Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa tarde,
    Tenho encontrado alguns erros na minha obra. Devo/posso escrever no livro de obra?
  2.  # 2

    Colocado por: jn.neivaTenho encontrado alguns erros na minha obra. Devo/posso escrever no livro de obra?

    Imagino que seja DO.
    Sim pode e deve fazer esse registo no livro de obra, contudo isso servir-lhe-á de muito pouco.
    Deve é contactar o Diretor de fiscalização para que ele notifique o empreiteiro no sentido de ser feita a imediata correção dos erros
  3.  # 3

    Obrigado pela sua resposta Zedasilva.
    Sim sou o dono de obra.Neste momento há erros que já não dá para corrigir. E o DF pouco faz. É amigo do empreiteiro
    Vou é escrever os erros no livro de obra, para ficar registado. Se continuarem a surgir, vou pedir indemnização.
  4.  # 4

    Colocado por: jn.neivaE o DF pouco faz. É amigo do empreiteiro
    vc devia ter contratado um que nao o conhece, mande esse embora e contrate outro
  5.  # 5

    Colocado por: antonylemosvc devia ter contratado um que nao o conhece, mande esse embora e contrate outro


    Será que compensa uma vez que a obra já está bem adiantada?
  6.  # 6

    se compensa? desculpe-me o palavrão mas isso depende da bosta com que vai ficar na mão.
    tem de analisar todos os pros e contras da hipotese de dar um murro na mesa.
  7.  # 7

    Colocado por: jn.neivaSerá que compensa uma vez que a obra já está bem adiantada?
    se tem erros em obra e o que tem nada faz pensa que vai deixar de ter erros? para que lhe paga? mais vale nao ter nenhum
  8.  # 8

    Colocado por: jn.neivaVou é escrever os erros no livro de obra, para ficar registado.

    Isso ainda se vai virar contra si.
    Se tem problemas que quer ver resolvidos, envia carta registada para o empreiteiro, e fica com a situação registada por escrito.
    Mas estas coisas quando se metem cartas registadas ao barulho tem tudo para correr mal.
    Você foi contratar um lobo para tomar conta das ovelhas?
  9.  # 9

    Colocado por: jn.neivaVou é escrever os erros no livro de obra, para ficar registado. Se continuarem a surgir, vou pedir indemnização.

    Registado fica mas como o DF não faz nada fica tudo em águas da bacalhau.
    Neste momento deve registar essa falhas no livro de obra e acrescentar o facto de que o DF tem conhecimento e não intrevem.
    De seguida rescinde contrato com o DF e contrata um novo para que as correções sejam feitas ou lhes seja descontado o valor dos trabalho não realizados.
    Depois pode pedir uma indeminização ao DF por não ter feito aquilo para que foi contratado.
    Se você não fizer nada disto, em caso de litigio o empreiteiro alega que o DF tinha conhecimento e que não referiu nada, logo os "erros" podem ser considerados aceites.
  10.  # 10

    Colocado por: zedasilvaNeste momento deve registar essa falhas no livro de obra e acrescentar o facto de que o DF tem conhecimento e não intrevem.

    óh zé, isso nem parece seu, imagine que o empreiteiro não colocou isolamento nos tubos de água quente, se um dono de obra que não percebe nada do assunto escreve isso no livro de obra, pode nunca conseguir o certificado energético e a autorização de utilização.
    O livro de obra deve ser preenchido por quem sabe o que está a fazer.
  11.  # 11

    Colocado por: Pickaxepode nunca conseguir o certificado energético e a autorização de utilização.

    Claro que pode, mas para isso é que o registo serve.
    Para antes disso acontecer exigir quer a DF quer ao DT quer ao empreiteiro que a situação seja resolvida.
    Se aos empreiteiro nem sempre é possível chegar, já aos DF e DT a coisa é diferente.
    Cada um deles está obrigado a ter um seguro de responsabilidade civil para garantir que os DO possam exigir a reparação destas falhas.
    Enquanto os DO continuarem a deixar que os comam por parvos as coisas não mudam
  12.  # 12

    Colocado por: zedasilvaEnquanto os DO continuarem a deixar que os comam por parvos as coisas não mudam

    Não precisam de escrever no livro de obra, para resolverem os problemas.
  13.  # 13

    Colocado por: jn.neivaTenho encontrado alguns erros na minha obra
    E já falou com o empreiteiro? Qual foi a postura?
    Ou...
    Colocado por: jn.neivaSe continuarem a surgir, vou pedir indemnização.

    Já está neste ponto?

    A obra está andar ou parada?...
  14.  # 14

    Apenas para perceberem ate que pontos os DO são comidos.
    DO compra moradia gama média alta em que passado uns tempos deteta algumas anomalias e trabalhos imperfeitos. Contacta o empreiteiro que começa a empurrar as coisas com barriga.
    DO contrata uma peritagem técnica para fazer uma queixa formal. Nessa peritagem é possível contatar que os descritivos do certificado energético, livro de obra e ficha técnica da habitação não correspondem ao executado.
    Um projeto com certificado energético A+, assim a olho não deve ser mais que um E ou F.
    Resultado, DT, DF, perito da térmica e empreiteiro muito em breve com os rabos no mocho.
    Se ao empreiteiro vai ser difícil chegar pois é uma “rata velha” os técnicos vão ficar em muito maus lençóis.
    O DO a primeira coisa que fez foi uma queixa formal junto das ordens.
  15.  # 15

    Colocado por: PickaxeNão precisam de escrever no livro de obra, para resolverem os problemas.

    Claro que não.
    Precisam é de ser proativos e deixarem de comer gelados com a testa.
    Concordam com este comentário: jn.neiva
  16.  # 16

    E o fiscal de obra deve escrever no livro conforme a obra vai avançando? De forma a garantir que o empreiteiro fez as coisas bem feitas? Ou o fiscal pode simplesmente não escrever no livro de obra?
  17.  # 17

    o fiscal é responsável por verificar se a obra está a ser realizada de acordo com as especificações e normas , suponho que registe as suas observações e verificações no livro de obra.

    Serve de certa forma para confirmar que está tudo com os requisitos legais e pode ser usado como referência para futuras inspeções ou auditorias o que seja
  18.  # 18

    Colocado por: jn.neivaOu o fiscal pode simplesmente não escrever no livro de obra?

    Fiscal e DT estão obrigados a fazer no mínimo um registo mensal no livro de obra
  19.  # 19

    Colocado por: Reduto25Serve de certa forma para confirmar que está tudo com os requisitos legais e pode ser usado como referência para futuras inspeções ou auditorias o que sej

    E para as "ratas velhas" se desresponsabilizarem das asneiras que cometem.
    Um empreiteiro inteligentes safa-se sempre que há estes técnicos que assinam de cruz ou que não sabem a responsabilidade que têm
  20.  # 20

    Colocado por: zedasilva
    E para as "ratas velhas" se desresponsabilizarem das asneiras que cometem.
    Um empreiteiro inteligentes safa-se sempre que há estes técnicos que assinam de cruz ou que não sabem a responsabilidade que têm


    É possível que em alguns casos 😅 os fiscais de obra possam não ser completamente rigorosos nas suas análises e registos, o que permite que alguns empreiteiros cometam irregularidades ou desvios de qualidade da obra.

    No fim de contas se houver barraco são as partes responsáveis o DO não se safa
 
0.0184 seg. NEW