Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa tarde,
    Adoptei uma cadela.
    E até ter iniciado uma pesquisa acerca da esterilização eu era completamente pró-esterilização e tinha inclusive dito que mal a cadela fizesse 6 meses seria esterilizada.
    Em conversa com uma amiga ela disse que a dela era esterilizada e que tinha corrido tudo bem, só ficou a tomar comprimidos diariamente para a incontinência.
    Nunca tinha ouvido falar nisso, nem nunca nos avisam dos contras na realidade. A ela não avisaram dessa possibilidade e agora a cadela não consegue controlar a bexiga.
    Só nesse momento fui pesquisar.
    Encontrei diversa informação, diversas compilações e estudos recentes que decidi ler.
    Falam dos contras também. E muitos deles são muito maus, não é apenas a incontinência. É a probabilidade maior de ter linfoma, hemangiossarcoma e osteosarcoma, entre coisas mais ligeiras como osteoporose, hipotiroidismo ou aumento da ansiedade.
    Tentei conversar com o veterinário acerca das minhas preocupações, fui tratada como uma imbecil e uma das frases foi que "As rafeiras têm que ser todas esterilizadas e ponto final", como se fossem uma praga a ser exterminada. Eu compreendo perfeitamente que existam muitos donos irresponsáveis o que culmina numa superpopulação de animais de rua. Mas eu não sou irresponsável e o que para ele é uma rafeira que deve ser esterilizada independente da qualidade de vida e dos contras, para mim é a princesinha lá de casa e quero a melhor qualidade de vida para ela.

    Decidi pedir uma segunda opinião a um veterinário Suíço, a minha família vive lá e eu também já vivi, temos animais lá que são seguidos lá.

    E ele disse que os contras existem e são reais, que estamos a forçar uma menopausa precoce no animal e as hormonas que regulam os ciclos sexuais regulam outras funções também é fazem falta. Disse que não aconselha esterilização sem razão médica para isso e que um cancro mamário é muito mais simples de detetar precocemente e tratar do que um linfoma. Mas que se para nós é importante esterilizar podemos fazer, ele aconselharia um implante (o que eu acho que não existe cá), mas podemos esterilizar retirando apenas o útero (resolvendo assim a questão da pioneira que é o argumento mais utilizado para a importância da esterilização) e assim a cadela não teria piometra e mantendo os ovários garantindo que as restantes funções hormonais eram mantidas.

    Questão: Alguém sabe de algum veterinário/clínica que esteja a par da evolução dos estudos e que já faça este tipo de procedimento inovador?
  2.  # 2

    Colocado por: Veronica.ICRMas eu não sou irresponsável
    se nao é irresponsável é muito fácil na altura do cio ter os cuidados necessários para que nao fique prenhe, é estar atenta aos 5/6 dias em que é possivel a fecundação..

    sempre tive cadelas em casa e nunca foram esterilizadas e morreram todas velhinhas sem qualquer problema. Existe uma 'pilula' injectável mas não aconselho. também pode causar problemas de saúde mais adiante.

    temos de aceitar os animais como são e não submetê-los a cirurgias desneceárias só porque a NÓS nos dá jeito, sim , a nós.
    Concordam com este comentário: Quilleute, Veronica.ICR
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Veronica.ICR
  3.  # 3

    Sempre achei que a esterilização “só porque sim” era um disparate completo.

    Tenho uma cadela , que apesar de ter sido aconselhado pelo veterinário, optámos pela não esterilização.

    Ambos (Eu e a minha Maria ) entendemos que esterilização efectuada para prevenção de cancros mamários etc , é absurda , se assim fosse a mInha Maria já tinha retirado todo o útero / ovários e peito e eu a minha próstata ... 😂😂

    Só tem de ter cuidado cerca de 2 vezes por ano ao passea-la , bastará afastá-la das áreas mais frequentadas por outros cães ( sair , fazer as necessidades e recolher a casa ) , em casa o uso de roupa apropriada ( lavável) para o efeito .
    Para a minha compramos umas “cuecas” que da para colocar um tecido absorvente , lavável, para que não suje a casa com sangue.
    A coitada odeia andar vestida mas paciência.

    Esta é a nossa posição , e com 7 anos a minha, nunca engravidou.

