Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Olá!
    Recentemente assinámos o CPCV como compradores.
    Ao fazer o pagamento de sinal ao vendedor, deparámo-nos que o IBAN fornecido estava mal, com dígitos trocados. Acabámos por ligar ao mediador no momento antes de transferir, que forneceu o Iban certo. O titular da conta, depois confirmado, corresponde ao nome do proprietário segundo o registo predial e o CPVC.

    Depois disto, pedimos um aditamento do CCVP, no entanto, da parte do mediador, em vez de desculpas, levámos com uma carga de "os senhores não têm confiança no meu trabalho" até "olhem que depois se houver problemas com os inquilinos que lá estão não me responsabilizo nada".
    O mediador disse que se quiséssemos sair, que se anulava o contrato e devolviam tudo por inteiro do sinal.

    A dúvida é: isto é alguma red flag? Para burla? É seguro proceder à escritura?
    E se quisermos sair, depois desta perda de confiança, consegue-se mesmo ter o sinal todo de volta?

    Muito obrigado.
  2.  # 2

    Inquilinos?
  3.  # 3

    Colocado por: VarejoteInquilinos?


    O imóvel tem inquilinos, em contrato não renovável que acabará no inicio do próximo ano.
    • size
    • 26 agosto 2023

     # 4

    O que interessa é cumprir com a entrega do sinal ao vendedor.
    Fique com os comprovativos impressos da entrega. Não se torna necessário alterar o CPCV.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ue2020
  4.  # 5

    Colocado por: sizeO que interessa é cumprir com a entrega do sinal ao vendedor.
    Fique com os comprovativos impressos da entrega. Não se torna necessário alterar o CPCV.

    Obrigado.
    Conferindo tudo em termos de nome e registos prediais, pode-se afastar hipótese de burla?
    • AMG1
    • 26 agosto 2023

     # 6

    Um iban errado até pode continuar a identificar a conta correta. Depois esse código (iban) não identifica ninguém, apenas uma conta bancária que até pode ter varios titulares.
    Nao vejo que isso seja mais do que um banal lapso de escrita
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ue2020
  5.  # 7

    Colocado por: AMG1Um iban errado até pode continuar a identificar a conta correta. Depois esse código (iban) não identifica ninguém, apenas uma conta bancária que até pode ter varios titulares.
    Nao vejo que isso seja mais do que um banal lapso de escrita
    Estas pessoas agradeceram este comentário:ue2020

    Obrigado.
  6.  # 8

    O Iban trocado dificilmente acerta noutra conta valida pois tem um mecanismo chamado check digit em que os os últimos 2 números são calculados com base nos anteriores
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ue2020
  7.  # 9

    Colocado por: rguerreiro79O Iban trocado dificilmente acerta noutra conta valida pois tem um mecanismo chamado check digit em que os os últimos 2 números são calculados com base nos anteriores
    Estas pessoas agradeceram este comentário:ue2020

    Sim, quando primeiro deu erro com o IBAN do contrato de promessa era um número inválido
  8.  # 10

    O mediador ou o vendedor já deve ter alguém interessado no imóvel que lhe paga mais.

    Se tem o CPCV assinado, então têm que lhe devolver o sinal em dobro, não é só o sinal.
  9.  # 11

    Colocado por: ue2020pedimos um aditamento do CCVP,

    Mas queriam adiar o CPCV porque razão?
  10.  # 12

    Colocado por: ue2020E se quisermos sair, depois desta perda de confiança, consegue-se mesmo ter o sinal todo de volta?


    Colocado por: medicineengSe tem o CPCV assinado, então têm que lhe devolver o sinal em dobro, não é só o sinal.

    Eles são os compradores e eles é que querem desistir, portanto perdem o sinal
  11.  # 13

    Olá Primavera:

    Eu fiquei com a impressão que era o mediador que estava a pressionar para eles não irem para a frente com a compra e que se estava a oferecer para anular o CPCV devolvendo o sinal.

    Mas posso ter ficado com a ideia errada.
    Só o ue2020 é que pode esclarecer
 
0.0158 seg. NEW