Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 21

    Colocado por: RCFE como classificar o facto de, supostamente, uns meses antes do assalto, um individuo inicialmente envolvido (o "Fechaduras"), ter informado uma Procuradora do MP que estava a ser preparado o assalto e esta ter passado a informação à PJ, que nada terá feito, particularmente, não informou as FA, para que adotassem medidas preventivas...?

    Tal como a "recuperação" o assalto também foi uma encenação. Que também foi mal encenada e a partir daí descambou tudo.
    A estória do assalto parece a estória da outra que inventou angolanos a matar o marido e depois foi esconder o corpo perto da terra de origem.
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 22

    Toda a história está mal contada, detesto teorias da conspiração, contudo o meu raciocínio é o seguinte:

    - As armas são roubadas por alguém
    - Depois mais de 20 pessoas vão por toda a sua carreira em risco para recuperar as armas com amnistia para quem roubou?!?!

    Qualquer policia que seja quer sempre reaver o material mas também apanhar quem o fez, isto não é uma brincadeira de crianças em que se alguém nos tira alguma coisa se diz " se me devolveres eu desculpo-te" :P

    Porque a encenação era na base de não responsabilizar quem as roubou, qualquer órgão de policia criminal até pode dizer "sim sim, se devolver não lhe acontece nada" mas estão sempre em cima do gajo para o apanhar
  4.  # 23

    não para mim não, era mais importante a forma como se iria recuperar as armas do que propriamente recuperar as armas ( evidente também muito importante) e a prova disso é que resultou nesta trapalhada toda.
    e quero lá saber se foi PJM PJ ou o que fosse. para mim vejo apenas o cidadão e o estado

    • Carvai
    • 27 Setembro 2019 editado

     # 24

    Colocado por: rjmsilvaUma granada ofensiva, como o nome indica é usada em operações ofensivas. É um corpo de plástico com uma carga de cerca de 200 gramas de TNT e uma espoleta. Ao contrário do que diz não é em instrução e tem um raio de ação de 15 metros. As de instrução são idênticas mas têm corpo azul e carga inerte, geralmente areia, apenas a espoleta é real e mesmo assim ainda pode arrancar uns dedos.

    Prontes, 45 anos depois pintam as granadas de cores diferentes. Mas confirma o que disse, as ofensivas (que só usamos em instrução) não tinham estilhaços ao contrário das defensivas usadas operacionalmente.
    E parece que não mudou muito
    https://pt.wikipedia.org/wiki/Granada_de_mão
  5.  # 25

    Os ofensivas têm uma carga de 200 gramas de TNT, que matam. As de instrução têm uma carga inerte de areia e serrim. Deixe-se ficar pelas suas teorias da conspiração e não fale do que não sabe.
    • RCF
    • 27 Setembro 2019

     # 26

    Colocado por: marco1não para mim não, era mais importante a forma como se iria recuperar as armas do que propriamente recuperar as armas

    e hipotecava-se a recuperação das armas, só por não se saber quem assaltou...?
    Vejam que, a própria PJ, não direcionou a investigação para os assaltantes (pois não fazia ideia quem eram), mas sim para a PJM e chegou aos assaltantes a investigar a PJM...
  6.  # 27

    RCF

    entenda como quiser, para mim está errado o método de recuperação das armas.
    • RCF
    • 27 Setembro 2019

     # 28

    Não sejamos ingénuos...
    O que são os "informadores" das Polícias?
    Como funcionam?

    Desta vez correu mal... era um processo demasiado mediático e pelo meio havia uma guerra de Polícias... e a PJM talvez pudesse/devesse ter gerido melhor...
  7.  # 29

    TTancoss - Afinal quem é que não sabia ?

    pela parte que me toca, eu assumo.... nao sabia de nada!
  8.  # 30

    RCF

    quer ver...foram os informadores que devolveram as armas? informadores ou intermediários?
    quem é o ingénuo? quem não admite certas promiscuidades ?
  9.  # 31

    Colocado por: marco1
    quer ver...foram os informadores que devolveram as armas?

    Acho que o termo correto é recetadores...
    • RCF
    • 27 Setembro 2019

     # 32

    Colocado por: marco1RCF

    quer ver...foram os informadores que devolveram as armas? informadores ou intermediários?
    quem é o ingénuo? quem não admite certas promiscuidades ?

