Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 101

    Colocado por: eu
    Dê mais pormenores... que casos conhece? Dê um exemplo concreto...


    Art 24 código da estrada.
    Concordam com este comentário: Vítor Magalhães
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Vítor Magalhães
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 102

    Colocado por: luis_guilherme

    E os imponderáveis?

    Já pensou que lhe pode rebentar um pneu?

    Ou aparecer um cão abandonado?

    Ou um objeto de grande volume no meio da AE?

    Só não pensa a quem nunca lhe aconteceu. Tem ideia do que lhe acontece se, com o susto, a sua reação for dar uma mínima guinada no volante a 160 km/h para evitar colidir com o objeto?

    Pergunte aos profissionais.


    Ou ainda.... partir um eixo, o carro partir-se ao meio e acabar o Mundo.
  4.  # 103

    Bolas...comecei um tópico mesmo bom...

    A estrada em causa, o limite é 100, e quando passei pela skoda ia a 90!

    Mais grave que a velocidade para mim, é o pessoal ao telemóvel (e ridículo carros que vem com bluetufio de série e a malta a mostrar a maçã) ou a mandar sms/wup.
    Concordam com este comentário: Bricoleiro
  5.  # 104

    Já agora uma coisa que me intriga:

    A25 sentido Guarda - Aveiro muitas zonas com limite 100 e estrada com declives pouco acentuados.

    Mesmo traçado, sentido Aveiro- Guarda, limite 120

    Será para incentivar a emigração?
    Concordam com este comentário: eu, Dj_C, Bricoleiro, C. Lobo
    • eu
    •   agradecimentos
    • 19 Abril 2016 editado

     # 105

    Colocado por: nandogoncaArt 24 código da estrada.

    Esse artigo é um dos mais importantes do CE, e é o mais desrespeitado (tal como escrevi antes).

    E o que lhe perguntei foi exatamente quantas pessoas conhece que foram multadas ao abrigo desse artigo?
    Concordam com este comentário: Bricoleiro
    • eu
    •   agradecimentos
    • 19 Abril 2016

     # 106

    Colocado por: luis_guilhermeE os imponderáveis?

    Já pensou que lhe pode rebentar um pneu?

    Ou aparecer um cão abandonado?

    Ou um objeto de grande volume no meio da AE?

    Claro que sim, e é indesmentível que quanto maior for a velocidade, maior é o risco.

    Mas andar na estrada é sempre um risco, qualquer que seja a velocidade. Isso também pode acontecer a 120 Km/h ou a 80 Km/h...

    Um limite será sempre arbitrário... ou será que a 119 Km/h estamos seguros e a 121 Km/h estamos em perigo? É tudo muito relativo e há tantos fatores a ter em conta...

    Então e ninguém tem nada a dizer sobre os limites de velocidade nas AE Alemãs ?
    Concordam com este comentário: Bricoleiro
    • eu
    •   agradecimentos
    • 19 Abril 2016

     # 107

    Nota:

    Pelas minhas intervenções, se calhar pensam que eu sou um "acelera" que excede os limites de forma grosseira e recorrente. Nada disso.

    Nas localidades e estradas nacionais é muito raro exceder os limites.

    Nas AE, quando as condições são boas, geralmente ando a 130 ou 140 Km/h. Com chuva, normalmente ando entre 90 a 110 Km/h, dependendo das condições.
  6.  # 108

    Pois já estou a ver porque fiquei sem carta se essas velocidades em AE são contra ordenações graves a velocidade que da última vez fui apanhado é crime ou assassinato
  7.  # 109

    Colocado por: ramos1999se puserem velocidade ilimitada tipo Alemanha ninguem vai controlar

    Isso era noutros tempos.,já são poucas as AE na Alemanha com velocidade ilimitada
  8.  # 110

    Colocado por: Dias Borges
    Isso era noutros tempos.,já são poucas as AE na Alemanha com velocidade ilimitada

    pois eu sei mas essas não são controladas!
  9.  # 111

    Colocado por: ramos1999
    pois eu sei mas essas não são controladas!


    É nessas que os velhinhos golf com mais de 1000 cavalos dão a banhada às motas!


    https://www.youtube.com/watch?v=GVpj_lof6Us
  10.  # 112

    Colocado por: ramos1999pois eu sei mas essas não são controladas!

    Quais?
  11.  # 113

    Isto é uma discussão de radares escondidos ou não? :P

    Após falar com o Papa Francisco apoio os radares escondidos também... só não cumpre os limites de velocidade QUEM NÃO quer, e com isto nao estou a dizer que eu cumpro sempre os limites... NÃO, não cumpro mas se for multado por excesso de velocidade algum dia sei que a culpa vai ser TODA MINHA.
    Concordam com este comentário: eu, treker666, Vítor Magalhães
  12.  # 114

    Claro que a única forma de apanhar prevaricadores sejam eles quais forem não é trazendo um altifalante à frente a avisar.
    Avisados são todos santinhos, logo a seguir aceleram ainda mais para compensar o tempo perdido.
    E o problema é quem vai nas suas calmas dentro dos limites leva com um energúmeno desses na traseira e vai desta para melhor. Ou como aqueles 12 que nem souberam como morreram.
    Os radares foram concebidos mesmo para multar. Não foi para educar ou evitar acidentes. Basta ir dentro dos limites e o radar não faz absolutamente nada.
    Concordam com este comentário: Vítor Magalhães, RCF
  13.  # 115

    Colocado por: eu
    Claro que sim, e é indesmentível que quanto maior for a velocidade, maior é o risco.

