Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Bom dia a todos
    Vou pintar a casa por fora e gostaria de ajuda sobre o esquema de pintura.

    A área são cerca de 300m2 a cerca de 2km do mar (vento e humidade com fartura :-) )

    A casa tem 30 anos, identifico pelo menos duas camadas de tinta areada.

    Encontra se com bastantes fissuras de espessura 'cabelo'

    A ideia era meter etics mas como não há euros que cheguem vai ter que ser pintada

    O esquema aconselhado pelo pintor após lavagem e reparação das fissuras maiores é

    1 demão de primário, 1 demão tinta de areia mais barata que encontrar e 2 demão de tinta acrílica.

    Gostaria de saber se concordam com o esquema (outro pintor já me disse que bastava 1demao primário e outra de tinta de areia)

    Caso use marcas diferentes de produtos perco a garantia?

    De momento estou inclinado para dyrup dacrylforce, primário aquoso dyrup e tinta de areia do Leroy

    Obrigado a todos que me puderem ajudar desde ja
  2.  # 2

    Contacte os fabricantes para um melhor aconselhamento.
    As garantias valem o que vale mas se misturar marcas ou o pintor / empresa não for reconhecido lá se vai a garantia.

    A parte mais importante na pintura é a qualidade do profissional.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Pafmdsilva
  3.  # 3

    Nielsky obrigado pelo comentário.

    Não tenho dúvidas da qualidade do trabalho do pintor porque conheço vários trabalhos dele mas com certeza que que também terá bastante importância o material a aplicar, um bom pintor tanto a aplica tinta reles como tinta top, o cliente é que sabe se quer que dure 5anos ou 10 (exemplo)

    Obviamente que os fabricantes vão dizer para meter tudo deles

    Não sei se é profissional do ramo, mas garantias as parte, concorda que o esquema?
  4.  # 4

    Colocado por: PafmdsilvaNão sei se é profissional do ramo, mas garantias as parte, concorda que o esquema?

    Não sou profissional. E pretendo pintar a minha casa.

    De uma forma genérica é sempre a mesma coisa:
    1. lavar.
    2. reparar fissuras e buracos.
    3. selante / primario.
    4. tinta.

    O que vai alterar é:
    o estado do suporte (muros, fachadas, paredes)
    localização (zonas humidas, proximidade do mar)

    E o mais importante é a combinação do primário com a tinta. O primário tem de ser o adequado ao tipo de tinta.

    Só como exemplo:
    Ha cerca de 10 anos mandei pintar uma fachada de um predio onde era o administrador.
    A aplicação após a lavagem e reparação das fissuras foi, tinta de areia muito rala para criar aderencia e depois 2 demão de membrana elástica (era moda).
    Até hoje está optimo e sem problemas, mas vi muitos predios em que não correu nada bem.
 
0.0093 seg. NEW