Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Colocado por: Sasapo

    se os governos tomassem medidas para reduzir a liquidez geral na economia, não seria necessário aumentar juros.


    Isso não ganha eleições.
  2.  # 2

    Colocado por: rjmsilva

    É o que eles estão a tentar descobrir com estas subidas do BCE.
    Quanto mais altas as taxas menos dinheiro é "criado" e colocado a circular através de créditos.
    E isso faz-me sentido.
    Só não percebo é que maneira é que isso controla o aumento de margem de lucro das empresas e que aparentemente contribuiu para mais de 50% da inflação verificada (cujo controlo é o único mandato do BCE).
  3.  # 3

    Menos dinheiro em circulação, deverá levar as empresas a competir mais entre si pelo pouco dinheiro.
  4.  # 4

    Colocado por: HAL_9000E isso faz-me sentido.
    Só não percebo é que maneira é que isso controla o aumento de margem de lucro das empresas e que aparentemente contribuiu para mais de 50% da inflação verificada (cujo controlo é oúnico mandatodo BCE).


    quando as pessoas reduzem o consumo por ter menos dinheiro, não adianta aumentar as margem de lucro porque ninguem vai comprar. Imagino que seja fixado em bens alimentares, mas a inflação core que é a usada para os calculos náo conta com esses bens nem com energia.
  5.  # 5

    Colocado por: Sasapoidealmente o BCE que foi quem imprimiu durante a pandemia.
    E é o BCE que o está a recolher? Parece-me que ele está a ficar ali pelo caminho.

    Colocado por: Sasapoisso é exactamente como se gera inflação
    olhe,se foi isso que gerou a inflação, eu não senti nada. Muito pelo contrário sentia era o meu poder se compra a diminuir a cada ano que passava, mesmo com a inflação a 2% ou negativa.

    Certo que fiz um empréstimo para pagar parte de uma obra a preço inflacionado (preço esse que ainda nem parou de aumentar desde entao. Isto é, se a fizesse hoje, pagaria mais 30-40% talvez..) Mas isto não significa que a minha liquidez tivesse necessariamente aumentado, quanto muito aumentava a dimensão da dívida, não é?
  6.  # 6

    Colocado por: Sasapoerrado, o mandato é garantir a estabilidade do Euro.
    Tem de os avisar então para corrigir a informação que colocaram no seu próprio site:
    "Função: gerir o euro, manter a estabilidade dos preços
    (....)
    "O seu principal objetivo é manter a estabilidade dos preços e,..."

    https://european-union.europa.eu/institutions-law-budget/institutions-and-bodies/search-all-eu-institutions-and-bodies/european-central-bank-ecb_pt
    • smart
    • 28 junho 2023 editado

     # 7

    Hum..
    Só não sei onde o PRR e as linhas de crédito se posicionam na equação...
    Na minha opinião, estão é a resolver os problemas de dívida pública.
    Continuando o aumento de preços e naturalmente de rendimentos laborais, daqui a 3 ou 4 anos a dívida pública dos países em pontos percentuais diminui e bastante..
    Aliás, já se vê em Portugal.
    Ainda no início deste mês, os EUA tiveram em risco de fail out por exederem os limites da dívida pública, calculados em percentagem do PIB.
    Se devemos 100 e passamos a ganhar o dobro, a TX de esforço diminui para metade...
    • Sasapo
    • 28 junho 2023 editado

     # 8

    Colocado por: HAL_9000gerir o euro


    não vale a pena estar a implicar por semantica.

    Colocado por: HAL_9000E é o BCE que o está a recolher? Parece-me que ele está a ficar ali pelo caminho.


    se o BCE empresta dinheiro e cobra 4% em vez de 0%, para onde acha que vai o dinheiro?



    Eu não estou contente nem com a situação que estamos, nem ver que parte disto é culpa do proprio BCE em ter andando a imprimir moeda como se não houvesse amanha mas isso não faz ver que na situação actual, ou o pessoal se toca que tem de reduzir o consumo o maximo possivel, ou os juros não páram de subir. As minhas ferias já foram canceladas apesar de ter dinheiro para elas.

    E não vale a pena andar com rodeios, isto só vai párar quando a economia abrandar ao ponto do desemprego subir consideravalmente.
  7.  # 9

    Colocado por: Sasaponão vale a pena estar a implicar por semantica.
    o Sasapo é que implicou, se eu me limitei a copiar a frase que eles lá tinham, disse que estava errado porque?
  8.  # 10

    Colocado por: HAL_9000"O seu principal objetivo é manter a estabilidade dos preços e,..."


    Colocado por: HAL_9000uma única funcão: garantir a estabilidade de preços.

    principal é diferente de unica

    Colocado por: HAL_9000Função: gerir o euro
  9.  # 11

    Colocado por: Sasapose o BCE empresta dinheiro e cobra 4% em vez de 0%, para onde acha que vai o dinheiro?
    Mas factualmente empresta dinheiro a quem, se os bancos para a sua actividade créditicia estão cheios de dinheiro dos clientes pago a 1% e diria até algum que foram buscar a custo zero durante a pandemia?

    Por outro lado paga juros a 3,75% a quem lá depositar...

    Mais uma vez nao estou a contestar o que o Sasapo disse.
    • Sasapo
    • 28 junho 2023 editado

     # 12

    Colocado por: HAL_9000Mas factualmente empresta dinheiro a quem, se os bancos para a sua actividade créditicia estão cheios de dinheiro dos clientes pago a 1% e diria até algum que foram buscar a custo zero durante a pandemia.

