Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa Noite
    Gostaria de colocar uma questão que se passa comigo,estou numa casa arrendada vai fazer 4 meses agora em 3 de Julho e o senhorio informou-me que iria necessitar da casa.Quando na ocasião do referido arrendamento esclareci que necessitava da casa por 1 ano e seguintes.O que posso fazer para fazer prevalecer o contrato verbal?Tenho tudo paga a tempo e horas.
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

    • size
    • 25 Junho 2020

     # 2

    Exija do senhorio a formalização do contrato escrito, coisa que deveria ter feito antes de entrar para a casa.
    Desde que prove que a falta do contrato escrito não é por sua culpa e que tenha comprovativos do pagamento das respectivas rendas por um período de seis meses, o arredamento tora-se válido. Ou seja, o contrato deixa de ser considerado nulo.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: JOSÉ DAMAS
  3.  # 3

    De certeza que foi combinado o arrendamento sem qualquer compromisso escrito, para o bem financeiro de ambas as partes.
    Acho que é uma questão de bom senso.
    Pede mais um meses e o melhor é procurar outra solução, afinal aceitou as condições.
    Agora, que não queira sair, porque possivelmente está a pagar um valor muito mais baixo do praticado neste momento, e queira manter, isso já é outra conversa.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: JOSÉ DAMAS

  4.  # 4

    Colocado por: JOSÉ DAMASBoa Noite
    Gostaria de colocar uma questão que se passa comigo,estou numa casa arrendada vai fazer 4 meses agora em 3 de Julho e o senhorio informou-me que iria necessitar da casa.Quando na ocasião do referido arrendamento esclareci que necessitava da casa por 1 ano e seguintes.O que posso fazer para fazer prevalecer o contrato verbal?Tenho tudo paga a tempo e horas.



    Bom dia
    Por acaso e para informar, o interesse de não haver contrato verbal foi apenas do interesse do senhorio,e não direi que realmente o preço é bastante satisfatório mas foi o preço solicitado pelo senhorio e não um preço regateado por mim
  5.  # 5

    Deveria ter exigido contrato escrito.
    Assim ficam à mercê das vontades de um ou de outro.

    O melhor que tem a fazer, é procurar outra habitação.
  6.  # 6

    O senhorio deve achar agora, que o preço já não é satisfatório para ele.
  7.  # 7

    Fique na casa e entale o senhorio.
    Ameace que se ele o continuar a chatear, que vai fazer queixa dele às Finanças.

    Senhorios piratas é o que merecem.
    Concordam com este comentário: A. Madeira
  8.  # 8

    Colocado por: medicineengFique na casa e entale o senhorio.
    Ameace que se ele o continuar a chatear, que vai fazer queixa dele às Finanças.

    Senhorios piratas é o que merecem.


    Se não tem contrato, provavelmente as contas estarão em nome do senhorio, não há-de ser preciso muito para um inquilino sem água e luz sair de casa.
  9.  # 9

    Colocado por: Nasa1989

    Se não tem contrato, provavelmente as contas estarão em nome do senhorio, não há-de ser preciso muito para um inquilino sem água e luz sair de casa.


    Depois de a partir toda...
  10.  # 10

    Destruição de propriedade alheia.
  11.  # 11

    Palavras voam ao vento como se diz ao ditado.

    O contrato verbal tem validade no direito, entretanto carece de testemunhas para afirmar o que foi dito. Salvo engano duas são suficientes.

    Entretanto a lei não vai lhe socorrer se não houver recolhimento dos recibos e impostos as Finanças.

    Em último caso tem direito a um aviso prévio de 30 dias se o contrato for inferior a seis meses, no seu caso.

    Lei n.º 31/2012 de 14 de agosto tem todas as informações.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">