Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boas pessoal!

    Estamos a atravessar uma fase muito complicada, antes de mais espero que todos nós consigamos ultrapassar isto.

    Eu e o meu marido estamos a aguardar marcação do CPCV e avaliação do imóvel, estamos com muito receio dadas as circunstâncias do que se está a passar. Alguém nesta situação para trocar impressões sobre o estado de evolução deste processo?

    Obrigada desde já.
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Estou numa situação semelhante mas um pouco já avançada porque já assinei o CPCV para compra de uma casa e outro para venda da minha.

    Em breve vou falar com a imobiliária mas parece-me que há justificação suficiente para adiar o processo.
    • RCF
    • 17 Março 2020

     # 3

    Colocado por: Azulnauta
    Em breve vou falar com a imobiliária mas parece-me que há justificação suficiente para adiar o processo.

    Receio que estas situações estejam dependentes do bom senso de ambas as partes. O pior é que, há muito boa gente que não tem bom senso... receio que possa haver quem se aproveite e fique com o dinheiro do sinal e não aceite o adiamento do prazo para escritura. Era bom que estas situações pudessem ficar legalmente previstas, isto é, que em Lei pudesse ficar prevista a suspensão de todos os prazos contratuais.
    Concordam com este comentário: desofiapedro, two-rok

  4.  # 4

    A partir de agora os contratos CPCV vão passar a incluir novas alíneas em caso de:
    Pandemia, Cataclismos e Terramotos...
  5.  # 5

    Esta é uma das menções que queremos incluir no CPCV para garantir que não percamos o sinal!
  6.  # 6

    Colocado por: PalhavaA partir de agora os contratos CPCV vão passar a incluir novas alíneas em caso de:
    Pandemia, Cataclismos e Terramotos...


    Esta é uma das menções que queremos incluir no CPCV para garantir que não percamos o sinal!
  7.  # 7

    Pelo que li, por esta altura não se fazem escrituras.
  8.  # 8

    Colocado por: Nasa1989Pelo que li, por esta altura não se fazem escrituras.
    Lá está, a culpa vais ser imputada aos proprietários quando está tudo fechado?
    • SMBS
    • 17 Março 2020

     # 9

    Colocado por: Nasa1989Pelo que li, por esta altura não se fazem escrituras.


    Fazem sim. Ainda hoje participei numa.
  9.  # 10

    Colocado por: AzulnautaLá está, a culpa vais ser imputada aos proprietários quando está tudo fechado?


    Como assim? Não ha culpas aqui... ninguém tem culpa, simplesmente acho importante deixar escrito que pela situação que estamos a passar não se perca o sinal se o negócio não se concretizar por razões alheias á nossa vontade em menos dos 3 meses.
    Concordam com este comentário: two-rok
  10.  # 11

    Colocado por: SMBS

    Fazem sim. Ainda hoje participei numa.


    Boa, importante saber! Mas possivelmente devem adiar marcações de novas escrituras para já. Deve estagnar, ou então arranjar outra forma de contornar a situação.
  11.  # 12

    Colocado por: SMBS

    Fazem sim. Ainda hoje participei numa.

    Notário ou casa pronta?
  12.  # 13

    Colocado por: SMBS

    Fazem sim. Ainda hoje participei numa.


    Porque o Governo ainda não decretou Estado de Emergência.
    Concordam com este comentário: two-rok
    • SMBS
    • 17 Março 2020

     # 14

    Colocado por: Picareta
    Notário ou casa pronta?


    Notário
    • RCF
    • 17 Março 2020

     # 15

    Colocado por: Nasa1989

    Porque o Governo ainda não decretou Estado de Emergência.

    Esperar para ver. Mas, o estado de emergência pode não ser impeditivo de se fazerem escrituras.
  13. Ícone informação Anunciar aqui?

  14.  # 16

    Colocado por: RCF
    Esperar para ver. Mas, o estado de emergência pode não ser impeditivo de se fazerem escrituras.
    Daqui a nada não é impeditivo de nada. Em estado de emergência só podemos circular em casos de extrema necessidade!
    • RCF
    • 17 Março 2020

     # 17

    Colocado por: AzulnautaDaqui a nada não é impeditivo de nada. Em estado de emergência só podemos circular em casos de extrema necessidade!

    Esse é um dos medos infundados que andam por aí, a causar pânico.
    Claro que tudo depende do que, para si, é extrema necessidade. As medidas a aplicar em caso de estado necessidade, só as saberemos quando foram anunciadas. Mas, não serão muito diferentes das já aplicadas em Espanha e Itália, que já estão em estado de necessidade. Nesses países, a principal diferença comparativamente com Portugal, é que as pessoas não podem sair à rua para passear. Podem, obviamente, deslocar-se para ir às compras, especialmente de bens de primeira necessidade, bem como resolver assuntos prementes e, ainda deslocar-se para o trabalho.
  15.  # 18

    Colocado por: Nasa1989Pelo que li, por esta altura não se fazem escrituras.


    O notários que estão abertos, dentro do possível desmarcaram as escrituras e não aceitam novas marcações.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: zericpxt
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">