Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Gostaria de esclarecer uma dúvida.

    Estou a pensar adquirir um terreno agrícola de 3330 m2 com viabilidade de construção (aprovada pela Câmara) para uma casa de 300m2 na zona de Mafra por 75 000 euros. O que acham? Será uma boa compra?

    Já agora, terei que fazer logo o projecto da moradia, para não haver qualquer mudança no PDM? Se já se encontra aprovado pela Câmara, pode haver esse tipo de alterações? É que hoje custa 75mil, mas se amanhã o PDM alterar para uma zona REN, RAN ou seja o que for, nem 10 mil vale!

    Como é que tudo isto funciona? Estarei a correr risco de mau negócio?
  2.  # 2

    3330 m2 de terreno onde pode construir 300m2 e por 75.000 , a meu ver é um excelente negocio, isto claro se gostar da localizacao do terreno.
    quanto ao seu medo de efectuar o negocio , o PDM não altera assim do dia para a noite, mas se quer sentir se mais segura pode sempre pedir uma informacao previa , informacao essa que é valida por um prazo de uma ano( se nao tiver em erro), e assim tem a certeza do que pode construir e ficar mais segura.
  3.  # 3

    Pode fazer uma simulação aqui:

    http://www.e-financas.gov.pt/SIGIMI/calculos.jsp
    • Mac
    • 30 maio 2008

     # 4

    Ter viabilidade de construção é pouco. Precisa de saber as condicionantes. Consulte o PDM e veja o que prevê para a zona. Não sei onde o amigo Scorpio se fundamentou para os 300 m2 a que se refere. Isso vai depender do PDM.
    O PDM é válido por 10 anos. Findo esse prazo a autarquia tem de elaborar e propor para aprovação novo PDM. Informe-se na Junta de Freguesia se há algo previsto para a zona. Algo que a vá condicionar. Por ex uma auto-estrada ou outra infra-estrutura de vulto.
    Cumprimentos
  4.  # 5

    Gostaria de pedir a ajuda, com alguma urgência dos amigos se fôr possivel.
    Tenho um terreno onde gostaria de construir a minha vivenda, é um terreno rústico, inserido na RAN, pedi a desafectação da área para a construção e muros, cerca de 300m2, o pedido foi indeferido, com base na Lei, isto apesar de ter alegado ser o ùnico terreno para construção, o meu terreno tem casas de ambos os lados e de frente, mas a mim não deixaram. Esta comissão parece-me fundamentalista, é tudo para agricultura e no entanto os terrenos estão todos ao abandono e ninguém cultiva.
    Parece-me que se deixassem construir moradias haveria um maior aproveitamento da terra, já que as pessoas fariam a sua horta, assim tudo está ao abandono, vejo isto em todo o pais.

    Alguém poderá fazer o especial favor de me dar uma ajuda para reclamar deste projecto de decisão (só tenho 10 dias para tal). Fico profundamente agradecido.
 
0.0103 seg. NEW