    Por outro lado paga juros a 3,75% a quem lá depositar...


    se tivessem cheios de dinheiro, acha que o BCE andava a emprestar dinheiro a 4%? isso não faz qualquer sentido, fosse assim nenhum banco se financiava no BCE e a subida de juros tinha zero impacto nos emprestimos.

    e o BCE também andou a comprar divida publica quando os estados não se conseguiam financiar.
  10.  # 13

    Colocado por: Sasapoprincipal é diferente de unica
    Quais são as outras que não lhas conheço?

    O FED tem outras funções, agora o BCE, tem quais mais?
    .

    Dizer: manter a estabilidade do euro, ou dizer manter a estabilidade dos preços vai dar ao mesmo.
  11.  # 14

    Colocado por: HAL_9000Quais são as outras que não lhas conheço?

    O FED tem outras funções, agora o BCE, tem quais mais?
    .

    Dizer: manter a estabilidade do euro, ou dizer manter a estabilidade dos preços vai dar ao mesmo.


    ok, tudo bem.
    • smart
    • 28 junho 2023 editado

     # 15

    Hum.
    Os bancos, emprestaram muito dinheiro, mas só parte, corresponde ao valor efectivo dos depósitos.
    O restante, os bancos vão ao BCE pedir, oferecendo garantias parciais, financiando-se e cedendo ao cliente, ganhando o spread.
    Muitos bancos têm valores Record de depósitos, mas tb tem uma elevada exposição ao seu financiador, pelo que conforme a situação bancária decorrente da actividade e os requisitos mínimos de capital exigidos, podem manter em caixa ou diminuir a exposição á dívida.
    O BCE ao processar a liquidação do que emprestou, contabiliza uma diminuição da massa monetária em circulação..
    https://pt.euronews.com/my-europe/2022/06/25/porque-e-que-os-bancos-centrais-aumentam-as-taxas-de-juro-para-conter-a-inflacao
  12.  # 16

    Colocado por: smartOs bancos, emprestaram muito dinheiro, mas só parte, corresponde ao valor efectivo dos depósitos.


    penso que os testes de stress do pos 2008 são isso mesmo, testes que medem o montante emprestado e o volume de depositos que um banco tem. Foi assim que os 2 ou 3 bancos americanos cairam no inicio do ano, não tinham liquidez.
  13.  # 17

    Colocado por: Sasapose tivessem cheios de dinheiro, acha que o BCE andava a emprestar dinheiro a 4%
    Como lhe perguntei atras, factualmente o BCE empresta dinheiro a que entidades?

    Ele tem a taxa de facilidade permanente de cedência marginal de liquidez, ou lá como se chama, a 4%. Mas neste momento o BCE está a emprestar dinheiro a quem.


    Colocado por: Sasapose tivessem cheios de dinheiro,
    Não sou eu que o digo. São os próprios bancos. Dizem que não precisam de remunerar depósitos porque tem mais liquidez que aquela que conseguem emprestar. Então se os bancos se podem financiar a 2-3% ( no caso dos portugueses a 1%) junto dos clientes, porque vai ao BCE pedir emprestado a 4%?

    Pode haver alguma explicação lógica, mas não estou a ver qual.

    Mas mesmo que se estejam a financiar a 4% junto do BCE, a fazer fé nós resultados dos bancos, eu não diria que estás taxas de juro lhes estejam a tirar muita liquidez
    • Sasapo
    • 28 junho 2023 editado

     # 18

    Colocado por: HAL_9000Como lhe perguntei atras, factualmente o BCE empresta dinheiro a que entidades?

    Ele tem a taxa de facilidade permanente de cedência marginal de liquidez, ou lá como se chama, a 4%. Mas neste momento o BCE está a emprestar dinheiro a quem.


    a quem empresta sempre (maioritariamente), bancos. Se os bancos não se financiassem no BCE, a subida da taxa de juro tinha zero impacto no juro praticado pelo banco.

    Colocado por: HAL_9000Não sou eu que o digo. São os próprios bancos. Dizem que não precisam de remunerar depósitos porque tem mais liquidez que aquela que conseguem emprestar. Então se os bancos se podem financiar a 2-3% ( no caso dos portugueses a 1%) junto dos clientes, porque vai ao BCE pedir emprestado a 4%?

    Pode haver alguma explicação lógica, mas não estou a ver quak


    não sei onde viu essa informação mas duvido que seja assim.
    • smart
    • 28 junho 2023 editado

     # 19

    Hum..
    Mas isso é agora..
    Neste momento, estando os bancos cheios de numerário, emprestam a 4, mas pagam lhe a 1.
    Se cumprirem os rácios estabelecidos, não precisam de ir pedir ao BCE ou banca investimento.
    Agora imagine que um banco tem 70 mil milhões disponíveis, se emprestar de capitais próprios, tem de lhe pagar ao banco a 4, sendo o valor com que este se financia nos mercados/bce
    Mas se os clientes mudarem todos para certificados de aforro, o banco que se financiava a 1 junto dos clientes, terá que se financiar a 4...
    Daí que corte se nos certificados de aforro, seria uma média a interessar a banca.
    Concordam com este comentário: ferreiraj125
  14.  # 20

    Colocado por: smartAgora imagine que um banco tem 70 mil milhões disponíveis, se emprestar de capitais próprios, tem de lhe pagar ao banco a 4, sendo o valor com que este se financia nos mercados/bce
    Mas se os clientes mudarem todos para certificados de aforro, o banco que se financiava a 1 junto dos clientes, terá que se financiar a 4...
    Daí que corte se nos certificados de aforro, seria uma média a interessar a banca.
    Certo, mas factualmente neste momento, não se pode dizer que as taxas de juro só BCE estejam a retirar liquidez aos bancos (a fazer fé nós resultados dos mesmos), mesmo que eles estejam a pagar as tais taxas a 4%
 
0.0470 seg. NEW