Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Olá a todos

    Sei que no passado ja se foi discutido e li com atenção as várias opiniões sobre PRE, PRH e fotovoltaico, mas não fiquei esclarecido.

    No meu caso particular, vivo no Algarve em Faro. Como tal as minhas necessidades não são tão extremas no que toca a climatização como a de outros utilizadores aqui do forum.

    Eu e a minha mais que tudo queremos ter chão igual na casa toda visto que tambem vamos ter a cozinha e sala em open space e procuramos essa estética.

    A minha opinião inicial era de ir para a ceramica com PRH e bomba de calor com apoio de paineis solares para tirar partido do belo sol do algarve. Isto tem por base o facto de que a mim não me "venderem" a ideia que outros flutuantes na cozinha é boa ideia. Toda a gente tem cuidado, mas acidentes acontecem e ter água por baixo do soalho e as reguas a inchar é algo que é reportado por muitos utilizadores com estas instalações. A ceramica com estetica de madeira, teria o incomodo de ser um pavimento frio, algo que seria colmatado pelo PRH e problema resolvido, metendo flutuante nos quartos.

    No entanto depois de falar com o empreiteiro e visto que estamos a remodelar a casa os custos associados a instalar o PRH num apartamento de quase 150m2 não justifica. O que pagaria a mais na instalação dificilmente seria amortizado no que iria poupar em gasto energetico.

    Depois de muita busca decidimos colocar pavimento vinilico SPC para ter o mesmo chão na casa toda que estamos a remodelar, visto que vamos ter a cozinha e sale em open space, com o vinilico SPC sendo 100% a prova de água lá fui convencido da ideia de abdicar da ceramica na cozinha/sala e a instalar AC pela casa toda. O vinilico não é um chão frio, e como tal não haveria problemas de maior nesse aspecto.

    Nas casas de banho no entanto quero manter o chão de ceramica, e como tal pensei no PRE para estes espaços. Tenho 2 casas de banho uma com 4m2 e outra com 8m2. O meu raciocínio é o de que temos mais de 300 dias de sol por ano aqui na zona, e como tal posso deixar o PRE ligado durante o dia todo aproveitando o painel solar. Se tiver a casa climatizada e os WCs aquecidos durante o dia pelo PRE, creio que a perda de calor não será tal que à noite (até nos deitarmos) o consumo seja absurdo.

    Ou seja a idea seria deixar o PRE ligado durante todo o dia tirando partido da energia dos fotovoltaicos climatizando os WCs o melhor possivel, e desligar/baixar a temperatura, durante a noite quando nos vamos deitar.

    Assumindo 100w por m2 (varios mencionam 80w/m2 como referencia), precisaria de uma instalação fotovoltaica superior a 1200w para dar apoio aos outros eletrodomésticos da casa.

    Alguém tem experiencia com este conjunto? Opinião sobre a ideia? Peço desde já que os tipicos comentarios estilo compre um tapete fiquem na gaveta...
  2.  # 2

    Faz frio no inverno no Algarve?

    Explique melhor essas contas dos 1200 watt
  3.  # 3

    Colocado por: callinasFaz frio no inverno no Algarve?

    Explique melhor essas contas dos 1200 watt

    Quer 100w/M2 em duas WCs no total de 12m2.

    Acho uma boa solução, tanto que fiz o mesmo e também no Algarve. Tenho 3800w em PRE, e ainda só liguei para experimentar. Também tenho a ideia de usar fotovoltaico para o PRE no inverno e AC no verão.
    Piso grés cerâmico.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Padrao
  4.  # 4

    Para ter uma ideia, no inverno 4 kW de painéis, produzem pelas 10h cerca de 900 kWh, pelas 13h 1,8kWh, produzindo ao fim do dia uns 9 kWh.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Padrao
  5.  # 5

    Atenção que 1200W de paineis não injectam 1200W na instalação eléctrica em casa. Essas capacidades são teóricas, e na prática a produção é menor.

    Mas, se vai ter AC em toda a casa, bem pode instalar o dobro dos paineis, que terá "escoamento" para essa produção toda (assumindo que vai climatizar a casa durante todo o dia).

