Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Olá, bom dia.
    Tenho uma casa em meu nome há 25 anos mas a casa é da minha mãe. Vou efetuar uma doação da casa à minha mãe. Será que posso recomprá-la à minha mãe sem as finanças acharem estranho? Será que me fiz entender? Quem tiver conhecimento de causa,agradecia a vossa ajuda.
    Muito obrigada.
  2.  # 2

    Algo parece estranho, se a casa está em seu nome, para que é que planeia doa-la e recompra-la?
    Se a ideia é financiamento (credito habitação), há bancos que não emprestam em compras entre familiares diretos.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: bettencourt
  3.  # 3

    Queria comprar a casa à minha mãe e usufruir das mais valias. Não sabia era que o banco "pegava" com isso dos familiares diretos. Obrigada.
    Concordam com este comentário: megamen
  4.  # 4

    Usufruir das mais valias? Ou será abater (reinvestir) as mais valias geradas na venda de outro imóvel? É que se for isso, convém fazer as contas, pois o valor patrimonial do primeiro imóvel tem necessariamente de ser alto, caso contrario a sua mãe tb acabava por ter mais-valias (tudo depende dos valores envolvidos), e ter em conta IMT/IS, etc.

    Seja como for, não me parece ilegal por si só comprar um imóvel após doa-lo, no entanto, se for feito num curto espaço de tempo e houver clara vantagem em impostos, então acredito que as finanças possam invocar fuga aos impostos com algum fundamento legal.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: MARIABATISTA
  5.  # 5

    Fale com o Socrates, ele sabe desses esquemas!
    Concordam com este comentário: eu, AiOGajo, ferreiraj125
    Estas pessoas agradeceram este comentário: AiOGajo
  6.  # 6

    Colocado por: LuisPereiraFale com o Socrates, ele sabe desses esquemas!
    Concordam com este comentário:eu,AiOGajo
    Estas pessoas agradeceram este comentário:AiOGajo

    Nao sera so esse a saber, pois ainda nao percebi a logica de vender uma moradia pqra comprar uma cave, onde nao se vive, nem para vender um apartamento na rua do sol a lapa para investir num outro na rua do desvio. Tb ha o da praia da coelha.
  7.  # 7

    se está em teu nome é tua
  8.  # 8

    Comprei uma casa à minha mãe há dois meses e nunca houve qualquer problema com o banco
    Concordam com este comentário: MARIABATISTA
  9.  # 9

    Se comprar habitação própria permanente e vender antes de decorridos 6 anos perde isenção do IMT e as finanças vão cobrar o valor correspondente.

    Não percebo a "jogada", pois usufruir das mais valias nunca se usufrui, a não ser que se reinvista em nova HPP. Tem que pagar sempre de outra forma.
    A não ser que os valores das transacções sejam matematicamente pensados.

    Atenção se tem mais irmãos, pode dar problemas futuramente.
    Concordam com este comentário: TC25
  10.  # 10

    Pode reinvestir as mais valias em PPR, com algumas condicionantes.
    • RCF
    • há 6 dias editado

     # 11

    Colocado por: MARIABATISTAe usufruir das mais valias.

    Realmente, não percebo onde quer chegar. Ou então, poderá estar equivocada.
    A existirem mais valias na venda de uma habitaçao própria permanente, das duas uma - ou elas são tributadas, pagando-se imposto sobre as mesmas; ou elas são reinvestidas, ficando isentas de impostos. Portanto, havendo mais valias, ou se paga imposto ou não se paga imposto sobre as mesmas. Em caso alguma se recebe alguma contrapartida...

    Nesse caso, ao doar a casa à sua mãe, quando ela vender a casa (a si ou a outra pessoa), terá ela de pagar imposto sobre as mais valias que obtiver e tendo-a ela adquirido por doação (isto é, não lhe custou dinheiro), certamente terá mais valias e, caso ela não reinvista esse dinheiro, ela terá de pagar imposto. Por isso, não vejo a vantagem dessa negociata... nem para si e, muito menos, para a sua mãe.
    Pelo meio, ainda têm de pagar escrituras, imposto de selo e IMT. Portanto, só despesas...
    Concordam com este comentário: Teulada
  11.  # 12

    Deve pensar que vai ter algum retorno ao gerar mais valias. Já trocavam a porcaria da disciplina de cidadania por uma de educação financeira.
  12.  # 13

    Afinal que movimentos financeiros seriam vantajosos com essa gigajoga?
  13.  # 14

    Colocado por: PalhavaAfinal que movimentos financeiros seriam vantajosos com essa gigajoga?

    Só se for alguma lavagem.
  14.  # 15

    Colocado por: rjmpires
    Só se for alguma lavagem.


    Os "profissionais" de esquemas não vêm para o Fórum.
    Vão a escritórios de advocacia e a contabilistas/economistas...

    Mas julgo que se não houver fiscalização, o mesmo dinheiro pode ser usado para obter vistos Gold.
    Bastaria comprar,revenderem imóvel e devolver por trás... Várias vezes.
    ..
  15.  # 16

    Colocado por: MARIABATISTAQueria comprar a casa à minha mãe e usufruir das mais valias. Não sabia era que o banco "pegava" com isso dos familiares diretos. Obrigada.
    Concordam com este comentário:megamen


    Confesso que também não percebo a situação; se calhar há aí alguma confusão que não entendo.
    Os bancos não "pegam" com a situação, nem têm nada a ver com isso. Existe é uma regra no Código Civil (Artigo 877) que sujeita a venda a filhos ou netos ao consentimento dos outros (filhos e netos; se os houver). Tanto quanto sei, não há nenhuma norma na lei que impeça a venda a ascendentes (neste caso a sua mãe). Já quanto ao interesse dessa operação toda, repito, não percebo.
  16.  # 17

    Deve ser ficar com a casa e ter o dinheiro da venda à disposição.

    Mas não percebo bem como.

    E também não sei se seria com créditos habitação associados.

    É "melhor " um crédito habitação do que um crédito pessoal.
 
0.0163 seg. NEW