Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Bom dia
    Tenho uma dúvida: para efeitos de avaliação imóvel para crédito bancário, qual a área que o avaliador costuma considerar? Área bruta privativa ou área bruta dependente?
    Quero comprar um apartamento cuja área bruta privativa é de 84,600m2 e bruta dependente 107m2

    Obgda
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Colocado por: Isabel DiasTenho uma dúvida: para efeitos de avaliação imóvel para crédito bancário, qual a área que o avaliador costuma considerar? Área bruta privativa ou área bruta dependente?

    Ambas, com valores diferentes.
    Concordam com este comentário: Isabel Dias
  4.  # 3

    Colocado por: Isabel DiasTenho uma dúvida: para efeitos de avaliação imóvel para crédito bancário, qual a área que o avaliador costuma considerar?


    Tudo.

  5.  # 4

    Colocado por: Nelhas

    Tudo.


    Certo, mas para definir o valor final de avaliação uma das coisas que fazem é ver a qual o valor médio do m2 na zona do imóvel e multiplicar o valor pela área. a minha questão é qual a área que usam para esse cálculo?

    Obgda
  6.  # 5

    Colocado por: Isabel DiasCerto, mas para definir o valor final de avaliação uma das coisas que fazem é ver a qual o valor médio do m2 na zona do imóvel e multiplicar o valor pela área. a minha questão é qual a área que usam para esse cálculo?

    Obgda


    Discordo.

    Porque se o imóvel estiver em muito mau estado, numa zona nobre, com 90% de imóveis em bom estado, com 30% no mercado, ninguém lhe vai fazer esse calculo.
    Diga-me, o seu interesse é saber a formula ou que factores influenciam a mesma?
  7.  # 6

    Para efeitos de avaliação imobiliaria, não se utiliza as definições de area das finanças ( area bruta dependente e privativa)... de nada serve, é o que consta da CRP, dos projectos, se houver e do construido efectivamente...

    E utilizam-se diveros tipos de calculo para obtenção do valor, um deles é o valor de mercado... tem a haver com o preço medio que imoveis equivalentes ao seu estejam à venda na área... alem das areas conta a tipologia...


    Não se apoquente com isso que é uma situação que não consegue controlar.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Isabel Dias
  8.  # 7

    Colocado por: Isabel Diasa minha questão é qual a área que usam para esse cálculo?

    Pegam na planta e medem, o que está na caderneta vale de pouco.



    Colocado por: Pedro BarradasNão se apoquente com isso que é uma situação que não consegue controlar.

    É isto, não se apoquente com isso.
  9.  # 8

    Colocado por: Pedro BarradasPara efeitos de avaliação imobiliaria, não se utiliza as definições de area das finanças ( area bruta dependente e privativa)... de nada serve, é o que consta da CRP, dos projectos, se houver e do construido efectivamente...


    Colocado por: Picaretao que está na caderneta vale de pouco.

    Não é bem assim. Não sendo fornecidas as plantas aprovadas do imóvel, no caso por exemplo, de um edifício de dois pisos, que tem a área de r/c na CPU como área bruta dependente e o 1º andar como área bruta privativa; e como a CRP em geral só tem registada a área de implantação, o avaliador mesmo que se depare no local com o r/c a ter uso habitacional, terá de o valorizar como área bruta dependente (arrecadações, garagem, etc.).
  10.  # 9

    Colocado por: J.FernandesNão é bem assim. Não sendo fornecidas as plantas aprovadas do imóvel, no caso por exemplo, de um edifício de dois pisos, que tem a área de r/c na CPU como área bruta dependente e o 1º andar como área bruta privativa; e como a CRP em geral só tem registada a área de implantação, o avaliador mesmo que se depare no local com o r/c a ter uso habitacional, terá de o valorizar como área bruta dependente (arrecadações, garagem, etc.).

    Pois, não havendo projectos presumo que seja assim, mas existindo projectos aprovados, também presumo que nenhum avaliador faça uma avaliação sem consultar esses projectos.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">