Iniciar sessão ou registar-se
    • rmmsm
    • há 7 dias editado

     # 1

    Bom dia a todos,

    Sou um jovem de 30 anos e estou a iniciar o processo de construção de uma moradia geminada na zona do Alentejo.
    Várias dúvidas foram surgindo e muitas delas já foram respondidas ao ler outras conversas neste fórum!

    Chegou a minha vez...
    O projecto tem as seguintes característicoas
    - Lote com 312m²
    - Moradia com área de implantação no piso R/C de 160m² e 86m² no 1º piso
    - Cave de 80m²
    - Jardim/Zona exterior de 90m² com acesso através do open-space

    A ideia seria:

    ---R/C---
    Open-space (sala de estar, sala de jantar, cozinha e uma outra área de leitura por exemplo)
    Despensa de apoio à cozinha
    1 divisão para Quarto/Escritório
    1 WC de serviço

    ---1º Piso---
    T3
    1 Master Suite + closet
    2 Quartos
    1 WC de serviço aos 2 quartos


    A diferença de áreas entre os 2 pisos é muito grande e a minha dúvida é se a área de open-space de quase 80m² não será demasiado grande ou sendo bem mobilada consigo aproveitar bem o espaço. E se mesmo em termos de aquecimento poderá ser um problema.

    Gostava de saber a vossa opinião relativamente à disposição deste piso.

    Para já anexo um primeiro esboço do Piso R/C. Depois atualizo com a planta do 1º Piso.

    Nota: Estou a pensar fazer um poço de luz (tecto em vidro) que irá trazer luz exterior pelas escadas até à cave

    Desde já muito obrigado,
    Cumprimentos
      Screenshot 2022-08-04 at 13.51.57.png
  1.  # 2

    O melhor mesmo é contactar um arquitecto e com ele resolver todas essas questões.

    As coisas são para ser vistas como um todo e não no particular. Há sempre implicações nos diversos pisos.
    Essa planta não tem grande logica, andou a fazer "corte e costura"?

    Assim a seco, por mim alinhava a parede dos arrumos com a escada. A escada parece-me insuficientemente larga, deve prever 1.00m.
    quem meteu uma lareira ali na entrada? ou é um armário.

    Essa sua ideia da luz zenital pelas escadas que irá iluminar até à cave, parece-me inviável. Atenção aos problemas térmicos e de infiltração que esse tipo de solução potencia. além dos custos.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: rmmsm
    • rmmsm
    • há 7 dias editado

     # 3

    Boa tarde Pedro!
    Antes de mais muito obrigado pelo seu comentário.

    Relativamente ao "corte e costura", temos alguns constrangimentos porque o piso de cima tem uma área demasiado pequena comparativamente ao R/C. Tivemos de fazer "ginástica" e decidir o local das escadas para que fosse possível o T3 no piso superior.

    Quanto à largura da escada no total tem 2,25m pelo que cumprirá.
    E relativamente à entrada trata-se de um armário sim. Qual parede dos arrumos? Fiquei confuso.

    Pois, era essa a minha preocupação.. Tendo em conta que é uma moradia geminada e não tendo luz "dos lados", pensei nesta solução para trazer luz para o interior da casa. Terei de avaliar melhor.

    Nota: Atualizei imagem da planta, pode ajudar.

    Muito obrigado mais uma vez pela disponibilidade.
  2.  # 4

    Já te refaço o projecto.

    Isso é onde?Alentejo junto ao mar?
  3.  # 5

    Essa planta não mostra escada para a cave.
  4.  # 6

    Sim, perto de Sines!
    A escada para a cave será continuação da mesma. E segue para o piso de cima também.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Pedro Barradas
  5.  # 7

    São 60€...Aceito MBway ;)

    Notas:
    no quarto, remova aquela parede dupla!? e a porta de correr, é mais barato, pratico e mais funcional uma porta de batente.
    A escada, removia a bomba da mesma. Atenção que deve seccionar o espaço para a cave, por razões de climatização. ainda mais dando para aquela zona da sal.

