a praia é um valor diferente do que na aldeia!!
    Mais, a localização que falo é muito melhor do que a zona que referiram anteriormente na Maia
  1. Ícone informação Anunciar aqui?

    • flipe
    • 27 Fevereiro 2019

     # 62

    Verdade! A Maia foi dos concelhos a nível nacional que mais subiu. Bons acessos, localização são factores essenciais. Pelo que me explicaram foi quem vive no centro do Porto está a fugir para periferia, o centro do Porto está a ficar insustentável e está a ser vendido a estrangeiros. Quem vende no porto um t1 por 300k, compra na Maia uma moradia recente por esse valor.
    Matosinhos sempre foi caro por ser litoral, nesta altura tem também imensa procura. Alugar está um inferno. Sei de casos que pagam por um t3 perto de 1000e na avenida principal.
    Existe ainda outro grande factor, é que a Maia quer ter a maior zona industrial a norte e o aeroporto assim como porto de Leixões contribuem e muito para isso.
    • MVA
    • 27 Fevereiro 2019

     # 63

    Eu percebo-o, mas as coisas não funcionam assim.

    A maioria das pessoas não tem paciência para esperar 2 anos pela construção da casa, nem está para se chatear a ter de procurar terrenos, arquitectos, empreiteiros, escolher materiais, tratar de burocracias, etc.

    A maioria das pessoas prefere pagar 250 mil euros por um apartamento de 150 m2, pronto a habitar, do que pagar 200 mil euros por uma moradia de 200 m2 (mesmo que esta seja melhor localizada) e ter de passar pelo calvário do processo de construção. A realidade é esta, daí os apartamentos estarem ao preço que estão, porque as pessoas não estão dispostas a aventurar-se na construção de casa nova.
    Concordam com este comentário: flipe, desofiapedro, jorgferr
  2. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

    • eu
    • 27 Fevereiro 2019 editado

     # 64

    Colocado por: MVAA maioria das pessoas prefere pagar 250 mil euros por um apartamento de 150 m2, pronto a habitar, do que pagar 200 mil euros por uma moradia de 200 m2 (mesmo que esta seja melhor localizada) e ter de passar pelo calvário do processo de construção


    Ainda bem que, pelos vistos, eu sou diferente da maioria...
    • Ruipsm
    • 27 Fevereiro 2019 editado

     # 65

    Colocado por: MVAEu percebo-o, mas as coisas não funcionam assim.

    A maioria das pessoas não tem paciência para esperar 2 anos pela construção da casa, nem está para se chatear a ter de procurar terrenos, arquitectos, empreiteiros, escolher materiais, tratar de burocracias, etc.

    A maioria das pessoas prefere pagar 250 mil euros por um apartamento de 150 m2, pronto a habitar, do que pagar 200 mil euros por uma moradia de 200 m2 (mesmo que esta seja melhor localizada) e ter de passar pelo calvário do processo de construção. A realidade é esta, daí os apartamentos estarem ao preço que estão, porque as pessoas não estão dispostas a aventurar-se na construção de casa nova.
    Concordam com este comentário:flipe

    concordo consigo a 100%!
    Quando começamos a ter muitos problemas para o licenciamento da construção, ponderados desistir (o terreno foi herdado logo não tivemos nenhum investimento) e comprar algo, um apartamento, mas os preços estão estupidamente impossíveis! Aqui na zona de Matosinhos, Leça, Perafita ou até Lavra está impossível e isso fez com que preferissemos aguentar este calvário todo. Os alugueres então nem se falam, valores altos e o pior é que na há casas para alugar sequer
    Concordam com este comentário: Vera3107, desofiapedro
  3.  # 66

    A maioria das pessoas não tem paciência para esperar 2 anos pela construção da casa, nem está para se chatear a ter de procurar terrenos, arquitectos, empreiteiros, escolher materiais, tratar de burocracias, etc.

    O problema não é o tempo, é o custo dos terrenos, as burocracias, os custos das ligações às redes Saneamento, Luz, Agua (+15000€), e como escolher empreiteiros? e empréstimo para a construção?
    No meu caso é uma guerra perdida logo à partida...
  4.  # 67

    é pena as empresas estarem muito descapitalizadas e pouco protegidas face ás flutuações económicas

    pois acredito que um bom mercado á base de promotores / construtores era uma boa solução, até como já houve há uns anos atrás, mesmo pesando na qualidade discutível de muitos empreendimentos.
    Concordam com este comentário: Vera3107
  5.  # 68

    Mas "no problem ", a banca financia essas empresas de construçao descapitalizadas, e depois fica com os empreendimentos em fase de cosntrução (alguns terminal) por tuta e meia...
    • AMVP
    • 29 Março 2019

     # 69

  6.  # 70

    https://www.google.com/amp/s/www.jornaldenegocios.pt/economia/conjuntura/amp/dinheiro-barato-pode-durar-mais-uma-decada
    "Dinheiro barato pode durar mais uma década"

    Sinceramente é a minha opinião tb, já vi este filme no Japão, e os usa já falam em descidas de tx de juro, qd ainda mal os tinham começado a subir...
  7.  # 71

