Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Olá,

    Vou construir casa, depois de várias pesquisas, está decidido a colocação de capoto. Agora a duvida é:

    1º Tijolo e capoto
    2º Tijolo, cx-de-ar, tijolo e capoto
    3º Bloco, cx-de-ar, tijolo e capoto
    4º...


    Qual a melhor solução? E porquê?

    Obrigado
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Qual a solução preconizada nos seus Projectos (Arquitectura, Acustica, Térmico)? tem que estar de acordo com os requisitos dos 3....

    A dúvida deverá ser discutida com os seus projectistas...
  4.  # 3

    Pois..

    Ainda estou na fase do projecto de arquitectura...
    Mas ando a pensar naquilo que realmente quero na minha casa. Acho importante pensar nestas coisas logo de inicio para o projecto final ser o melhor possivel.

    Estive a pesquisar e ouvi falar de alvenaria simples com bloco térmico de 25cm e depois o capoto...
    Será a melhor solução?
  5.  # 4

    Estou neste momento a analiasar propostas de 3 concorrentes para casa cujas paredes simples de tijolo de 25 cm são revestidas a capoto. Foi a solução mais eficiente encontrada pelo arquitecto. Não é a mais resistente sob o ponto de vista mecânico mas energeticamente é a melhor
    • ml
    • 8 Setembro 2008

     # 5

    Eu por acaso também gostava de ver comentários relacionados com este assunto, aliás já tinha colocado um tópico sobre este assunto:

    http://forumdacasa.com/discussion/1565/sistema-etics-qual-o-tipo-de-alvenaria-a-utilizar/

    Ninguém comenta? Prós e contras!
    •  
      marco1
    •   agradecimentos
    • 8 Setembro 2008

     # 6

    A meu ver térmicamente em Portugal qualquer desses sistemas bem executado pode satisfazer térmicamente, o que é preciso é ter em atenção os custos assim como da mão de obra mais ou menos especializada para o fazer.
    Como já alguêm disse, em Portugal desde que se faça uma boa cobertura e se exponha correctamente os vãos em termos solares, qualquer casa tem um desempenho termico bastante aceitável. uma vez que o factor "transpiração" dos elementos construtivos é um dado da questão.
    • kami
    • 9 Setembro 2008

     # 7

    Boas

    Pelo que tenho lido o capotto é um excelente sistema de isolamento quando bem aplicado... é nesta ultima parte da frase que está o problema... são poucos os que aplicam bem seguindo li... e por isso cuidado... caso opte por esse sistema procure obras efectuadas por essa pessoa já com alguns anos...

    É por isso... por causa da dificuldade de encontrar bons executantes de capotto... que nem sequer penso nele para a minha casa... mas sim em parede dupla com caixa de ar e XPS... pois aqui é mais dificil asneirarem...

    Cumps

    Kami
  6.  # 8

    Colocado por: kamiÉ por isso... por causa da dificuldade de encontrar bons executantes de capotto... que nem sequer penso nele para a minha casa... mas sim em parede dupla com caixa de ar e XPS... pois aqui é mais dificil asneirarem...


    Kami

    Agora deixou-me desesperado. mas sim em parede dupla com caixa de ar e XPS... pois aqui é mais dificil asneirarem..,
    Quantas paredes destas já viu bem executadas?

    Se a questão é bons aplicadores, contacta a Robbialac, representantes do Viero e pede-lhes nomes de aplicadores certificados e que sejam eles a emitir a garantia. Não peça é preço de saldo, mas qualidade, têm-na

    Cumps
    Estas pessoas agradeceram este comentário: leonardo76
    • kami
    • 9 Setembro 2008

     # 9

    Boas

    Tem razão... mas é a ideia que tenho pelo que tenho lido... é que com as paredes duplas... o erro mais comum é a presença de pontes térmicas... enquanto no sistema capotto é mesmo o desfazer/descolar da camada isolante... assim como a degradação da pintura devido à má excução deste sistema... para além de que é mais fácil controlar se uma parede dupla está a ser bem executada do que um sistema capotto... (para mim claro)

    É claro que existem garantias.. mas também as há para as paredes duplas... mas é como disse.. a qualidade paga-se e para ter um capotto bem feito tem de se pagar muito bem... enquanto que para ter uma parede dupla bem feita.. tem de se controlar simplesmente a execução por parte dos pedreiros... para não aldrabarem...

    cumps

    kami
  7.  # 10

    Boas,

    Estive a ver na ARTEBEL, e gostei muito da ideia dos blocos térmicos, e cofragem perdida. Depois o capoto, acho que vai ficar uma solução muito boa.

    http://www.artebel.pt/ES/home.html

    Ouvi dizer que o sistema de isolamento pelo exterior causa tectos pretos em pouco tempo, será mesmo assim, ou os proprietarios não têm ventilação, nem que seja abrir janelas!!

    Mais alguma opiniao?!