    Atenção que se tiver quintal , convém não a deixar a solta nessas alturas , os bixos são do caneco 😂😂.
  4.  # 4

    Muito interessante a discussão.
    Tenho um cachorro com 9 meses e todos ( criadora, veterinário e amigos) me dizem que o devo esterilizar , mas tenho dúvidas. A única vantagem que encontro é que passará a urinar muito menos ( uma saída à rua representa sempre mais de 12 paragens, pois há que marcar território), mas isso é uma vantagem para mim , não para ele. Tenho andado a adiar.
    Aguardo opinião de quem tenha mais experiência
  5.  # 5

    Colocado por: antonylemosse nao é irresponsável é muito fácil na altura do cio ter os cuidados necessários para que nao fique prenhe, é estar atenta aos 5/6 dias em que é possivel a fecundação..

    sempre tive cadelas em casa e nunca foram esterilizadas e morreram todas velhinhas sem qualquer problema. Existe uma 'pilula' injectável mas não aconselho. também pode causar problemas de saúde mais adiante.

    temos de aceitar os animais como são e não submetê-los a cirurgias desneceárias só porque a NÓS nos dá jeito, sim , a nós.
    Concordam com este comentário:Quilleute,Veronica.ICR
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Veronica.ICR


    Tenho que dizer que concordo plenamente.

    E foi mesmo isso que o veterinário disse (o da Suiça), a esterilização é só para comodidade do dono e não para melhorar a qualidade de vida do animal. Mas ele percebe a pressão feita aqui devido ao excesso de população de cães. Aqui pensam no melhor para a população e não no melhor para o animal individualmente.

    Eu só continuo a ponderar a esterilização com apenas retirada do útero porque a pressão psicológica é enorme. Ora, se a cadela algum dia por azar tiver piometra vou ser culpada disso, porque não segui o conselho do veterinário. E depois apesar de o meu jardim/quintal ter um muro e uma vedação que culmina numa altura de 2,5m o veterinário basicamente disse que para os cães dos vizinhos não vão existir barreiras intransponíveis. Aliás já decidi que a vou ensinar a fazer as necessidades também na varanda do segundo andar para ela não ter que ir sequer ao jardim durante o cio e já decidimos que não vai ser passeada.

    Mas não temos resolução para a piometra. Só quero que ela não sofra com doença nenhuma que possa ser causada por decisões minhas.
  6.  # 6

    Colocado por: Maria LuísaMuito interessante a discussão.
    Tenho um cachorro com 9 meses e todos ( criadora, veterinário e amigos) me dizem que o devo esterilizar , mas tenho dúvidas. A única vantagem que encontro é que passará a urinar muito menos ( uma saída à rua representa sempre mais de 12 paragens, pois há que marcar território), mas isso é uma vantagem para mim , não para ele. Tenho andado a adiar.
    Aguardo opinião de quem tenha mais experiência


    Macho ou fêmea honestamente, não vejo vantagens nenhumas em esterilização animal.
    Quando decidimos ter um animal , aceitamos a responsabilidade de o acolher porque gostamos e temos condições para isso é não “cortá-lo” só porque é bonito ou confortável para os donos.
    Em caso de machos , a castração também vai reduzir os níveis de testosterona, ou seja ele irá ser mais brando.
    Sem a castração ... é uma questão de educação e impor-se como “alfa”.
    O meu irmão tem um macho , não o castrou ... ao início passado a fase cachorro, ainda lhe mostrou os dentes , levou uma “palmada “ ( atenção nada de tareias , o animal não tem de ter medo ) , e ficou fechado na área dele até acalmar.
    Cada vez que ele levantava a garipa, era fechado na área dele e só lhe voltavam a abrir a cerca quando acalmava ....
    Durou este sistema cerca de 2 semanas , até ele aprender e preferir estar calmo e livre , ou armar-se e ser afastado e preso.

    Agora é um paz de alma .😂😂

    Opinião pessoal : Já me vieram com cantigas que dependia da raça , nunca fui nessa conversa ... pra mim sempre foi questão de educação.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Maria Luísa
  7.  # 7

    Colocado por: Veronica.ICR

    Tenho que dizer que concordo plenamente.

    E foi mesmo isso que o veterinário disse (o da Suiça), a esterilização é só para comodidade do dono e não para melhorar a qualidade de vida do animal. Mas ele percebe a pressão feita aqui devido ao excesso de população de cães. Aqui pensam no melhor para a população e não no melhor para o animal individualmente.

