Iniciar sessão ou registar-se
    • MF22
    • 28 fevereiro 2021

     # 21

    Obrigado pela informação.

    1) O vão maior (~15m) está orientado a sudoeste. Qual o tipo de vidros que aconselham para optimizar o verão e o inverno?

    2) Devo preocupar-me mais com aspectos relativos ao verão ou inverno?

    3)Deve ser muito difícil colocar neste vão estores ou brisas solares. Acham que a casa irá aquecer muito no verão com uns bons vidros, mas de preferência que não escureçam muito a casa (se é que existe esse tipo de vidros)?

    4) Será que um blackout interior resolve o problema do calor se conciliado com uns bons vidros? Ou mesmo assim terei problemas no verão?

    5) Conhecem algumas portas de correr que tenham boas prestações mas que no seu interior tenham brisa solar ou similar?
  1.  # 22

    1,2. O eng da térmica explica. Isto se o seu arquitecto não souber....

    3. Isso é para resolver com o arquitecto.

    4. Normalmente é má solução.

    5. Não.
    Concordam com este comentário: Iko
    • MF22
    • 28 fevereiro 2021 editado

     # 23

    Olá Pedro,

    Obrigado pelos comentários/ajuda.
    Eu sei que algumas coisas devem e vão ser discutidas com o arquitecto e Eng. Contudo eu gosto de estar devidamente informado e preparado antes de discutir as coisas de modo a poder formar a minha própria opinião e poder depois em conjunto com eles tomar a melhor decisão. Face ao que tenho lido nomeadamente aqui no fórum parece-me que existem diversas opções e nem sempre existem consensos. É por isso que tenho interesse particular em ouvir a sua opinião assim como a de outros users. Penso que é esta pluralidade de opiniões que permite esmiuçar melhor as diferentes opções e determinar aquela que possa ser mais adequada para a minha moradia. Se fosse possível pedia-lhe assim a sua opinião relativamente aos pontos 1 e 2.

    Já agora porque diz que a opção 4 geralmente é má opção? Não funciona devidamente ou por outras razões?

    Pelo que estive a ver as opções para o vão penso que irá recair em portas de correr e/ou de harmónio. Mas começo a estar mais inclinado para as de correr pois desconfio da fiabilidade das de harmónio. O meu raciocínio é o seguinte as portas em harmónio quando abertas ficam apenas suspensas em 2 pontos (1 em cima e outra em baixo) e não sendo Eng nem arquitecto (nem algo parecido ou relacionado) o meu trabalho leva-me a perceber um pouco sobre os efeitos de cargas. E parece-me que uma carga elevado (que as janelas podem ter)colocada em apenas 2 pontos tenderá a forçar demasiado o sistema podendo vir a dar problemas a médio-longo prazo. Por outro lado as portas de correr ficam sempre apoiadas em pelo menos 4 pontos (pelo menos é isso que interpreto dois em baixo e 2 em cima) quando abertas forçando menos o sistema. Alguém me sabe dar alguma informação concreta sobre se as minhas preocupações fazem sentido em particular a médio longo prazo?
    Concordam com este comentário: hangas
  2.  # 24

    Blackout tem função de blackout :)

    Já agora: Você está a ponderar soluções extremsmente caras.
    Eu pessoalmente fiz um excel com todas as empreitadas e estimativas da mesma com base no que pesquisei de preços médios de mercado e vou tentando cumprir por forma a estar sempre dentro de orçamento.

    Já fez isso? Sabe quanto quer gastar? Faça uma estimativa das empreitadas que são mandatórias e depois os caprichos :)

    PS: Se tem muito dinheiro, não se preocupe com isso e perca tempo em encontrar um bom gabinete (coisa dificil)
    Concordam com este comentário: RUIOLI
    • RUIOLI
    • 28 fevereiro 2021 editado

     # 25

    Colocado por: MacGyveru pessoalmente fiz um excel com todas as empreitadas e estimativas da mesma com base no que pesquisei de preços médios de mercado e vou tentando cumprir por forma a estar sempre dentro de orçamento.

