Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa tarde

    Eu e a minha companheira vamos comprar um imóvel e estamos analisar todos os custos associados ao mesmo e as propostas do banco para o valor que necessitamos:

    Preço do imovel: 120.000€
    Valor de entrada: 40.000€
    Valor do credito: 80.000€

    Além do valor do imóvel, pelo que percebemos, teremos pagar IMT e imposto de selo (1500€ no nosso caso) e o valor para o banco analisar o nosso caso (1000€ a 1500€)

    Em termos de valor liquido de rendimentos temos cerca de 1800€/mes, sendo que um de nós tem contrato efetivo e o outro ainda se encontra em estagio profissional.

    Recebemos a proposta da cgd em que tinhamos um valor de TAEG de 3,2% podendo passar a 2,7% consoante os produtos... Do que vimos parece exagerado... Estamos à espera de outras propostas de credito no entanto estes valores sao recorrentes? Ha forma de os baixar?

    Quando vimos o MTIC ficamos logo com vontade de desistir... Mas as rendas são o que são e nao podemos continuar assim.
  2.  # 2

    os bancos já há muito que não carregam no spread mas antes nas outras rúbricas que fazem subir a TAEG. seguros, comissão de manutenção, cartões, comissões inciais etc etc

    o MTIC aceitável será o que vocês entenderem mas penso que 1,5 x o montante do empréstimo em 35 a 37 anos é um bom valor para início de conversa

    um spread de 1,25 deverá dar uma TAEG de 2,5% para quem não se esticar

    eu diria que uma boa proposta sriam 80 mil euros em 30 anos com um spread de 1% = 12 mil euros de juros. mais o resto, seguros etc
    Concordam com este comentário: Rodri12
  3.  # 3

    Colocado por: nunes pahos bancos já há muito que não carregam no spread mas antes nas outras rúbricas que fazem subir a TAEG. seguros, comissão de manutenção, cartões, comissões inciais etc etc

    o MTIC aceitável será o que vocês entenderem mas penso que 1,5 x o montante do empréstimo em 35 a 37 anos é um bom valor para início de conversa

    um spread de 1,25 deverá dar uma TAEG de 2,5% para quem não se esticar

    eu diria que uma boa proposta sriam 80 mil euros em 30 anos com um spread de 1% = 12 mil euros de juros. mais o resto, seguros etc
    Concordam com este comentário:Rodri12


    Tinhamos exatamente pensado nesses valores de juros pelo emprestimo (tinhamos pensado que ate 15.000 € era aceitavel atendendo a sermos jovens, ao valor de entrada e do imovel)

    No entanto no MTIC da Fine temos 114.975,02€ ou seja um custo de quase 35.000€ o que é absurdo, no entanto este valor ja tem em conta os seguros?

    A prestação seria (taxa variavel) de 331,42€ o que fazendo as contas a 25 anos dá 99.426€

    Não percebemos a diferença dos valores
  4.  # 4

    o MTIC inclui todos os custos, seguros incluidos.

    O vosso MTIC está abaixo de 1,5x a divida parece aceitável, mas nada como visitar outros bancos ou contratar um intermediário de crédito.
  5.  # 5

    concordo com o MS_11

    MTIC 1,5 é bom

    o MTIC inlcui TODOS os encargos. seguors, despesas de conta, etc etc etc TODOS

    confirmem que a simulação do seguor está bem feita e que não são valors aproximados. o upeçam a simulação do seguro à parte. ás vezes esticam-se um pouco nos seguros.

    agora são jovens mas mais para a frente o seguro pesa um pouco. mas o capital em dívida também será menor

    1% 80 mil euros 300 meses não dá 331€ mas sim 310 mais menos com 10400 euros de juros (euribor a 0.16%)
  6.  # 6

    Colocado por: nunes pahconcordo com o MS_11

    MTIC 1,5 é bom

    o MTIC inlcui TODOS os encargos. seguors, despesas de conta, etc etc etc TODOS

    confirmem que a simulação do seguor está bem feita e que não são valors aproximados. o upeçam a simulação do seguro à parte. ás vezes esticam-se um pouco nos seguros.

    agora são jovens mas mais para a frente o seguro pesa um pouco. mas o capital em dívida também será menor

    1% 80 mil euros 300 meses não dá 331€ mas sim 310 mais menos com 10400 euros de juros (euribor a 0.16%)


    Relativamente aos seguros por exemplo a AEGON que trabalha com o Santander é uma brutalidade. Consegui seguro vida a 30% do custo com cobertura até superior (aumento da idade do ITP 60%)
 
0.0119 seg. NEW