Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa tarde,
    Tenho visto muitos tópicos aqui para ver se me oriento, mas como não vi tópicos iguais peço ajuda.
    A minha vizinha de baixo alugou o imóvel a uma sra de 45 anos não tem filhos e que trabalha por turnos, saindo de casa às 7h30 e quando faz turnos chega pelas 22h30.
    O que aconteceu é que desde que se mudou está vizinha os barulhos tem sido horríveis.
    Vivo sozinha com dois filhos uma adolescente um.vpm filho 6 anos que adormece mais cedo.
    Não os deixo fazer barulho, não os deixo falar alto nem durante o dia nem ao fim de semana. Tenso um cuidado acima da média para não abrir as persianas mesmo ao fim de semana antes das 9h30.
    Ela abre as persianas as 7 da manhã de tal maneira que parecem que vão se partir todas, chamei atenção pois houve um dia que o meu filho até acordou sobressaltado.
    Mas a conversa não caiu bem mas ela melhorou, já lhe disse várias vezes que o prédio não tem isolamento acústico nenhum pelo que temos de fazer esforços.
    Agora há mais de duas semanas que fala sempre ao telefone depois das 22h30, mas de tal forma que toda a conversa é perfeitamente audível no quarto da minha filha, já tivemos que esperar 1h30 para adormecer, pois era quando se calava.
    Deixe lhe. Bilhete pois já estava demasiado enervada para falar com ela, inclusive a minha filha tem um problema de saúde tem de dormir x horas.
    Hoje falei com ela pq depois de deixar o bilhete continua a falar ao telefone depois das 23h, foi super mal educada, diz que se paga a renda fax o que entender mas não é assim, os meus filhos não podem descansar assim e no outro dia temos de nos levantar Cedo. Eu avisei que se ela continuasse chamava as autoridades.
    O que posso fazer mais?
    Muito obrigada
    Concordam com este comentário: Kduvidas
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

    • AMVP
    • 14 Junho 2020

     # 2

    Eu diria que nada.
    Diria que a Senhora terá direito a subir a descer estores de acordo com a sua vida. Tb terá direito a conversar ao telefone. Isto digo eu.
    Agora a senhora não tem culpa do comportamento acústico do prédio.
    • size
    • 15 Junho 2020 editado

     # 3

    Colocado por: Armandap
    O que posso fazer mais?
    Muito obrigada


    Será muito difícil lutar contra a falta de civismo dessa sua vizinha.
    As persianas podem ser movimentadas de forma lenta e quando, supostamente, conversa ao telefone, escusava de o fazer em alta voz.

    Dê liberdade aos seus filhos, deixando-os brincar de forma descontraída...

    • flea
    • 15 Junho 2020

     # 4

    Se eu tivesse vizinhos ao lado diria que você era minha vizinha e que tínhamos a mesma vizinha no piso de cima. Esta devia andar aborrecida durante a quarentena e a querer partilhar os gostos musicais comigo, mau gosto ainda por cima,e conversas telefónicas a alto e bom som a partir das 23h. E o Timing é sempre as horas de sono da minha bebé, seja à tarde ou à noite. Uma vez foi lá o marido a bem, baixou o som. Duas semanas depois, e após já muito ter tolerado, fui lá eu e falei a rosnar. Melhorou mas porque voltou a trabalhar. Numa próxima será um palito na campainha às 5h que até anda de lado. Estou ansiosa pela próxima reunião de condomínio.
    Não se fique e chame as autoridades. As vezes que forem necessárias.
  3.  # 5

    Colocado por: AMVPEu diria que nada.
    Diria que a Senhora terá direito a subir a descer estores de acordo com a sua vida. Tb terá direito a conversar ao telefone. Isto digo eu.
    Agora a senhora não tem culpa do comportamento acústico do prédio.


    Não são este tipo de atitudes que cria boa vizinhança!
    Se fossemos todos um pouco mais comedidos com os nossos atos, com toda a certeza que não existiriam tantos problemas destes!
    A maneira como se sobe os estores faz toda a diferença! Ás 7h da manhã muita gente ainda está a dormir, logo, se forem manuseados com mais delicadeza, não faz mal a ninguém, pelo contrário, até ajuda a preservar os próprios estores!
    Falar ao telemóvel a altas horas da noite e alto, vai-me desculpar mas é falta de civismo e educação. Se acha normal, então estamos muito mal!
    Não podemos generalizar os atos: - Subir estores de forma violenta não é cívico, muito menos às 7h da manhã!
    - Falar ao telemóvel alto, durante a noite, também não é cívico, é mesmo falta de noção e
    respeito pelo próximo!

    Viver em apartamentos é viver em comunidade! Estamos em nossa casa, sim, mas se escolhemos viver em apartamentos temos de pensar que os nossos atos afetam outras pessoas demasiado próximas.

    Haja respeito!

    Nem tudo é tão linear como faz parecer!
    Concordam com este comentário: size, VMV
    • VMV
    • 17 Junho 2020

     # 6

    Cara Armandap,

    pela descrição que faz o prédio onde habita deixa muito a desejar na qualidade de construção... Ou a sua vizinha é uma cretina do pior que acha que pagar a renda dá direito a fazer tudo. Por muito que lhe custe, e de forma civilizada procure falar com ela sobre a forma como abre e fecha os estores e sobre o facto de não ter qualquer interesse em ouvir as conversas que ela tem ao telefone. Se não resultar pode sempre alertar o senhorio do incómodo que a nova inquilina provoca. Procure saber se os outros vizinhos também tem queixas e consiga aliados para que em conjunto expliquem à nova vizinha que viver em sociedade implica respeitar o próximo. Todas as outras sugestões que lhe poderia dar implicam custos que certamente não quer ter, além de que seriam intervenções numa casa que não é a sua.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">