    Já fez isso? Sabe quanto quer gastar? Faça uma estimativa das empreitadas que são mandatórias e depois os caprichos :)


    Também fiz isso, não é que se acerte no valor de todas as rubricas, mas é um guia...depois o objetivo é tentar melhorar a qualidade e baixar o Custo, se possível.
    Concordam com este comentário: MacGyver
  3.  # 26

    Colocado por: RUIOLITambém fiz isso, não é que se acerte no valor de todas as rubricas, mas é um guia...depois o objetivo é tentar melhorar a qualidade e baixar o susto, se possível


    Nice. Umas a mais e outras a menos e vai mantendo a média.
    • MF22
    • 28 fevereiro 2021

     # 27

    Ola e obrigado.
    Não ainda não fiz isso. Mas terei de fazer, já agora era possível fornecer o template das rubricas a controlar pois facilitava o trabalho. Nesta fase estava a tentar entender as opções existentes e a sua relação custo beneficio. Mas tenho de rapidamente de começar a controlar esses pormenores a minha vida infelizmente não me deixa muito tempo livre para me dedicar a isto como gostaria. Mas não queria ter surpresas desagraveis neste processo.
  4.  # 28

    Pelas opções todas que está descrever, presumo que seja obra para cima de 500k. Correcto?
    • MF22
    • 28 fevereiro 2021

     # 29

    Nao orcamento entre 320 e 390
  5.  # 30

    Mostre lá os dados do projecto, tipologia, área bruta, número de pisos, programa, etc...
    • MF22
    • 28 fevereiro 2021 editado

     # 31

    o arquiteto esta a acertar ainda pormenores de coisas que alterei logo que esteja finalizado coloco aqui.
    É piso terreo e a area deve rondar os 350 m2 de area coberta.
  6.  # 32

    Eu acho que você não tem noção de muita coisa... E devia descer à terra 😇
    Discutiu estes devaneios com o arquitecto?
    Ele é que tem de propor o que for adequado...
    • MF22
    • 28 fevereiro 2021 editado

     # 33

    Não sei a que devaneios se refere.

    Querer saber como funcionam as coisas?
    Querer saber quais as opções que existem no mercado e o seu preço?
    Encontrar aquelas opções que melhor podem apresentar um custo/beneficio para a minha moradia?

    Todos partimos (penso eu) daquilo que gostaríamos de ter e depois face às opções existentes e a sua relação custo/beneficio escolhe-se o possível fazendo os devidos compromissos entre aquilo que julgamos acessório e o indispensável.

    Sabendo que não sei tudo e muito menos de tudo, procuro informar-me antes de me precipitar em decisões. Sei que os arquitectos e Eng naturalmente também tem as suas opiniões. Mas julgar que eles também sabem ou devem saber de tudo prece-me um pouco presunçoso e a decisão final parece-me que cabe a quem lá vá morar e pagar as contas. E nem estou a considerar possíveis incompetências de alguns profissionais como é referido em muitos posts do fórum. Por todas estas razões não lhe parece que devemos tentar esclarecer as nossas dúvidas? Quando estamos a iniciar este processo e não pescamos nada disto mas fazemos o esforço para começar a entender um pouco mais...
    Concordam com este comentário: hangas
  7.  # 34

    Colocado por: MF22Nao orcamento entre 320 e 390


    Colocado por: MF22É piso terreo e a area deve rondar os 350 m2 de area coberta.


    É possivel por esse valor. Mas primeiro tem que estimar +/- as empreitadas e depois acrescentar.

    Se for ao meu topico, eu tb queria portas em harmonio ou osciloparalelas. Mas quando soube do preço, desisti. Porque não se justifica para o dia a dia.

    Se ver a minha planta, tenho 15k em caixilharia vidro duplo 6-16-442 JE Sosoares e ST Sosoares. gostava da OS, mas ja ia quase para 20k. Queiras harmonios e osciloparaleas - 30k.