    Eu só continuo a ponderar a esterilização com apenas retirada do útero porque a pressão psicológica é enorme. Ora, se a cadela algum dia por azar tiver piometra vou ser culpada disso, porque não segui o conselho do veterinário. E depois apesar de o meu jardim/quintal ter um muro e uma vedação que culmina numa altura de 2,5m o veterinário basicamente disse que para os cães dos vizinhos não vão existir barreiras intransponíveis. Aliás já decidi que a vou ensinar a fazer as necessidades também na varanda do segundo andar para ela não ter que ir sequer ao jardim durante o cio e já decidimos que não vai ser passeada.

    Mas não temos resolução para a piometra. Só quero que ela não sofra com doença nenhuma que possa ser causada por decisões minhas.


    A doença não é causada por si , é a natureza que manda.
    Pessoalmente, injeções e tratamentos só não faço os que não puder, retirar “peças “ na eventualidade de ... eu não .
  8.  # 8

    Colocado por: QuilleuteSempre achei que a esterilização “só porque sim” era um disparate completo.

    Tenho uma cadela , que apesar de ter sido aconselhado pelo veterinário, optámos pela não esterilização.

    Ambos (Eu e a minha Maria ) entendemos que esterilização efectuada para prevenção de cancros mamários etc , é absurda , se assim fosse a mInha Maria já tinha retirado todo o útero / ovários e peito e eu a minha próstata ... 😂😂

    Só tem de ter cuidado cerca de 2 vezes por ano ao passea-la , bastará afastá-la das áreas mais frequentadas por outros cães ( sair , fazer as necessidades e recolher a casa ) , em casa o uso de roupa apropriada ( lavável) para o efeito .
    Para a minha compramos umas “cuecas” que da para colocar um tecido absorvente , lavável, para que não suje a casa com sangue.
    A coitada odeia andar vestida mas paciência.

    Esta é a nossa posição , e com 7 anos a minha, nunca engravidou.

    Atenção que se tiver quintal , convém não a deixar a solta nessas alturas , os bixos são do caneco 😂😂.


    Tenho quintal e a vedação até é bastante alta. Tenho 2 gatos e nem eles conseguem sair do quintal. Mas já foi decidido que ela não vai frequentar o quintal nessas épocas.
    Concordam com este comentário: Quilleute
  9.  # 9

    Aliás eu não dei a informação toda.

    Mas o veterinário cá foi mesmo muito agressivo na abordagem. Começou a dizer que eu andei a ler coisas na internet e que não sabia nada do que dizia, e eu disse que sim, andei, mas eram artigos publicados no PubMed por exemplo e efetuados com uma amostra até bastante grande de cães.
    A resposta foi que o PubMed só aceita "trampa".

    O veterinário suiço tem uma abordagem completamente diferente:

    -O comportamento do animal nada tem a ver com hormonas, mas sim com educação. Aliás um animal com desregulação hormonal até pode ser mais agressivo, porque tem medo mais facilmente é mais ansioso e vai responder com agressão. Principalmente as fêmeas que vão estar privadas de estrogénio.

    -Não se retiram órgãos saudáveis por profilaxia. Não faz sentido retirar um orgão saudável para prevenir algo que pode nunca acontecer.
    -O cancro da mama na cadela é facilmente detetável nas consultas de rotina e raramente é mortal e a piometra é tratável.

    -Os outros cancros, como linfoma os osteossarcoma, não são facilmente detetáveis e são mortais.

    Para além dos contras menores como incontinência, hipotiroidismo, osteoporose, displasia da anca, obesidade, que apesar de não serem mortais vão interferir com a qualidade de vida do animal.

    Mas aqui nega-se a existência de contras e somos quase obrigados a esterilizar. Caso contrário somos maus donos
    Concordam com este comentário: Quilleute, antonylemos
  10.  # 10

    Não se retiram órgãos saudáveis por profilaxia. Não faz sentido retirar um orgão saudável para prevenir algo que pode nunca acontecer.


    Concordo plenamente!!
  11.  # 11

    Colocado por: Quilleuteque apesar de ter sido aconselhado pelo veterinário,
    existe um lobby forte entre os veterinários para efetuar esse tipo de procedimento, tal como existe um lobby de rações contra dietas raw (carne crua)...

    .. lembrem-se que eles ganham com as cirurgias, quantas mais fizerem para eles melhor

    Colocado por: Maria LuísaA única vantagem que encontro é que passará a urinar muito menos ( uma saída à rua representa sempre mais de 12 paragens, pois há que marcar território),
    eles nem deixam de marcar território, nem perdem a vontade sexual.

    tudo bem, concordo que haja um excesso de animais, em especial abandonados, mas não é a enganar as pessoas que se vai lá. que sejam honestos.

