Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Bom dia,
    Mais uma vez parabéns pelo fórum, tenho a certeza que já contribuiu para esclarecer muitas pessoas. Já li várias discussões e fiquei mais consciente do que é necessário para a construção da própria casa, mas não encontrei nenhuma discussão que se adapte à minha situação concreta, por isso decidi expô-la esperando que algum dos participantes me possa ajudar.
    Eu e o meu namorado depois de vermos quase todos os apartamentos que se encontram à venda na cidade de Portalegre, decidimos colocar a hipótese de comprar um terreno e construir uma casa. Pensamos que pode ficar mais económico (porque os preços dos apartamentos parecem demasiado elevados, um T2 novo, com garagem, lareira, pré-instalação de aquecimento central custa 110000€, por exemplo) e porque construindo ficará com certeza ao nosso gosto.
    Como gostávamos de morar no campo iniciámos a procura de terreno. Num desses passeios deparámo-nos com uma casa em construção e à venda. O terreno é exactamente o que procuramos, tem 8875m2, e a casa é um T3 com 194m2 com algumas paredes rebocadas, telhado e alguns azulejos na cozinha e wc. Como tinha uma placa de uma imobiliária consultámos o site e ficámos a saber que pedem 120000€.
    Procurámos o proprietário para sabermos mais pormenores. A proprietária explicou-nos (um pouco mal no nosso entender) o porquê da venda: comprou o terreno a um ex-amigo construtor civil que iniciou a obra antes de ela ter o crédito aprovado. O banco demorou a aprovar o crédito e entretanto o construtor abandonou a obra por falta de pagamento (e deixou de ser amigo dela!). Depois de aprovado o crédito contratou outro construtor que fez o telhado e mais umas coisas mas o banco, como não via andamento na obra, “não via nenhuma assoalhada completa, como por exemplo as 4 paredes rebocadas, estava tudo incompleto” informou que não disponibilizava mais que 1400€ e o resto só no final da obra. Este último construtor decidiu abandonar a obra. Pelo que percebemos a senhora culpa os construtores de toda a situação. Decidiu não continuar a obra e colocar à venda, segundo ela “se vender vendeu senão fica assim”!!
    Devo acrescentar que a fossa ainda não está construída e que a proprietária diz que paga a colocação da electricidade e da água da rede até ao terreno.
    Pedimos-lhe o projecto de arquitectura para podermos apreciar melhor a construção e para calcularmos quanto teremos que despender para concluir a obra, ou seja para avaliar se este negócio vale a pena. Mas não temos ideia de como poderemos fazer esse cálculo e, acima de tudo, temos algum receio de entrarmos num negócio pouco esclarecido.
    O que devemos fazer para:
    - Saber se está tudo legal;
    - Se a construção foi bem feita;
    - E quanto custa finalizar a obra.
    Tentei ser o mais sucinta possível e ao, mesmo tempo, disponibilizar a informação para que me possam dar uma ajuda.
    Obrigada pela atenção dispensada.
    Catarina
  2.  # 2

    Se está tudo legal e se está bem feita
    Deve em 1º lugar saber o nº do processo junto da Câmara, para poder consultar os diversos projectos, bem como o Alvará de Licença de Construção associado e quem é o construtor e qual o Alvará. Se esta licença estiver OK existe a figura do Director técnico que é o responsavel pela boa execução da obra, pode tentar contacta-lo.
    Deve também ir á Conservatória solicitar certidão para confirmar a posse.
    Quanto custa finalizar
    Com base nos projectos deve procurar empresas para orçamentar o que falta, pode contactar uma ou por artes (pode ser uma das que era para fazer a obra)Contudo tem sempre que haver um alvará e um director técnico da obra para que o alvará esteja em vigor.
    No final necessita de uma licença de habitabilidade que pode ser da responsabilidade do director de obra ou de vistoria da Câmara.
    • pagc
    • 6 Março 2008

     # 3

    Para poder ajudar quanto aos custos, terá de dizer ou mostrar umas fotografias do estado actual da obra, mas pela descrição deverá ter apenas executado a estrutura de betão, o telhado e as alvenarias de tijolo. A dúvida aqui será se já têm as infraestruturas montadas (Tubagens de águas, esgotos, electricidade). Caso as tenhas, mande verificá-las para saber se estão em condições.

    Já fui acabar uma vivenda e um infantário nessas condições e as surpresas foram mais que muitas e nenhuma positiva. desde tubagens eléctricas esmagadas, pontas de cabo com 50cm enfiadas para enganar e o dono pensar que a electricidade estava montada, aconteceu um pouco de tudo. è que se as infraestruturas estiverem com problemas, só o descobre no final e nessa altura, terá de partir muita coisa para reparar.

    Se a casa estiver nas condições acima referidas, terá de pensar em cerca de 400€/m2 ou 80.0000€ para terminar, só a casa, ficando de fora os trabalhos no exterior. Nunca irá conseguir um orçamento barato, porque ninguém gosta de pegar num trabalho deixado a meio por outro, esta malta sabe bem o que a casa gasta.

    Sinceramente procurava outra alternativa, porque me parece que há ai mais do que a senhora disse e a promessa de pagar os ramais, ou fica escrito ou me engano muito ou fica com mais um custo.

    Cumps
    Paulo Correia
  3.  # 4

    Obrigada aos dois,
    Vou saber o número do processo camarário e averiguar. Gostei mesmo do terreno, da localização e da casa... Mas falta-me muita informação! Quando souber mais alguma coisa volto. Vou ver se tiro umas fotos para falarmos em situações mais concretas.
    Muito Obigada.
    Catarina
  4.  # 5

    Bom dia,
    Fomos à conservatória e disseram-nos que a casa está penhorada com o valor de cerca de 80000€ pelo banco. No banco disseram-nos que a penhora é por falta de pagamento das prestações e os rendimentos dos fiadores da senhora já estão a ser retidos. O processo está no tribunal e irá ser vendida em Hasta pública (não se sabe quando). Se estivermos interessados em comprar podemos faze-lo mas ao banco e não a ela, mas de qualquer maneira ela é que decide se vende ou não a casa. Ou seja, podemos fazer uma proposta mas se ela aceitar temos de pagar a divida ao banco.
    Gostava de saber qual a vossa opinião sobre este assunto. E também se alguém me pode explicar como funciona a venda por hasta pública.
    Cumprimentos.
    Catarina
  5.  # 6

    Era o que parecia!
    Pode ser bom negócio, tem que analizar todas as situações
  6.  # 7

    Obrigada Paulo,
    Foi com as suas "dicas" que chegámos aqui! Também já pedimos ajuda a um construtor para avaliar a obra feita.
    Cumprimentos,
    Catarina