Iniciar sessão ou registar-se
    • PMPS
    • 23 abril 2022

     # 1

    Boa tarde,
    Possivelmente este não é lugar certo para fazer esta questão, mas não sei onde mais procurar...

    Há uns tempos uma das minhas avós faleceu deixando a casa completamente cheia de coisas (roupas, quadros, loiças, sapatos e muito mais...). Estamos a falar de milhares de peças e artigos que apenas estão a causar uma enorme dor de cabeça à família.

    O que eu (e todos queremos) é livrar-nos delas o mais depressa possível. Neste sentido, não haverá empresas ou profissionais que possamos chamar à casa para avaliarem aquilo tudo e, quem sabe, até ganharmos algum dinheiro? Pois vários dos artigos têm valor...
    Contudo não interessa quanto recebamos, o mais importante é simplesmente esvaziar-mos aquilo tudo.

    Obrigado pela atenção dispensada

    PMPS
  1.  # 2

    Os meus sentimentos pela vossa perda e pelas chatices que estão a passar.

    Se estiver a falar de antiguidades, pode usar uma casa de leilões para tratar do processo todo, desde a avaliação à recolha e venda.

    Com objectos de menor valor já depende muito. Se o ganho não for enorme (e durante a venda perde facilmente 50% em intermediários, horas de trabalho etc) encorajava-vos a telefonar a uma caridade que se comprometa a levar tudo. A minha experiência é que muitas vezes vale mais fechar essas situações rápido do que tentar valorizar a herança.

    edit: se estiver perto de lisboa posso recomendar empresas específicas.
    Concordam com este comentário: PMPS
    Estas pessoas agradeceram este comentário: PMPS
    • PMPS
    • 25 abril 2022

     # 3

    Colocado por: zemvpferreiraOs meus sentimentos pela vossa perda e pelas chatices que estão a passar.

    Se estiver a falar de antiguidades, pode usar uma casa de leilões para tratar do processo todo, desde a avaliação à recolha e venda.

    edit: se estiver perto de lisboa posso recomendar empresas específicas.
    Concordam com este comentário:PMPS
    Estas pessoas agradeceram este comentário:PMPS


    Obrigado pela resposta rápida!

    Por acaso vivo muito longe de Lisboa... na Covilhã (perto da Serra da Estrela).
    Já tinha pensado em sites como o OLX ou o Custojusto; mas como já se deve ter apercebido estamos a falar de milhares e milhares de artigos, que mesmo em conjunto iria demorar uma eternidade a pôr.

    Por isso a ajuda de profissionais iri agilizar bastante o processo.
    Apenas as casas de leilões realizam esse tipo de serviços ou tem conhecimento de mais algum serviço que nos pudesse ajudar (para além da caridade)

    Grato pela atenção,


    Pedro
  2.  # 4

    há várias empresas de compra de recheios por atacado, é uma questão de pesquisar na net.
    Concordam com este comentário: PMPS, RMPG
    Estas pessoas agradeceram este comentário: lmcaet, PMPS
  3.  # 5

    Pedro, infelizmente não conheço. A maioria dos recheios não tem um valor que justifique a quantidade enorme de trabalho que é vendê-los ao público geral. Se cada peça for vendida no OLX por 10 euros em média, e demorar apenas uma hora a recolher, escolher, limpar, fotografar, anunciar, negociar, entregar... está a ver onde quero chegar.

    Assim sendo normalmente só as peças de grande valor é que são aproveitadas. Uma empresa que compre recheios vai-lhe oferecer talvez 10% do valor de venda total e com razão... e a esse ponto ainda lhe vale a pena o trabalho?
    • PMPS
    • 25 abril 2022

     # 6

    Colocado por: marco1há várias empresas de compra de recheios por atacado, é uma questão de pesquisar na net.
    Concordam com este comentário:PMPS
    Estas pessoas agradeceram este comentário:PMPS


    Irei tentar encontrar, obrigado pela sugestão 🙂

    Colocado por: zemvpferreiraUma empresa que compre recheios vai-lhe oferecer talvez 10% do valor de venda total e com razão... e a esse ponto ainda lhe vale a pena o trabalho?


    Claro que sim Sr. Ferreira 😉
    Como disse, o valor para nós é irrelevante. Mesmo que os artigos (sejam estes uma grande ou pequena parte) sejam vendidos, qualquer valor chega: nem que seja de 5% do lucro.

    Obrigado

    Pedro
    • NBA
    • 25 abril 2022

     # 7

    Um dia seremos nós a irmos desta para melhor e os que cá ficam irão livrar-se da "tralha" que era nossa.
    Conclusão: Não vale a pena deixar muito que quem cá fica não quer nada. Só se for na conta bancária. Mais fácil de distribuir e de dar uso. São os tempos.
    Concordam com este comentário: PMPS
    Estas pessoas agradeceram este comentário: PMPS
  4.  # 8

    Boas Tardes Pedro.

    Mande-me lá um email com os seus contactos que talvez tenha uma pessoa com interesse.
    Quão grande é a casa?

    Se tiver umas fotografias mande também.
    Concordam com este comentário: PMPS
    Estas pessoas agradeceram este comentário: PMPS
 
0.0137 seg. NEW