    Cumps
  8.  # 11

    .. se causa tectos pretos... além da deficente taxa de renovação de ar, deve ser também insuficência de isolamento térmico na cobertura( se os tectos confinarem com a cobertura!!!)...
    • VMC
    • 9 Setembro 2008

     # 12

    Quanto a mim os blocos térmicos, tais como os da Artebel apresentam bastantes vantagens, no entanto, requer algum tempo de habituação e aperfeiçoamento do assentamento dos mesmos.
    A Artebel propõe para além do Bloco térmico, o bloco lintel e o bloco pilar. Já usei todos, e o bloco pilar já pus de lado, por não ser muito pratico, ao nível do assentamento ou da amarração do ferro. Os blocos lintel não evitam o uso de cofragem, pois só têm uma altura útil de 15 cm. Quanto aos blocos térmicos, usei de 25, passei para 30 (largura) para usar os blocos lintel e pilar, mas vou voltar aos blocos de 25. Volto também à solução original, de usar capoto de 6 cm, depois de ter usado bloco 30 com capoto de 4.
  9.  # 13

    eu trabalho com o capoto se tiverem alguma duvida e so dizer
    • VMC
    • 10 Setembro 2008

     # 14

    Quanto à questão dos tectos pretos, deverá ser mais um mito urbano, de alguém que só sabe denegrir o que não sabe fazer, ou de uma triste coincidência de alguem que isolou bem as paredes mas se esqueceu da cobertura...
  10.  # 15

    Bom dia,

    em relação à Artebel, sendo assim o bloco lintel tb não dá para usar como caixa de estores?
    que pena, gostei bastante desta solução.. mas realmente, pensei que ficaria tudo da mesma espessura.

    Qual a solução que aconselham? Blocos de 25 e os pilares e vigas sem molde (bloco pilar e lintel)?
    Ficaria muito melhor se todos se encaixassem na perfeição... O pessoal podia melhorar isso.

    Quando à cobertura, no meu caso é para ficar com isolamento por baixo da telha com o sistema de ripa omega. (ainda to a pesquisar este sistema)

    Alguma opiniao?!

    Cumps
  11. Ícone informação Anunciar aqui?

  12.  # 16

    Caro leonardo

    Pode-nos contactar projectomoradia@sapo.pt

    Agradeço
    • VMC
    • 11 Setembro 2008

     # 17

    O bloco lintel provavelmente pode trabalhar como caixa de estores, eu por acaso não usei. Atenção que para que tudo encaixe, toda a parede terá que ser feita com bloco de 30.
    Como a maior parte das vigas e pilares são de 25, encaixa tudo, mas eu, após 3 casas vou voltar ao bloco de 25. Teoricamente funciona bem, é uma boa ideia, mas na prática não é assim tão rentável.
  13.  # 18

    Bom dia,

    VMC,
    Então será melhor aplicar apenas os blocos de 25 (termicos) e o resto de pilares e vigas faz-se normalmente?

    Se assim for qual será o melhor para o pretendido? ATEBEL ou MAXIT
    • VMC
    • 12 Setembro 2008

     # 19

    Olá, boa noite
    Eu, pela minha experiência, com as 2 marcas e com os diversos materiais, posso concluir que:
    - O melhor é fazer a estrutura e depois o enchimento com os blocos.
    - Há uma pequena diferença entre a Artebel e a Maxit. Os blocos da Maxit são ligeiramente mais caros, talvez uns 10%, mas também são ligeiramente melhores. Tenho usado Artebel, por o preço e as condições que me foram oferecidas serem ligeiramente melhores, mas não há uma diferença muito significativa.
  14.  # 20

    Não querendo ser demasiado ríspido, permitam-me desabafar algumas preocupações. Este tópico diz respeito ás condições térmicas de um edifício de habitação. Ainda que eu goste muito de ter uma opinião, este é um tema que necessita de um projecto de especialidades específico.
    Podemos conjecturar sobre tudo, se o bloco de 25´funciona melhor, se as pontes térmicas funcionam melhor que o capotto descolado...
    Mas está tudo mal. O edifício NÃO PODE ter pontes térmicas porque vão representar perdas terríveis de temperatura e diminuir a qualidade de vida drasticamente, e aumentar as despesas com a manutenção. O cappoto que normalmente se utiliza na construção em Portugal, é normalmente calculado para níveis "aceitáveis", o que na realidade não se traduz numa habitação muito confortável.
    Lembrem-se que muito em breve as casas precisarão de uma certificação energética (como aquelas de letras e cores que vêm com os frigorificos), e caso a vossa casa tenha sido bem prjectada e executada de forma a receber um "A", verá o seu valor valorizado, em relação a todas as outras que não são eficientes térmicamente, além de continuarem a poupar todos os meses na conta da eletricidade. Século XXI meus amigos, espero que essa seja a vossa csa por muitos anos, portanto não poupem tostões neste tema e prestem muita atenção ao que o engenheiro da térmica aconselhar.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">