    Feche a escadaria para a sala. é que aberto é muito desagradável.
    O hall exterior e o de entrada, mereciam ser revistos. A porta centrada, mas lá fora o portãozinho não está.. é estanho.
    Concordam com este comentário: Klauser
      Geminada_.jpg
  6.  # 8

    outra coisa. aquela janela do quarto ( compartimento de habitação), para mim está antirregulamentar, pois tem de estar desimpedida/ afastada pelo menos 3m, esta dentro de uma alpendre, certo? e dá para a zona de estacionamento.
    Alguma razão para não ter uma janela franca para a frente? ainda por cima irá ter iluminação insuficiente.
  7.  # 9

    Quanto ao layout para a sala...
    Fiz estas 3 opções...
    O que eu menos gosto é da zona central desperdiçada, ou, não o sendo, fica completamente devassada pela zona da entrada/ porta principal.
    É mau fengshui...

    Update:90€
      gEMINADA_SALA.jpg
  8.  # 10

    Muito obrigado pelo seu tempo!
    É sempre bom termos outros olhos e novas sugestões. Vai ser um processo até à versão final!

    Vou partilhá-las com a minha cara metade e ver também o que ela acha :)

    Abraço
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Pedro Barradas
    • rmmsm
    • há 7 dias editado

     # 11

    Alô,

    Uma última questão que me escapou.
    Já numa vertente de aquecimento. Pensei em piso radiante hidráulico.
    Queria perceber se nesta zona do Alentejo poderá fazer sentido e tendo em conta a dimensão do open-space poderá ser um entrave?

    Não tendo em conta o custo de instalação e visto que valorizamos o conforto térmico. Será uma opção viável?
    Obrigado
  9.  # 12

    em espaços open faz mais do que sentido.
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas
    Estas pessoas agradeceram este comentário: rmmsm
  10.  # 13

    Ótimo!
    Já me tirou essa preocupação. Obrigado :)
  11.  # 14

    ... entrada...


    Up. 120€
      gEMINADA_entrada.jpg
  12.  # 15

    Colocado por: rmmsmJá numa vertente de aquecimento. Pensei em piso radiante hidráulico.
    Queria perceber se nesta zona do Alentejo poderá fazer sentido e tendo em conta a dimensão do open-space poderá ser um entrave?

    Não tendo em conta o custo de instalação e visto que valorizamos o conforto térmico. Será uma opção viável?

    É viável. pois claro.
    Tenho um projecto de uma moradia em Odemira, toda com PRH ( aquecimento e arrefecimento), o piso 0, tb openspace, é maior que o vosso.
  13.  # 16

    Colocado por: rmmsmQueria perceber se nesta zona do Alentejo poderá fazer sentido

    Se fosse minha, eu não metia. o clima é demasiado ameno, com poucas amplitudes termicas para o uso efectivo que se dará. Mas isso sou eu que sou um forreta.
  14.  # 17

    Temos mesmo de aguardar para saber quanto ficará essa "brincadeira" do PRH e depois perceber se será a solução!

    Relativamente à entrada, queremos aproveitar aquele L na cozinha o que impossibilita a entrada da despensa ser daquela lado. Terá de ficar no corredor.

    E já agora relativamente à ilha na cozinha também estamos mais inclinados para deixar o fogão na bancada principal (evitamos ter exaustores no tecto a meio do espaço) mas ter uma tomada de água na ilha talvez.

    No quarto do piso de baixo a janela teria ficado lateral para ter mais privacidade, mas não sei se terá iluminação suficiente...
  15.  # 18

    Colocado por: rmmsmTemos mesmo de aguardar para saber quanto ficará essa "brincadeira" do PRH e depois perceber se será a solução!

    conta com 15k
  16.  # 19

    Colocado por: rmmsmNo quarto do piso de baixo a janela teria ficado lateral para ter mais privacidade, mas não sei se terá iluminação suficiente.

    Nem sequer é regulamentar... claro que será escuro, ainda por cima é um quarto fundo. Sinceramente é um erro, além de ser uma "impossibilidade"

    A cave, precisa dela?

    Meta toda a zona de confecção e de preparação na ilha, não se arrependerá. Tem opções de exaustores embutidos no tecto falso. se puder aplique um com motor remoto.
    Existe também a opção de ter o exaustor na bancada, integrado ou não com a placa vitroceramica. Mas não discutem isso com quem es´ta a fazer o projecto.. As opções, as vivências, o que há o que custa ou não custa... etc?

    vAi em 150€
  17.  # 20

    Só para o piso de baixo? Ou o T3 do 1º piso (80 m²) também encaixaria nesse budget?
 
0.0214 seg. NEW