    Colocado por: NTORIONhttps://www.google.com/amp/s/www.jornaldenegocios.pt/economia/conjuntura/amp/dinheiro-barato-pode-durar-mais-uma-decada
    "Dinheiro barato pode durar mais uma década"

    Sinceramente é a minha opinião tb, já vi este filme no Japão, e os usa já falam em descidas de tx de juro, qd ainda mal os tinham começado a subir...


    isso só prova que andamos a viver um falso periodo de economia crescente e que a crise nao está sanada!
    Concordam com este comentário: J.Fernandes, amartins, kzeleven
    • AMVP
    • 29 Março 2019

     # 72

    Colocado por: NTORIONhttps://www.google.com/amp/s/www.jornaldenegocios.pt/economia/conjuntura/amp/dinheiro-barato-pode-durar-mais-uma-decada
    "Dinheiro barato pode durar mais uma década"

    Sinceramente é a minha opinião tb, já vi este filme no Japão, e os usa já falam em descidas de tx de juro, qd ainda mal os tinham começado a subir...



    NTORION, eu pessoalmente tenderia a concordar consigo mas a verdade é que a economia não descola, ou seja, a inflação está dificil de conseguir. Mais, nos últimos dias decidi que tinha de entender um pouco mais sobre a economia francesa, que para mim está falida mas como não há declaração e os meus familiars dizem que está tudo bem..., e percebi mais algumas coisas.
    Pelo que entendi, até agora, o Estado francês pressionado pela chegada de pessoas aos milhares e possívelmente devido a problemas da economia na prática anda a intervir na economia e a estimular a aquisição de casas, chegando mesmo a intervir na taxa de juro praticada pelos bancos, que em regra em frança é fixa, a emprestar dinheiro para os impostos de aquisição da casa e a banca financia a 100%. Assim, penso que as taxas de juros irão continuar baixas e por esta via as casas, possivelmente, vão continuar a aumentar. Agora esta situação só se resolveria, digo eu, com aumento real de salários. Mas essa via parece estar dificil.
  8.  # 73

    Colocado por: AMVPNTORION, eu pessoalmente tenderia a concordar consigo mas a verdade é que a economia não descola


    Então não discordou em nada... eu acho que os juros vão continuar baixos por muito mais tempo do que se espera... e dei o exemplo do Japão... e dos USA, que ainda mal começaram a subir e já falam em descer.
    O artigo do JN explica algumas das razões para tal, até nem era as que eu colocaria em 1º.
    • AMVP
    • 29 Março 2019

     # 74

    e depois vejos anúncios destes e não me consigo decidir se quero que tenham razão ou não, reparem que é para estarem prontos em 2020.


    https://www.imovirtual.com/anuncio/apartamentos-t3-de-qualidade-em-construcao-nas-colinas-do-cruzeiro-IDY3Xl.html?utm_source=olx.pt&utm_medium=referral&utm_campaign=search_results_link
  9.  # 75

    E o curioso dessa localização é que por 65000€ compra o terreno e pronto...o resto não preciso de explicar... Mas vendem que nem loucos e sei de quem tenha vendido apartamentos com 10 anos, lucraram 50 a 70mil e estão a comprar e a construir nos ditos terrenos.
  10. Ícone informação Anunciar aqui?

  11.  # 76

    Colocado por: JotaPE o curioso dessa localização é que por 65000€ compra o terreno...
    ...sei de quem tenha vendido apartamentos com 10 anos, lucraram 50 a 70mil e estão a comprar e a construir nos ditos terrenos.

    Nao sei se vão fazer bom negocio.
    Anda tudo a sonhar com comprar casas e construir. Depois com as derrapagens no orçamemto e problemas em gerir obras, começa o arrependimento de terem vendido o caixote.
    • AMVP
    • 29 Março 2019

     # 77

    Eu pessoalmente tb não acho que construir seja um bom negócio. Só o que as câmaras levam para legalizar. Bem sei o que os meus pagam numa augi desse concelho
  12.  # 78

    Enquanto os salários (reais) não subirem a crise não irá passar nem sequer iremos sair dela!
    Já não saiu aumentado no trabalho a 11 anos, se continuar assim, o ordenado mínimo a subir e os outros não, daqui a nada todos ganham o ordenado mínimo. É um escândalo
    Concordam com este comentário: AMVP
  13.  # 79

    Colocado por: RuipsmEnquanto os salários (reais) não subirem a crise não irá passar nem sequer iremos sair dela!
    Já não saiu aumentado no trabalho a 11 anos, se continuar assim, o ordenado mínimo a subir e os outros não, daqui a nada todos ganham o ordenado mínimo. É um escândalo

    É uma verdade.
    Estamos parados no tempo. As empresas cada vez mais apostam na exploração e acham que pagar salarios baixos é sinal de boa gestão.
    Quando derem conta vai ser tarde.
    • AMVP
    • 29 Março 2019

     # 80

    E o mais estranho é que por regra a única forma de se ser aumentado é mudar de entidade patronal, o que tendo em conta o mercado de trabalho português não é fácil. Não percebo está forma de pensar até porque para se ter um profissional autónomo, confiável e produtivo demora tempo. Transcende-me
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">