Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Olá a todos,

    Quis fazer este post, para partilhar convosco um bocadinho um lado pouco falado no mundo das obras... O cliente que não quer ouvir.

    Como sabem, o dia-a-dia de um prestador de serviços, seja na área que for, não é fácil... Somos constantemente confrontados com a dura realidade de termos clientes, que procuram a nossa ajuda para resolver um determinado problema, mas não estão dispostos a ouvir e/ou fazer o que aconselhamos ou indicamos.

    Neste caso em concreto queria partilhar convosco o arranque de um projeto no qual estou envolvido. Basicamente, fui contactado para prestar assistência e orientar a ampliação de uma moradia perto da cidade de Aveiro, entrei na fase em que o projeto de licenciamento estava concluído, onde o cliente apenas precisava de um técnico responsável para levantar o alvará.

    Ora, antes de aceitar o convite, marquei uma reunião para conhecer o projeto e fazer um balanço geral da perspetiva da obra, quer em prazo quer em preço, assim como a abordagem que a construção iria seguir. Nesta reunião, fui confrontado com a triste realidade de ter um cliente que tinha contratado um projeto na sua cabeça e que no papel tinha recebido tudo ao contrario....

    Após dissecarmos cada uma das especialidades, elaborei uma lista de tópicos que teriam de ser corrigidos e desenvolvidos em cada uma delas, de modo a termos a informação suficiente para podermos executar a obra.

    Um dos primeiros pontos que salientei, foi o facto de não existirem cotas de fundação do corpo novo.... nem existir qualquer tipo de pormenorização da laje de pavimento, o cliente referia que tinha solicitado uma laje sobrelevada, com caixa de ar, contudo, as poucas peças desenhadas que existiam, indicavam o contrário...

    Posto isto, alertei ao cliente para a urgência de esclarecer esta dúvida junto do projetista, uma vez que já se encontrava a abrir cabocos para as sapatas e linteis, à cota que lhe apeteceu....

    Qual foi a minha surpresa, passado duas semanas da nossa reunião, recebo um email com fotografias de todos os elementos de fundação já betonados... Ao qual respondo logo a questionar se a cota já tinha sido verificada pelo projetista.... Este o meu email ficou sem resposta. Passaram mais duas semanas, e finalmente conseguir combinar uma visita à obra com o projetista e o cliente.... nesta visita o projetista, assim que entrou no lote, pós as mãos à cabeça, e gritou logo a dizer que as cotas das fundações estavam completamente erradas....

    Acho que já deu para perceber um bocadinho do panorama do projeto/cliente com que estou a lidar, aproveito para partilhar convosco o video que fiz sobre este primeira etapa, onde vão poder ver algumas imagens atuais da empreitada...

    Moral da historia, se vão contratar alguém para vós ajudar.... seja no tipo de projeto que for, oiçam e sigam as indicações! caso contrario estão a perder o vosso dinheiro e o tempo de todos os intervenientes.

    Por último, a minha ideia é ir atualizando este post, com todos os desenvolvimentos relevantes da obra, na expectativa que possa servir de alerta para outras pessoas.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: htavares73
 
0.0073 seg. NEW