Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa noite, se eu vender um imóvel por 115k (adquiri por 77,5k) pagar o restante CH 37,5k e comprar um imóvel por 100k sendo que iria fazer outro CH por 40k irei pagar mais valias? Sendo que 115 - 37,5 = 77,5. Sendo o imóvel 100k eu iria precisar apenas de 22,5k do banco. Mas vou pedir 40k para ter algum capital liquido. Irei pagar mais valias? Teoricamente estou a investir o dinheiro do banco, mas a minha dúvida é o estado faz diferença para o calculo das mais valias entre ser o meu dinheiro ou o dinheiro do banco? Obrigado
  2.  # 2

    Para não pagar imposto sobre mais valias tem que reinvestir em habitação própria permanente 77,5k sem recurso a crédito.
    Concordam com este comentário: NTORION, Nelhas
  3.  # 3

    A casa inicial e a final são HPP?
  4.  # 4

    sim, são HPP. Mas como posso comprar a casa de 100k sem recorrer a crédito? Daí a minha dúvida
  5.  # 5

    Pagará mais valias na proporção que não usar na nova compra.
  6.  # 6

    Se não quiser pagar imposto sobre mais valias tem pagar a casa pelo menos com 77,5k de capitais próprios. Para o valor restante pode pedir crédito.
    Se reinvestir menos que os 77,5k paga imposto proporcional ao valor não reinvestido. O valor pago com crédito não conta como reinvestimento.
    Concordam com este comentário: Nelhas
  7.  # 7

    A minha dúvida é mesmo essa. Tenho os 77,5k na conta. Peço 40k. Fico com 117,5k na conta. Uso 100 na compra da casa. Fico com 17,5k de excedente na conta. Como é que o estado faz a distinção se usei capitais próprios ou algum do empréstimo? Tinha de pedir apenas 22,5k ao banco usar os 100 = 77,5 + 22,5 e ficar com 0 euros na conta?
  8.  # 8

    Com os dados que forneceu, se não quiser pagar impostos sobre mais valias só pode pedir crédito à habitação no valor de 22,5K.
    No cálculo da mais valia pode abater algumas despesas como o IMT pago na aquisição, IS, certificado energético, comissões pagas a imobiliárias ou despesas efetuadas na valorização do imóvel nos últimos 12 meses. Se tiver alguma destas despesas devidamente documentada dá-lhe uma pequena margem para recorrer a mais que os 22,5k de CH.
  9.  # 9

    então se eu pedir um empréstimo acima de 22,5k neste caso, tudo o que for acima é considerado mais valias?
  10.  # 10

    Colocado por: Couserentão se eu pedir um empréstimo acima de 22,5k neste caso, tudo o que for acima é considerado mais valias?


    Tem de fazer o valor proporcional, da parte q n é considerado como reinvestimento, calcula as mais valias, e aplica a percentagem do valor n reinvestido as mais valias.
    Concordam com este comentário: ricardomendes
  11.  # 11

    e se eu pedir 32,5k e os 10k extra do empréstimo for para obras e custos de crédito/escritura? é considerado mais valia 50% desses 10k?
  12.  # 12

    Esses 10k não vão ser considerados reinvestimento. É considerado reinvestimento a aquisição de imóvel ou ampliação de outro imóvel ou melhoramento de outro imóvel ou compra de terreno e posterior construção. Não pode acumular a compra de imóvel com obras de melhoramento. Pode optar por uma delas. Pagamento de impostos ou custos de crédito não são considerados reinvestimento.
  13.  # 13

    O fisco para as contas utiliza o valor de 77,5 mil euros que foi o valor que sobrou da venda da casa inicial.
    Se só vai ser usado desse dinheiro 67,5 mil euros, então esses 10mil vão ser taxados em metade: 5mil euros que são somados a outros ganhos do ano da venda do imóvel que entram para o IRS.
    • Couser
    • 17 Novembro 2020 editado

     # 14

    Mas como é que o fisco sabe qual se eu uso o dinheiro do empréstimo ou da venda? Eu posso usar o dinheiro da venda e ficar com o do empréstimo. Do género: Compro uma casa por 50k, vendo por 100k. Compro outra por 100k mas 100% financiada pelo banco e fico com os 100k da venda na conta á ordem e com um crédito de 100k. Ambas HPP. Existem mais valias aqui? Segundo a vossa conversa existem correcto? Mais valias de 50/2= 25k. Para não haverem mais valias teria de comprar a casa sem recurso a crédito neste caso hipotético?
  14.  # 15

    Não é assim Palhavã, já lhe expliquei isso por diversas vezes noutros tópicos:
    Se apenas reinveste os 67,5,tem de achar o racio do que não reinveste, cerca de 13%, 10/77,5.

    Apura as mais valias, multiplica por 13%, depois, multiplica por 50%. E o resultado é o valor do rendimento a tributar, conjuntamente com os outros rendimentos q tenha.
    Concordam com este comentário: ricardomendes
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Palhava
  15.  # 16

    Nesse caso hipotético tem 25k de rendimento sujeito a tributação.
    Não sei como o fisco sabe se recorreu a CH. Mas ou a informação é enviada automaticamente pelo banco ou o fisco pede a informação em caso de inspeção.
  16.  # 17

    Colocado por: ricardomendesNesse caso hipotético tem 25k de rendimento sujeito a tributação.
    Não sei como o fisco sabe se recorreu a CH. Mas ou a informação é enviada automaticamente pelo banco ou o fisco pede a informação em caso de inspeção.


    O banco comunica, nem sei em q modelo, mas comunica. Tb n sei se apenas o CH ou todos os créditos.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Palhava