Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa noite. Fui verificar a minha carreira contributiva no site da segurança social. Qual não é o meu espanto que os meus 2 últimos anos achava eu que estava a receber menos valor na féria e afinal na segurança social tenho lá como descontei os últimos dois anos com um correspondente ao dobro por mês do que eu recebi. Já aconteceu a alguém? Porque será que o patrão meteu como se eu ganhasse o dobro e o salario era menos de metade do que está correspondente no site?
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    e os restantes anos estão correctos ?! Se tudo estiver bem , pode ser falha do sistema , não creio que a entidade patronal andasse a pagar segurança social extra aos funcionários. De qualquer forma è melhor ter a mais do que em falta lol
  4.  # 3

    Os restantes anos estão bem, a minha questão é que por acaso neste tempo que supostamente me pagou em dobrou recebo menos do que o habitual
  5. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

  6.  # 4

    Hum, mas recebeu menos porque ?! Nos recibos vem descrito o total que paga para irs e segurança social , salário base etc , logo é relativamente fácil perceber porque recebeu menos , compare com o recibo onde supostamente recebia mais .
  7.  # 5

    Os recibos não tem nada a ver com o que está lá, por acaso na altura questionei porque cada vez recebia menos e o patrão disse que eu tinha subido de escalão e descontava mais, mesmo assim nada tem a aver.
  8.  # 6

    Descontar mais para receber menos só se a tabela de irs tivesse sido mexida e tivesse penalizado o seu escalão, o que acho muito improvável (diria até que deveria estar efetivamente a ganhar mais ou o mesmo, mesmo não sabendo o seu rendimento)
  9.  # 7

    Colocado por: Ana_Dadoe os restantes anos estão correctos ?! Se tudo estiver bem , pode ser falha do sistema , não creio que a entidade patronal andasse a pagar segurança social extra aos funcionários. De qualquer forma è melhor ter a mais do que em falta lol


    muitas empresas limitam-se a pagar o que o contabilista lhe diz, o erro pode estar no contabilista.

    mas não é uma situação normal. existe casos, como no desemprego, que para efeito de calculos de reforma é contabilizado o ordenado que recebia antes de estar desempregago, por isso é possivel estar a receber 500€ de subsidio de desemprego e aparecer na segurança social um ordenado de 700€, mas não é o caso.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">