Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boas,

    Um perfil ipn 120 é suficiente para reforço de vigas de madeira maduras? Falo em reforço, não substituição. Irão ficar paralelas as de madeira. A ideia será levar 4 ou 5. O vão é de 5m.

    Qual o peso +- que estes perfis aguentam? Falaram-me em ipn100, mas parece-me pouco, pelo que estou a pensar colocar 120.

    Recomendam alguém da zona norte para este tipo de servicos?
  2.  # 2

    Contrate um eng. Civil. Faça as coisas com cabeça.
    • Squirl
    • 15 Novembro 2020 editado

     # 3

    A questão não era essa. A questão seria, qual o peso aproximado que uma ipn 120 aguenta.

    A cabeça está no sítio. Obrigado.

    Engenheiros e arquitectos já foram contactados. Cada um diz coisas díspares. Nada a ver umas com a outras. E a obra não vai ser feita por mim. Seja trolha ou engenheiro espero que saiba o que está a fazer.

    E estou a falar de um reforço, não estou a falar de uma alteração. Acha que para isso é preciso um engenheiro? Então se não lhe fizesse nada precisaria do que?
  3.  # 4

    Reforço de estrutura. Tem de ser aferido por um engenheiro de estruturas, se não entende isso.
    Faça como achar melhor. O risco é seu.
    Concordam com este comentário: fredcunha
  4.  # 5

    O cálculo de um perfil não é feito por catálogo, ninguém lhe pode dizer quanto "peso" aguenta e quem lhe disser só o está a enganar ou não percebe do assunto.

    O perfil tem esforços de flexão, compressão, corte, pode estar travado no banzo, alma, estar sujeita a encurvadura, envurvadura lateral, pode ter ligações rígidas, semi-rigidas, flexíveis, ter necessidades de resistência ao fogo, etc, etc, etc...

    Os engenheiros civis passam pelo menos 5 anos na faculdade por um bom motivo, e os bons engenheiros estudam toda a vida para serem profissionais competentes.
  5.  # 6

    Colocado por: fredcunhaO cálculo de um perfil não é feito por catálogo, ninguém lhe pode dizer quanto "peso" aguenta e quem lhe disser só o está a enganar ou não percebe do assunto.

    O perfil tem esforços de flexão, compressão, corte, pode estar travado no banzo, alma, estar sujeita a encurvadura, envurvadura lateral, pode ter ligações rígidas, semi-rigidas, flexíveis, ter necessidades de resistência ao fogo, etc, etc, etc...

    Os engenheiros civis passam pelo menos 5 anos na faculdade por um bom motivo, e os bons engenheiros estudam toda a vida para serem profissionais competentes.


    Sem dúvida, concordo plenamente. Depois há de tudo, os bons e os maus.

    Compreendo as questões que colocam, porém, estou apenas a tentar obter informações para tentar ter uma compreensão a nível de preço.

    Estou a falar de uma área de apenas 30m2, 6 por 5, que tem 12 vigas de madeira horizontais a suportar. Estava a pensar, como me disseram (construtor civil), colocar 4 ou 5 perfis intermédios paralelas às de madeira para uma maior resistência (repare-se, maior, porque as de madeira que lá estão não vão cair, mesmo sem o reforço), e 1 longitudinal por baixo das de madeira no sentido contrário. A pegar "por baixo".

    O construtor disse-me que ipn 100 seria suficiente para a carga que tem lá e para a área em questao. Eu achei pouco, mas não percebo do assunto. Daí as minhas questoes. Já a pensar passar para ipn120 e 140 para maior resistência.

    Já tive lá 2 engenheiros civis, um na altura queria trocar tudo de madeira por ipn200 reduzindo para 10 perfis, o outro disse que se não quisesse retirar a madeira para colocar um perfil no sentido contrário das vigas que daria um reforço superior a 50%.