    Mas andar na estrada é sempre um risco, qualquer que seja a velocidade. Isso também pode acontecer a 120 Km/h ou a 80 Km/h...

    Um limite será sempre arbitrário... ou será que a 119 Km/h estamos seguros e a 121 Km/h estamos em perigo? É tudo muito relativo e há tantos fatores a ter em conta...

    Então e ninguém tem nada a dizer sobre os limites de velocidade nas AE Alemãs ?
    Concordam com este comentário:Bricoleiro


    Entre 121 ou 119 não haverá certamente diferença.

    Mas já entre 110 e 180 (que muitos aqui advogam) pode estar a diferença entre morrer ( ou matar) e viver.
  14. Ícone informação Anunciar aqui?

  15.  # 116

    Já fui apanhado em excesso de velocidade umas 3 ou 4 vezes. Exceptuando a primeira vez, em que o veículo da autoridade circulava atrás de mim, todas as multas vieram parar a casa.
    Após análise do local da infração constatei que são sempre locais muito favoráveis para meter o pé na argola.

    A última foi no km 37 da A29. Caso não saibam o limite é de 100km/h no troço entre Maceda e Miramar, com zonas de 80 km/h. Aqui, o carro da polícia está fora da AE e o radar está atrás de um sinal.
    É realmente fácil ser apanhado. Mesmo agora, em que já estou alertado, por vezes esqueço que pode estar ali um radar. E aquilo é uma AE, propícia a se conduzir mais depressa. Na altura ia a 140. Sábado de manhã, pouco trânsito, bom tempo.

    Não sei se isto é caça à multa ou não, mas sei que o facto de a autoridade estar escondida, é mau. São militares e estão escondidos como se fossem ratos. Escondidos atrás das moitas, enterrados nos assentos de carros parados na berma, enfiados em becos à espera de uma distração.

    Não sei até que ponto o risco de ser multado faz alguma diferença na minha condução. Mas que me dá mais stress, isso é certo.
    Concordam com este comentário: Bricoleiro
  16.  # 117

    A mim é mais fácil apanharem-me em excesso de velocidade dentro das localidades, dentro do razoável (+ 10-20 km/h).
    Nas AE, é raro passar de 110, foram alguns anos a conduzir pesados e assimilei que chegar mais cedo 10-15 minutos não compensa, e os consumos agradecem.
    Mas até nem é isso que me chateia mais quando Conduzo, é o facto da generalidade dos condutores ainda pensarem que a faixa da direita é para os camiões, e que as faixas das rotundas só servem para tornar a estrada mais bonita e os piscas para pendurar o papel da mudança do óleo do cárter...
    Concordam com este comentário: treker666, LuisPereira, 21papaleguas
    •  
      GMCQ
    •   agradecimentos
    • 20 Abril 2016 editado

     # 118

    Colocado por: luis_guilherme

    E os imponderáveis?

    Já pensou que lhe pode rebentar um pneu?

    Ou aparecer um cão abandonado?

    Ou um objeto de grande volume no meio da AE?

    Só não pensa a quem nunca lhe aconteceu. Tem ideia do que lhe acontece se, com o susto, a sua reação for dar uma mínima guinada no volante a 160 km/h para evitar colidir com o objeto?

    Pergunte aos profissionais.


    Já me aconteceu embater num cachorro, vindo sabe-se lá da onde, na IC19, quando olhei para o espelho retrovisor vi-o a saltar o separador para o meio das ervas... Não sei o que lhe aconteceu depois, mas eu aí a uns 90 km/h fiquei com o para-choques amolgado. Mas imagino, se tivesse dado uma guinada no volante a uma velocidade bem acima para me tentar desviar era a morte do artista na certa!!
  17.  # 119

    Eu sigo uma ideia à muitos anos.
    Quem se mete à minha frente, vai levar comigo, seja à velocidade que for.
    Se me desvio para tentar evitar o acidente, enfio me na moita ou no rail e quem provocou o possível acidente ainda diz que não teve nada a ver com aquilo, vai à vida dele e nós é que ficamos com o prejuízo.
    • C. Lobo
    •   agradecimentos
    • 20 Abril 2016 editado

     # 120

    O código da estrada é para respeitar se fomos aprovados no código quando andávamos na escola de condução é porque o conhecemos e temos o dever de o cumprir, se formos penalizados por isso temos de aceitar e acarretar as consequências.
    Agora o que eu discordo é a má sinalização das estradas e o excesso de zelo por parte das autoridades no controlo de velocidade com o posicionamento de radares em sítios estratégicos para apanhar os mais descontraídos, locais com limite de 100 onde deveriam ser 70 ou limite 120 onde deveria ser 100, AE que de 120 passam sem mais nem menos para 100, sinais pouco visíveis, sinais de stop em vez de cedência de passagem ou o contrário, ou seja tanto há zelo por defeito como por excesso no que toca a sinalização, mas nos locais mais banais em retas em que o limite é de 90 ou mesmo de 50 com separadores centrais em que o risco de acidente é reduzido metem lá o radar o mais escondido possível e em sítios perigosos não.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">