    É uma questão de esscolhas. Esta a construir onde? Pk os preços tb variam dependendo da zona.
    • MF22
    • 28 fevereiro 2021

     # 35

    no centro perto de covilhã
  8.  # 36

    Colocado por: MF22Mas julgar que eles também sabem ou devem saber de tudo prece-me um pouco presunçoso


    Tudo não saberão certamente. Mas podem logo conduzir as coisas de modo a que você não ande iludido, ou perca tempo com assuntos, detalhes inexequíveis para a sua realidade...
    E se for o caso, informarem se /estudarem o seu pedido e depois decidir consigo se é adequado, possível ou não...

    Esta conversa, estas decisões é suposta ser feita com os projectistas... Não num fórum, onde nada sabemos do seu projecto... Não menos verdade que eu poderia nem ter respondido... Épa, mas custa-me sempre. Ler estas coisas, estes pedidos, face o enquadramento da situação.

    Olhe boa sorte.
    Parece que não confia nas capacidades técnicas da sua equipa. Assim mais vale mudar.
  9.  # 37

    Colocado por: MF22no centro perto de covilhã


    Dependendo do que escolher, consegue fazer com o seu orçamento, até por menos.

    Mas tem que perceber o minimo de construção para não ser "enrabu".

    Qando tiver uma primeira iteração coloque aqui e opinamos.
    • MF22
    • 28 fevereiro 2021 editado

     # 38

    Pedro, eu prezo e agradeço a sua opinião assim como a dos outros users daí ter tentado elucidar algumas das minhas dúvidas na forum. Da mesma maneira também prezo as opiniões dos envolvidos no projeto (e não se trata ou não de confiança). Contudo, e até pelo que tenho lido, cada vez mais me convenço que não existem decisões preto/branco e existem várias alternativas que podem ser adequadas. Parece-me neste contexto que só estando mais por dentro dos assuntos poderei optimizar a minha decisão e é unicamente por isso que me tento informar.
  10.  # 39

    Colocado por: MF22Parece-me neste contexto que só estando mais por dentro dos assuntos poderei optimizar a minha decisão e é unicamente por isso que me tento informar.

    A mim, pagam-me para fazer isso, demonstrar/ simular / pesquisar/ conversar/ elucidar/ adequar... Durante o projecto, faz parte.
    Tem aqui coisas tão exóticas, que não vejo como é que pesquisando por si, resulte em alguma coisa...
    Sendo exóticas, logo à partida, nem se equaciona para um projecto "normal"... entende? Pelos valores de obra em causa, pelo seu receio (natural), nem vale a pena andar a sonhar muito...
    • MF22
    • 1 março 2021

     # 40

    Após algumas conversas aqui no fórum tentei saber o preço do m2 do vidro dinâmico (sageglass). Mas esta ainda continua a ser uma opção apenas para grandes edifícios. Talvez no futuro venha a ser diferente mas para já é opção para esquecer a nível residencial. Como se pode ver na resposta que dão a garantia da função eletrocromatica é de apenas 5 anos. O que significa (a meu ver) que é muito provável vir a ter problemas com os vidros após este período. Considerando o seu custo ainda elevado esta não deverá ser opção residencial nos proximos anos até que o preço baixe e por outro lado a longevidade/duração do seu funcionamento aumente. Coloco aqui a resposta parcial que obtive (coloquei várias questões mas apenas responderam isto). Pois pode ser útil no futuro a outros utilizadores.

    We focus our commercial activity on the non-residential market (office building, shopping mall, healthcare centre, education, etc.) and we accept projects from 100m². Since all glasses are made to the specific size in our factory, we need a minimum volume to keep our price affordable.


    To answer some of your questions, the glass is transparent by default (it tints with an electric current) and one control system is usually needed for 6 to 8 units of glass. All our units come with a 10-year warranty on the insulating function, and 5 years for the electrochromic function.


    We do not have a commercial representative in Portugal, nor in Spain, but if your project is in the non-residential market with more than 100m², please do not hesitate to contact me.
 
0.0273 seg. NEW