Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa tarde, meu nome é Andreia Sofia Ferreira de Jesus e fui fazer um pedido de empréstimo ao estudante universitário.
    Preciso do número de contribuinte do meu pai, mas nós não nos falamos.
    Como posso saber?

    Obrigada
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Pergunte a alguém que fale com ele... Recibo da electricidade, da água, telecomunicações... Recibo de renda...

    Pena não se falarem...
    Mas está a dar o seu pai como fiador!? Para que querem o NIF do seu pai?
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Andreia Jesus
  4.  # 3

    Colocado por: Andreia JesusBoa tarde, meu nome é Andreia Sofia Ferreira de Jesus e fui fazer um pedido de empréstimo ao estudante universitário.
    Preciso do número de contribuinte do meu pai, mas nós não nos falamos.
    Como posso saber?

    Obrigada

    Você é menor?
    Para que precisa no NIF do seu pai?
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Andreia Jesus
  5. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

  6.  # 4

    Não faço ideia o porquê, eu disse á mulher que não sei do meu pai há anos!
    Eu já passo dos 30, e o meu agregado nas finanças sou só eu
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Pedro Barradas
  7.  # 5

    Colocado por: Pedro BarradasPergunte a alguém que fale com ele... Recibo da electricidade, da água, telecomunicações... Recibo de renda...

    Pena não se falarem...
    Mas está a dar o seu pai como fiador!? Para que querem o NIF do seu pai?



    Não falamos desde 2004, eu era abusada e aos 18 saí.
    Sei que reside na França desde então, porque um familiar o viu, mas também não se falam. E dele quero distância. A única coisa que não percebi é o porquê de me pedirem o contribuinte dele para o crédito Bonificado para estudante universitário onde o fiador é o estado português!
  8.  # 6

    Colocado por: Andreia JesusA única coisa que não percebi é o porquê de me pedirem o contribuinte dele para o crédito Bonificado para estudante universitário onde o fiador é o estado português!

    Exacto, não tem lógica.
    • RCF
    • 28 Novembro 2019

     # 7

    Colocado por: Andreia JesusA única coisa que não percebi é o porquê de me pedirem o contribuinte dele para o crédito Bonificado para estudante universitário onde o fiador é o estado português!

    Possivelmente, porque apenas poderá ter direito a crédito bonificado se se confirmar essa necessidade, isto é, se for confirmada a insuficiência económica dos progenitores. E para efetuarem tal averiguação, necessitam do número de contribuinte.
    Se o pai for rico, poderá não ter direito a esse empréstimo bonificado.
    No entanto, creio que, no seu caso, pode não indicar o número de contribuinte dele, alegando que não tem qualquer relação com ele. Até porque, não sei se é o caso, mas imaginemos que ele até tem muitos recursos financeiros. Corre o risco de lhe negarem o empréstimo. Também por isso, tente fazer valer a tese de que não tem relações com ele, não sabe onde vive, nem sabe o seu número de contribuinte.
    Concordam com este comentário: smart
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Andreia Jesus
  9.  # 8

    Não tem logica, se é maior, se o agregado familiar está definido e o pai não serve para fiador.. qual o motivo!?
    Concordam com este comentário: casinhaDaAvo
  10.  # 9

    hum
    por vezes os pseudo tecnicos fazem pedidos absurdos, quando determinadas situações dos agregados familiares inviabilizam a necessidade do cumprimento desse proposto, no entanto adquirimos o pedido como factor fundamental para o deferimento do requerimento.
    Ainda me lembro de muitos, estarem a mudar a morada para casa da avô só para sair do agregado familiar dos progenitores e fundamentar a insufuciência de recursos/patrimonio/rendimentos.
    Uma coisa é certa
    O entrevistador não tem de opinar mas sim receber o requerimento para que seja dada a resposta oficial de deferimento ou não
    Apresente o requerimento e no campo relacionado com o que lhe pedem, fundamente a inexistência de relação permanente há anos, não necessitando de partilhar o motivo e por isso desconhece o paradeiro/contacto do visado.
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Andreia Jesus
    • RCF
    • 28 Novembro 2019

     # 10

    Colocado por: Pedro BarradasNão tem logica,

    lógica tem. Pode é não concordar com essa relação de causa e efeito, mas que tem lógica tem...
  11.  # 11

    Talvez...
  12.  # 12

    Descobri o porquê...
    Ao que parece muitos pais fazem os filhos pedir este crédito (que só pode ser usado para a faculdade) para pagar dívidas.
    Então pedem os dados fiscais para verificar se os pais têm a situação fiscal regularizada.
    Estou lixada com isto.
    Concordam com este comentário: casinhaDaAvo, RCF
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Pedro Barradas
  13.  # 13

    Não há outra pessoa a quem possa recorrer?
    E se os seus pais fossem falecidos e fosse o sei tio que estava apertado con dívidas?

    Ou seja, no fundo... Se os seus pais fossem falecidos tinha que colocar a cruzinha no falecido?
    Concordam com este comentário: Andreia Jesus
  14.  # 14

    Colocado por: Andreia JesusEstou lixada com isto


    Olá, não tem algum documento antigo aí por casa, onde possa constar o NIF?

    Ainda que seja incomum visto terem passado 15 anos... Mas talvez tenha apontado ou alguma cópia antiga...
  15.  # 15

    Diz que nem sabe se ė vivo ou morto!
    Concordam com este comentário: Andreia Jesus
  16. Ícone informação Anunciar aqui?

    • smart
    • 29 Novembro 2019 editado

     # 16

    hum..
    se quiser mesmo saber
    vá à Autoridade Tributária que certamente lhe indicam o NIF...
    provavelmente se pedir certidão de nascimento vem lá...
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Andreia Jesus
    • RCF
    • 29 Novembro 2019

     # 17

    Colocado por: Andreia JesusDescobri o porquê...
    Ao que parece muitos pais fazem os filhos pedir este crédito (que só pode ser usado para a faculdade) para pagar dívidas.
    Então pedem os dados fiscais para verificar se os pais têm a situação fiscal regularizada.
    Estou lixada com isto.
    Concordam com este comentário:casinhaDaAvo,RCF
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Pedro Barradas

    pois, é mais ou menos como eu referi...

    Colocado por: N Miguel Oliveira
    Olá, não tem algum documento antigo aí por casa, onde possa constar o NIF?

    eu não iria por aí... e se o pai tem dívidas fiscais, que comprometam a aprovação do empréstimo? E se tiver bens ou rendimentos que, igualmente, comprometam a aprovação do empréstimo?
    Eu tentaria ir por aqui:
    Colocado por: RCFtente fazer valer a tese de que não tem relações com ele, não sabe onde vive, nem sabe o seu número de contribuinte.


    Agora não sei como é, mas sei que há uns anos atrás, quando um reformado com pensão baixa, requeria o complemento de reforma, também lhe exigiam essa informação sobre os filhos, nomeadamente, tinham de responder a um inquérito sobre a profissão e rendimento dos filhos, com o objetivo de apurarem se o apoio financeiro não poderia ser prestado pelos filhos. Conheci um caso de perto que, inicialmente, recusaram esse complemento por ausência dessa informação. Posteriormente, em novo pedido, informou que não tinha relação com os filhos e nem sabia onde moravam e essa informação acabou por prevalecer...
    Concordam com este comentário: N Miguel Oliveira, Andreia Jesus
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Pedro Barradas, N Miguel Oliveira
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">