    Creio que o PRE pode ser uma boa solução, assim como os fotovoltaicos. Mas eu esqueceria a ideia de que um é para suportar o outro. Veja-os como sistemas independentes que, quando as condições o proporcionarem, geram alguma poupança.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Padrao
  6.  # 6

    Obrigado desde já pelo contributo

    Foi exactamente pelo que refere jorgemlflorencio que coloquei aqui o post, sei que a produção tende a ser inferior, e obviamente não é linear visto que a incidência solar a isso o leva com um pico a meio do dia. Buscava outros utilizadores com um sistema do genero que possam dar uma ajuda nas necessidades reais.

    A ideia que tinha seria instalar 8 a 10 paineis, ou seja tendo em conta que mais ou menos, variando de marca para marca os painéis são de 300w, teria instalado o dobro.

    O callinas refere esses valores de produção para o Algarve ou para outra zona?

    Ainda assim esses valores agradam-me, pois significaria conforto a um valor bastante aceitável na factura mensal. Vi aqui os casos de outros utilizadores (poucos) que têm PRE e com afinação do sistema, regulação por temperatura, e regulação horário se conseguiam consumos muitos bons. Visto que a instalação de fotovoltaico com o apoio estatal diminui muito o investimento no sistema parece-me uma solução bastante viável.

    No verão essa produção poderá ser reconduzida para o AC, e ficaria com um sistema bastante versátil.

    No seguimento da conversa, já agora pergunto quem tem PRE, que marca/tipo tem ou o que sugerem. Pelo que vi aqui mesmo no forum, uma das coisas mais importantes é ter uma boa placa de isolamento, 5 ou 6mm sendo referido como fazendo uma grande diferença na performance do PRE. Alguem tem experiencias a partilhar?
    Estas pessoas agradeceram este comentário: IronManSousa
  7.  # 7

    Colocado por: argo
    Quer 100w/M2 em duas WCs no total de 12m2.

    Acho uma boa solução, tanto que fiz o mesmo e também no Algarve. Tenho 3800w em PRE, e ainda só liguei para experimentar. Também tenho a ideia de usar fotovoltaico para o PRE no inverno e AC no verão.
    Piso grés cerâmico.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Padrao


    Era o que queria para a casa toda, Grés ceramica a imitar madeira, mas não tinha equacionado o PRE para além dos WCs. O argo colocou PRE em que zonas da casa?

    Se puder partilhar a sua experiencia com o sistema, ficaria grato. Ainda pouco vi no forum e no geral, a ideia de PRE com apoio de fotovoltaico.

    Vejo maioritariamente falar-se do PRH. No entanto as contas não me saem... compreendo que em casas novas onde o PRH é instalado de origem compense. Porem em casas remodeladas, baixar o chão ou subir as portas são custos bastante altos, que em cima do equipamento necessário levam para valores quais que não vejo me vejo a amortizar.

    No entanto com base nos testemunhos aqui do forum, se a melhor forma de gerir o PRE é por temperatura com variações pequenas de temperatura, então faz-me sentido climatizar durante o dia com apoio do fotovoltaico e usufruir durante a noite. Não sou de todo expert e como tal posso estar a dizer uma tremenda asneira.
  8.  # 8

    Sinceramente, se fosse hoje era maluco para instalar PRE, com 6 kWh de paineis Fotovoltaicos e 12 kW de baterias.
    Concordam com este comentário: jorgemlflorencio
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Padrao
  9.  # 9

    O chão com um pouco de mais betonilha faz de bateria...
    Concordam com este comentário: jorgemlflorencio
  10.  # 10

    Coloquei em 3 quartos e respectivos WCs, mas penso que fui mais ligeiro nos W/m2.

    Estou na casa desde Setembro e não tenho os fotovoltaicos instalados e só agora instalei os termostatos.Tenho feito todo o aquecimento da casa com uma salamandra. Como climatização tenho PRE, salamandra e ACs. Os ACs tambem ainda só liguei para experimentar.

    Como digo, se há hipótese de aumentar a betonilha superior, a inercia será maior. Embora demore mais a aquecer, pode manter o calor durante a noite, é uma bateria térmica. Teorias...
  11.  # 11

    Colocado por: argo(...)
    Como digo, se há hipótese de aumentar a betonilha superior, a inercia será maior. Embora demore mais a aquecer, pode manter o calor durante a noite, é uma bateria térmica. Teorias...

    Por outro lado, de noite temos o horário de vazio da tarifa bi-horária, pode ajudar um pouco... Embora perca na comparação com um PRH com bomba de calor, que também usufrui da tarifa e é muito mais eficiente...

    Creio que será uma questão de pesar bem os prós e os contras de cada solução.
 
0.0146 seg. NEW