    Obrigado pelos comentários.
  6.  # 7

    Colocado por: Pedro BarradasReforço de estrutura. Tem de ser aferido por um engenheiro de estruturas, se não entende isso.
    Faça como achar melhor. O risco é seu.
    Concordam com este comentário:fredcunha


    O Sr. É eng de estruturas? Zona norte? Se for importa-se de me mandar os seus honorários para este tipo de trabalhos por mensagem privada? Obrigado. Cumprimentos
  7.  # 8

    Colocado por: SquirlO Sr. É eng de estruturas? Zona norte? Se for importa-se de me mandar os seus honorários para este tipo de trabalhos por mensagem privada? Obrigado. Cumprimentos

    Não sou, sou arquiteto, por isso mesmo é que é meu dever alertá-lo para o problema... E já agora, quem lhe disse que o reforço estrutural adequado ao caso, é esse conceito que descreve.. é que há muitas mais maneiras de o fazer. Quiçá mais económicas e com menor intervenção...
  8.  # 9

    Colocado por: Squirlo outro disse que se não quisesse retirar a madeira para colocar um perfil no sentido contrário das vigas que daria um reforço superior a 50%.

    Essa é a solução, mas simples, habitual e economica, isto se for viável técncicametne. obviamente que esse perfil terá igualmente de ser calculado.

    Porque razão não contacta esse eng para o calculo e concepção desse reforço. se o homem deu essa solução é poque a coisa é exequível.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Squirl
  9.  # 10

    Colocado por: Pedro Barradas
    Essa é a solução, mas simples, habitual e economica, isto se for viável técncicametne. obviamente que esse perfil terá igualmente de ser calculado.

    Porque razão não contacta esse eng para o calculo e concepção desse reforço. se o homem deu essa solução é poque a coisa é exequível.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Squirl


    Na cave já tem lá um perfil I com 10mm numa ponta, em todo o comprimento, na vertical em relação as outras, para aí há 25 anos ou mais. Não apresenta deformações ou danos. Está em cima de 3 pilares em T. Do tempo do meu avo. Este último construtor que foi lá ao sítio da obra disse para eu comprar iguais aquele, que servia perfeitamente. E deu a sugestão de colocar 4/5 desses perfis paralelos às outras e 2 verticais mais grossos. Um no meio e outro na outra ponta ( visto já ter um na ponta). Isto porque, segundo ele, depois de colocar as verticais, se quiser trocar alguma das outras, horizontais, teria que retirar as verticais e teria que gastar dinheiro 2 vezes. Assim reforça-se já e não teria que me preocupar durante uns anos valentes.

    Esse engenheiro disse-me que só tinha disponibilidade para iniciar a obra em fevereiro/março, mesmo sendo uma coisa que provavelmente só demoraria 2 ou 3 dias (vão ser criados pilares para receber a viga, para não encastrar na parede e dividir melhor o peso, para ser menos invasivo). Devido ao tempo de demora fui para outros lados.. preciso daquilo pronto até ao fim do ano. Vai ser para zona não habitada, quase não utilizada, com cargas insignificantes no piso (para além das paredes interiores que se mantém, como é óbvio.)

    Obrigado pela ajuda e pelos feedbacks.
  10.  # 11

    o eng. calcula o que é necessário = projecto, depois manda fazer/ pede orçamentos do que estiver especificado no projecto a uma empresa de construção.
    Está a misturar assuntos...
  11.  # 12

    Colocado por: Pedro Barradaso eng. calcula o que é necessário = projecto,depois manda fazer/ pede orçamentos do que estiver especificado no projecto a uma empresa de construção.
    Está a misturar assuntos...


    É provável. É porque a empresa com que aquele trabalha em específico só pode nessa data. O que eu entendi na altura é que ele era o dono da empresa, mas não vou ateimar.. de qualquer das formas já estou mais esclarecido. Amanhã vou ver se arranjo que me vá ver isso. Obrigado.