    Colocado por: Veronica.ICROra, se a cadela algum dia por azar tiver piometra vou ser culpada disso, porque não segui o conselho do veterinário.
    com esse pensar não havia mulher nenhuma com seios, nem homens com próstatas...

    Colocado por: Veronica.ICRE depois apesar de o meu jardim/quintal ter um muro e uma vedação que culmina numa altura de 2,5m o veterinário basicamente disse que para os cães dos vizinhos não vão existir barreiras intransponíveis. Aliás já decidi que a vou ensinar a fazer as necessidades também na varanda do segundo andar para ela não ter que ir sequer ao jardim durante o cio e já decidimos que não vai ser passeada.
    os dias criticos são cerca de 5 dias, se estiver atenta aos fluxos da cadela e ao comportamento dela você percebe quais os dias, ela vai querer ir ao encontro deles.. nao são eles a ir ao encontro dela. ao fazer festas ela desvia o rabo a dar 'acesso' por exemplo.. esses sao os dias critios, nos outros dias do cio ela não deixa montar.

    Colocado por: QuilleuteO meu irmão tem um macho , não o castrou ... ao início passado a fase cachorro, ainda lhe mostrou os dentes , levou uma “palmada “ ( atenção nada de tareias , o animal não tem de ter medo ) , e ficou fechado na área dele até acalmar.
    naofaz falta isso, basta dominá-lo como fazem as cadelas mães. segurar deitados pelo pescoço até almarem.. veja videos de como se faz (https://www.youtube.com/watch?v=QXoQ72836SU&t=724s) sempre fiz isto aos meus desde pequeno, e outra coisa.. com cães pequenos.. ensinar que tu mandas é super fácil, é tirar-lhes a comida enquanto comem, se resmungarem fazer a tecnica acima descrita, se nao, mandar sentar e voltar a dar de comer.. repetir de vez em quando e mesmo em grande pra que nao esqueçam.. parece cruel, mas nao é.
    Concordam com este comentário: Quilleute
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Quilleute
  12.  # 12

    Colocado por: Veronica.ICRMas aqui nega-se a existência de contras e somos quase obrigados a esterilizar. Caso contrário somos maus donos
    manda esse gente pro raio....

    a sério.. esse tipo de bullying só desacredita a classe dos veterinários.
    Concordam com este comentário: Quilleute
  13.  # 13

    Colocado por: antonylemos nao faz falta isso, basta dominá-lo como fazem as cadelas mães. segurar deitados pelo pescoço até almarem.. veja videos de como se faz (https://www.youtube.com/watch?v=QXoQ72836SU&t=724s) sempre fiz isto aos meus desde pequeno, e outra coisa.. com cães pequenos.. ensinar que tu mandas é super fácil, é tirar-lhes a comida enquanto comem, se resmungarem fazer a tecnica acima descrita, se nao, mandar sentar e voltar a dar de comer.. repetir de vez em quando e mesmo em grande pra que nao esqueçam.. parece cruel, mas nao é.
    Concordam com este comentário:Quilleute
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Quilleute


    A da comida já sabia , e sempre o fiz também.
    A outra não conhecia ... obrigado !!👍👍
  14.  # 14

    Colocado por: Quilleute

    A da comida já sabia , e sempre o fiz também.
    A outra não conhecia ... obrigado !!👍👍
    tem de ser feito firmemente e não é acalmar e levantar, senao pensa que foi a brincar, é manter ali um bom bocado. ao retirar as maos ele deve ficar deitado. depois pode resumir com outras brincadeiras como se n tivesse acontecido nada, mas sempre que faltar ao respeito pumba, deitado de lado de novo
  15.  # 15

    Colocado por: Quilleute
    👍👍
    veja como fazem os cães https://www.youtube.com/watch?v=KHBe0jT6S3U

    é uma das razões pelo qual nunca se deve tirar os cachorros da mae demasiado cedo.. elas sao as que iniciam a educação e respeito

    de inicio é a brincar... https://www.youtube.com/watch?v=9Ena_ktPaU0&t=64s

    eu faço sempre na brincadeira desde pequenos... apenas tive de o fazer uma vez a um em adulto, não foi necessário mais que uma vez
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Maria Luísa, Quilleute
  16.  # 16

    Colocado por: antonylemos
    existe um lobby forte entre os veterinários para efetuar esse tipo de procedimento, tal como existe um lobby de rações contra dietas raw (carne crua)...

