Iniciar sessão ou registar-se
    • FJDMC
    • 11 Fevereiro 2020

     # 21

    Peço desculpa pela pergunta mas o que é que um advogado ou solicitador vão adiantar?
    Julgo que apenas irão cobrar honorários pela consulta e mais não poderão fazer.
    Ana se quiser envie-me um e-mail que terei todo o gosto em ajudá-la e não cobro honorários.
  1. Ícone informação Anunciar aqui?

  2.  # 22

    O q vão adiantar? então não são esses dois profissionais q estão habituados a tratar de questões de herança, partilhas, e alguns até têm conhecimentos sobre os valores dos imóveis na região e podem orientar melhor a Ana.a?
    • smst
    • 12 Fevereiro 2020

     # 23

    Colocado por: FJDMCPeço desculpa pela pergunta mas o que é que um advogado ou solicitador vão adiantar?
    Julgo que apenas irão cobrar honorários pela consulta e mais não poderão fazer.
    Ana se quiser envie-me um e-mail que terei todo o gosto em ajudá-la e não cobro honorários.


    E já agora você vai ajudar como?
    Eu não estou a ver nenhuma casa a valer apenas 2500€ dado que tem de estar implantada num terreno, a menos que fique no "**** de Judas" e sem acessos. A casa certamente está registada com um valor patrimonial baixo e os outros herdeiros querem registar a venda por um valor baixo, quando certamente o valor acordado entre ambos é superior mas só querem dar tornas à autora do tópico e ao irmão do valor de registo, dai ter sugerido a consulta num advogado.
    Convinha a autora do tópico dar mais pormenores da casa/terrenos assim como zona onde são e acessos aos mesmos.
  3. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

    • FJDMC
    • 12 Fevereiro 2020

     # 24

    Colocado por: smst

    E já agora você vai ajudar como?


    Da forma que me for solicitada face ao caso concreto de forma a esclarecer as dúvidas.

    Colocado por: smstEu não estou a ver nenhuma casa a valer apenas 2500€ dado que tem de estar implantada num terreno, a menos que fique no "**** de Judas" e sem acessos. A casa certamente está registada com um valor patrimonial baixo e os outros herdeiros querem registar a venda por um valor baixo, quando certamente o valor acordado entre ambos é superior mas só querem dar tornas à autora do tópico e ao irmão do valor de registo, dai ter sugerido a consulta num advogado.
    Convinha a autora do tópico dar mais pormenores da casa/terrenos assim como zona onde são e acessos aos mesmos.


    Sem conhecer o caso concreto, pode-se mandar os bitaites que se quiserem.
    • ana.a
    • 12 Fevereiro 2020

     # 25

    Boa tarde,
    Vou enviar e-mail particular.
    Colocado por: FJDMC

    Boas,

    A avó faleceu viúva? Em que data faleceu? O pai faleceu em que data? Também viúvo?
    A avó teve quantos filhos?

    Nas finanças, não havendo viúvo, o filho mais velho ou que vivia com a avó ficou como cabeça de casal.
    Tinham 3 meses para comunicar o óbito às finanças que penso que fizeram por já existe um NIF da herança corrrecto?

    Provavelmente não terão é feito a Habilitação de Herdeiros e para venderem a herança da avó terão de fazer. A habilitação de herdeiros será o documento que vos habilita enquanto herdeiros da pessoa que faleceu, que comprova a vossa qualidade. A avó tendo já falecido não pode vender e portanto no seu lugar terão de vir todos aqueles que foram classificados como seus herdeiros.
    Neste caso concreto, também será necessária a habilitação de herdeiros do pai previamente falecido. Ambas as escrituras poderão ser feitas no mesmo acto.

    Para a venda é necessário estarem todos os herdeiros de acordo porque todos terão de assinar ou não havendo acordo terão de ir para o inventário.
    Quanto aos terrenos, todos os herdeiros terão de estar igualmente de acordo.
    Mas caso o problema seja não querer ficar com os terrenos poderá sempre doar os terrenos a quem quiser. E assim os terrenos deixam de ser seus. Aliás parece-me que os terrenos ainda não são seus. O que deverá existir é uma herança indivisa.
    Para que os terrenos deixem também de lhe pertencer terão da fazer a partilha, ou seja, deixa de existir uma herança indivisa e passa a existir uma herança partilhada. Dentro desta partilha pode abdicar da quota que lhe pertence dos terrenos e doar a quem quiser mas irá pagar 10% de imposto às finanças.
    Concordam com este comentário:JB40
    Concordam com este comentário: FJDMC
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">