    Marco

    Obviamente, neste caso como em todos os outros, há promiscuidades entre Polícias e Informadores... Por isso, eu questionei o que são e como funcionam os informadores... "não há almoços grátis", ninguém dá nada a ninguém... o informador dá, a troco de qualquer coisa, se não, não dá...
  10.  # 33

    depois de enjaulados se colaborassem podiam ter algum beneficio
    agora informadores? ou criminosos a negociar com as autoridades? ficaram arrependidos por ter roubado? estavam prestes a ser apanhados? tudo muito estranho.
  11.  # 34

    Colocado por: RCF
    Marco

    Obviamente, neste caso como em todos os outros, há promiscuidades entre Polícias e Informadores... Por isso, eu questionei o que são e como funcionam os informadores... "não há almoços grátis", ninguém dá nada a ninguém... o informador dá, a troco de qualquer coisa, se não, não dá...


    Dá, muitas vezes em troca da sua liberdade. O meu pai trabalhou numa polícia e eles tinham um informador que em troca da liberdade dele, ele denunciava os seus parceiros do "gamanço".
    • RCF
    • 27 Setembro 2019

     # 35

    Colocado por: marco1depois de enjaulados se colaborassem podiam ter algum beneficio
    agora informadores? ou criminosos a negociar com as autoridades? ficaram arrependidos por ter roubado? estavam prestes a ser apanhados? tudo muito estranho.

    Lá está, há muita desinformação. Daí eu ter escrito isto lá atrás:
    Colocado por: RCFCreio que, para muita opinião pública, a PJM negociou com os assaltantes e sabendo que eram eles os assaltantes... mas não. A PJM teve conhecimento, não pelos assaltantes, mas por interposta pessoa, que também soube por interposta pessoa, que as armas estavam em determinado local. E essa interposta pessoa, que informou a PJM, antes de lhes dizer onde as armas estavam, referiu que apenas dizia o local se eles lhe garantissem que o deixavam de fora da história, isto é, que não dizia ter sido ele a indicar o local.


    Se a PJM procurasse reconhecimento, nomeadamente por parte do PR, então não teriam muito mais reconhecimento se, para além de recuperar as armas, prendessem os assaltantes?!
    O problema foi que eles não conseguiam chegar aos assaltantes... e, ou aproveitavam e recuperavam as armas... ou nada...
  12. Ícone informação Anunciar aqui?

    • RCF
    • 27 Setembro 2019 editado

     # 36

    Colocado por: macinblack

    Dá, muitas vezes em troca da sua liberdade. O meu pai trabalhou numa polícia e eles tinham um informador que em troca da liberdade dele, ele denunciava os seus parceiros do "gamanço".

    Pois claro... e há alguma coisa mais importante e mais valiosa que a liberdade...?
    E liberdade porquê? Porque, naturalmente, tinha cometido crimes que o levariam a ser preso. E esses Polícias encobriram esses crimes...
    Colocado por: RCF"não há almoços grátis", ninguém dá nada a ninguém... o informador dá, a troco de qualquer coisa, se não, não dá...
    • smart
    • 27 Setembro 2019 editado

     # 37

    hum...
    grave, grave, além de tudo, foi o amadorismo no demonstrado pela PJM...
    Foi isto que permitiu a interceoção e descoberta do esquema...
    se trabalham assim, eu vou ali e já venho...
    até os pilha galinha já têm determinados cuidados...
    enfim,,,assim vai o reino dos Tugas
    aqueles palxxxx, não têm sentido de estado nenhum
    nada justifica tal decisão/atitude
    andamos aqui com quintinhas
    quem manda, manda e quem deve cumpre.
    até parece que furtaram rebuçados
    A preocupação era abafar o caso para não demonstrar a negligência na guarda e a forma tão arcaica como funcionam aos forças armadas.
    Nem eles sabem o que foi furtado
    recuperaram o que não constava na lista e vário material desapareceu que não recuperaram.
    é o que tem sido dito pela comunicações social..
    Encerrem mas é metade dos quarteis ou 2/3.
    Formem quadros com profissionalismo e exigência
    Mandem metade para casa a começar nos Oficiais e Sargentos que na verdade, não têm ninguém para comandar...
    daqui a uns tempos ainda vão fazer uma comédia trogolodita com os todos...
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">