Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa noite

    está quase a iniciar-se a construção da minha moradia em Viseu e ando às voltas com o género de aquecimento a aplicar.
    Depois de alguma prospeção, excluí o ar condicionado, pois o que tenho em casa (de boa qualidade - Daikin) raramente é utilizado visto a minha esposa dar-se mal devido ao facto de a afetar muito devido à sua sinusite e rinite alérgica.
    Lenha, peletes e afins estão fora de questão; não gosto de lareiras, de sujidade, da "logística" nem do sistema (há quem goste, eu não).

    Várias pessoas aconselharam-me Bomba de Calor (A+) para aquecimento da casa e também para AQS (Aquecimento de Águas Sanitárias).
    Porém, descartei logo o piso radiante, pois pretendo um aquecimento mais rápido e a utilização de vinil no chão não o aconselha (já para não falar da celeuma em redor de causar ou não varizes).

    Contudo, em conversa com um lojista, este informou-me que, segundo uma nova diretiva de 2013, ao optar por Bomba de Calor com ventiloconvectores, poderei prescindir da obrigatoriedade de instalação dos painéis solares, até porque em termos de consumos não haveria nenhuma vantagem em tê-los, sobretudo em períodos de ausência de casa.

    Referiu que para aquecimento com ventiloconvectores seria o ideal e não afeta quem tem sintomatologia relacionada com problemas de alergias e respiratórios, pois neste âmbito nada tem a ver com o ar condicionado que funciona com gás enquanto estes funcionam com água aquecida em tubagens cujo calor é ventilado para a habitação.
    Complementou salientando que optando por ventiloconvectores que dão ar quente, também deitam ar frio no verão e, assim, evitaria a opção por radiadores para aquecimento que obrigariam a ter de colocar também ar condicionado.

    Indicou-me que são relativamente silenciosos (27dB a 32dB) sendo que a ventilação poderia ser direcionada para o teto para não incidir diretamente sobre as pessoas.
    Poderei escolher a dimensão dos aparelhos consoante o tamanho da divisão, bastando um por divisão apenas naquelas onde é necessário (quartos, escritório, sala e WCs).
    A marca que me sugeriu e representa foi a "Baxi". Será boa ou aconselham-me outra?

    Por último, referiu que a partir de 2021 passará a ser obrigatória a ventilação mecânica com turbinas e grelhas para circulação do ar entre exterior e interior, sendo que poderia colocá-la sobre teto falso na cozinha e WCs que são os locais onde se acumula mais condensação, característica das casas bem isoladas. À minha pergunta "Se isso arrefeceria a casa", respondeu que não, devido ao género de sistema em si.

    Se me puderem esclarecer se tudo ou em parte é verdade ou não, agradecia imenso.
    Grato
  2.  # 2

    Não pensou em piso radiante em vez dos ventiloconvectores? Já experimentei os dois e gostei mais do piso radiante, e não tem nenhum equipamento pregado à parede a soprar vento e a ocupar espaço.
    Também sofro do mesmo mal que a sua mulher.

    Edit: parecia que não tinha falado do piso radiante e afinal falou..
  3.  # 3

    A ar insuflado pelo AC é assim tão diferente dos ventiloconvetores?
    • SrR
    • 15 Janeiro 2020

     # 4

    Colocado por: blade2000já para não falar da celeuma em redor de causar ou não varizes).
    isso é mito, para nao dizer treta
  4.  # 5

    Bomba de calor com ventiloconvectores não são prejudiciais como o ar condicionado para quem sofre de sinusite e renite?
    "Baxi" é uma boa marca?
    No que concerne a deitar ar frio no verão, apresenta bons resultados?
    Os aparelhos são silenciosos?
    Adicionar ventilação mecânica interior-exterior com grelhas no teto falso para evitar condensações será aconselhável?
    Este tipo de solução é cara? E é vantajosa em termos de consumos de eletricidade no futuro para uma casa com 210m2 de um só piso e para 2 pessoas?
    É possível e vantajoso solicitar a não colocação dos painéis solares?
    Se alguém com alguma experiência e informação isenta sobre o assunto puder partilhar informação, agradecia.
  5.  # 6

    Colocado por: ASSimoesA ar insuflado pelo AC é assim tão diferente dos ventiloconvetores?

    Já vi em tantas discussões as pessoas a optar pelos VC em detrimento do AC na expectativa de que o ar seja "diferente".
    É assim tão diferente?
    Alguém que já tenha tido os 2 sente a diferença?
  6.  # 7

    Do que tenho experimentado não vejo diferença.
    Como as pessoas que têm AC não os costumam ter 24h ligados, costumam ser sempre associados a correntes de ar / vento
    Concordam com este comentário: jfsmoreira
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ASSimoes
  7.  # 8

    Segue a minha sincera opinião como consumidor e que já teve instalado PRH, VC ou AC...

    O PRH é muito mais homogéneo, mais silencioso e cria um ambiente fantástico (aquecimento), mas no meu caso e friso bem NO MEU CASO tinha alguns inconvenientes ligados com a inércia (arranques lentos e sempre que haviam alterações no estado do tempo, leia-se um bonito dia de sol depois de muitos dias encobertos, o ambiente sobreaquecia)
    Em paralelo tinha uns VCs... aqueciam e arrefeciam muito rápido o ambiente, mas durante a noite passavam o tempo a fazer ON e OFF e para quem tem o sono muito leve e por muito mais que eles fossem silenciosos, sempre se ouvia alguma coisa
    Os ACs... não gostei na outra casa...nunca gostei e ainda não estive numa casa onde me sentisse bem com ACs (leia-se AC murais)

    Entretanto tive a oportunidade de em obras assistir a sistemas de VCs por condutas, onde a extracção de ar estava no ponto mais oposto do ponto de insuflação e a máquina garantia um fluxo tão baixo, tão baixo que nem se sentia qual a direção que o ar circulava, nem tão pouco se ouvia (se bem que só de noite é que um gajo tem destas paranóias)

    Até aqui achava que PRH era o TOP, mas depois de ver algumas VCs começo a ter as minhas dúvidas... Mas numa coisa o PRH bate o VC... temperatura homogénea em TODA a habitação (Wcs, corredores, etc)

    Agora entre VCs e ACs... a minha experiência (pouca ou não) leva-me a dar preferência aos VCs (apesar de normalmente com ACs ficar muito mais barato)
    Concordam com este comentário: Squirrel
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Squirrel, ASSimoes
  8.  # 9

    OK, comparando AC por condutas com VC por condutas. As máquinas no mesmo sitio, com a insuflação e a extração distantes e no mesmo sitio, as mesmas condutas, tudo igualzinho.
    Será assim tão diferente? Não será mais um mito? Estamos em ambas as situações a falar de ar insuflado aquecido/arrefecimento... Difere apenas a forma.
  9.  # 10

    A seguir