Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 21

    Depois também há estes casos https://www.publico.pt/2019/06/28/sociedade/noticia/policia-judiciaria-detem-presumiveis-autores-incendio-predio-centro-porto-1878016

    Detido dono do edifício que terá mandado atear fogo que matou uma pessoa na baixa do Porto
    Incêndio consumiu a 2 de Março o interior de um prédio na rua Alexandre Braga, perto do Mercado do Bolhão, matando um dos residentes. Foram detidos igualmente dois homens que terão colocado o fogo no imóvel.
    Concordam com este comentário: Palhava, Mk Pt
  2.  # 22

    Conheço quem vendeu à casa desta forma duas vezes pois quem comprou desta forma faleceu.
  3.  # 23

    Colocado por: megamenConheço quem vendeu à casa desta forma duas vezes pois quem comprou desta forma faleceu.
    A pessoa que faleceu não tinha herdeiros? E não tendo o herdeiro não deveria ser o estado? Como é que uma pessoa vendeu algo que já tinha vendido?
    Concordam com este comentário: Mk Pt
  4.  # 24

    Isto é bastante comum noutros paises. No reino unido chama-se equity release e é bastante util para fazer duas coisas.

    - Dar uma maior qualidade de vida aos idosos, mesmo na casa deles ou em casos num lar que é pago pela venda do imovel.
    - Reduzir custos com herancas quando há muito património.

    No Reino Unido bem como em Portugal há muito rico de edificios e pobre de recursos liquidos, isto é uma boa maneira de dar uma vida melhor nos ultimos anos de vida e em situacoes em que a reforma nao chega.

    Nao é bom para todos, mas nas situacaoes certas ajuda. Outra opcao é vender o imovel e comprar outro mais pequeno.
    Concordam com este comentário: hangas
    • prcsc
    • 16 Junho 2021 editado

     # 25

    Colocado por: dp_olivIsto é bastante comun noutros paises. No reino unido chama-se equity release e é bastante util para fazer duas coisas.

    - Dar uma maior qualidade de vida aos idosos, mesmo na casa deles ou em casos num lar que é pago pela venda do imovel.
    - Reduzir custos com herancas quando há muito património.

    No Reino Unido bem como em Portugal há muito rico de edificios e pobre de recursos liquidos, isto é uma boa maneira de dar uma vida melhor nos ultimos anos de vida e em situacoes em que a reforma nao chega.

    Nao é bom para todos, mas nas situacaoes certas ajuda. Outra opcao é vender o imovel e comprar outro mais pequeno.


    Ou vender e começar a arrendar outro. Até tem mais opções.
    Tem que se mudar, mas pode ser visto como uma oportunidade de ir para algo melhor.
  5.  # 26

    Colocado por: Palhavahttps://www.idealista.pt/news/imobiliario/habitacao/2021/06/14/47733-espanhola-almagro-capital-entra-em-portugal-para-comprar-casas-a-idosos

    É só esperar...😩


    Neste caso é uma empresa.
    Investe e espera o retorno numa perspectiva empresarial profissional.

    É diferente de comprar com inquilinos
  6.  # 27

    Ja fiz uns videos a falar sobre isto.

    Para alguns investidores é uma atividade normal e rentável.

    Não quer dizer que seja apenas a pessoas idosas, infelizmente, há pessoas a passar dificuldades e "recorrem" a isto.
    Concordam com este comentário: Palhava
  7.  # 28

    Outra empresa dedicada ao mesmo.


    https://www.buy4rent.pt/