    Por acaso gostava de saber mais sobre este tópico também. A cadela não está a aceitar bem as rações ou não as come ou fica com diarreia. E eu dei-lhe comida caseira uns dias. Disse ao veterinário que lhe tinha dado frango e peru. Depois de ser literalmente chamada de imbecil lá comprei eu um saco de Royal Canin. Ontem inseri umas bolachas misturadas com o Peru. Umas 5, mesmo muito pouco. Hoje diarreia
  17.  # 17

    1. Mude de veterinário

    2. Ele comeu alguma coisa fora do comum ? O veterinário k que disse em relação á diarreia ? Se ele comeu algo que lhe irritou o sistema digestivo , ainda vai demorar uns dias a regular e a melhorar . ( Atenção mantê-lo hidratado)

    3. Comida caseira pode fazê-la mas sempre sem temperos e carnes magras mas só como complemento ocasional , o ideal é a ração.

    4. Existe uma ração extremamente em conta e hipoalergenica ( Libra ) a venda em qualquer loja de animais , a minha cadela tem umas alergias manhosas e ao início o veterinário recomendou-me a hipoalergenica Royal Canin ( caríssima ) , depois de algumas pesquisas pela net , questionei o veterinário se poderia optar pela libra ( salmão / frango ou borrego ) e ele disse que não haveria qualquer problema .

    Demorou a habituar-se ( passando até alguns dias quase sem comer ) , fomos dando como se fosse um petisco e ela la foi aceitando e desde então é a marca que usamos .
    Da royal canin de 50 € cada saca de 2 kilos .... compro de 15 kilos por 40€ +\-
    Existem umas lojas on-line que por vezes fazem umas promoções porreiras , se tiver onde armazenar é de aproveitar.

    O importante é garantir que ele não esteja a mastigar nada que o possa magoar, ingerir algo com químicos , comer alguma planta /erva do quintal ( No quintal usa algum remédio / químico ? )

    A comida caseira convém não o habituar muito de início a isso senão ele vai sempre recusar a ração ( é cão mas não é parvo ) .
  18.  # 18

    Sim, mudar de veterinário já está decidido.

    Ela não comeu nada de estranho.

    Ele diz que o problema é ter havido uma troca de ração. Tentei trocar a ração porque ela não comia simplesmente, colocava de manhã a ração e ao final do dia ainda lá estava. Mas mesmo não comendo 1/3 da dose de ração recomendada fazia cocó 8 vezes dia. Tentei trocar e introduzi uma ração diferente misturando as rações. Ela começou a comer mas ficou com diarreia. Ele disse para lhe dar frango e arroz e depois voltar introduzir a ração.
    Assim o fiz.
    Continuou com diarreia.
    Probioticos.
    Continuou
    Só passou novamente com introdução de comida caseira.
    Agora introduzi a da Royal Canin porque foi a recomendação. Mas uma quantidade muito pequena.
    Diarreia novamente

    Não é uma diarreia grave, mas não são fezes normais.

    Começo a achar que já algo nas rações que ela não tolera
  19.  # 19

    Mas isso é das mudanças constantes de alimentos .

    Escolha uma ração e deixe o organismo estabilizar.
    É por esse motivo que quando se muda de ração , deve-se mudar gradualmente , para evitar esse tipo de problemas .

    Escolha uma ração para longo prazo e o organismo dele vai estabilizar.

    O veterinário deveria tê-la informado que essa situação iria manter-se até estabilizar ...🤦‍♂️

    Para já nada de comida caseira ...
  20.  # 20

    Verónica, é possível que a sua cadela tenha uma sensibilidade gastrointestinal e necessite de numa ração especial.

    Quilleute, permita-me que corrija, mas a libra não é uma ração hipoalergénica.

    Quer uma ração muito boa e com bom preço, dê Lenda.

    Em relação à esterilização faça como o seu coração achar melhor. Não sou a favor, nem tenho nada contra mas acho que todos os cães de raça ou não, sempre que as pessoas não queiram criar deveriam ser esterilizados. Mais os rafeiros que os cães de raça pela simples questão que ao esterilizar um cão de raça podemos estar a eliminar da equação um excelente exemplar que demorou anos a conseguir.
    Lembre-se que não são apenas os cães que fazem tudo para estar com a cadela, as cadelas também têm vontade própria e uma varanda se não estiver protegida pode dar mais resultado.
    As doenças virão sempre, se esterilizar vêm umas, se não o fizer aparecem outras ou morre de outra coisa qualquer. Ninguém fica cá para sempre.
 
0.0262 seg. NEW