Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa tarde,
    Comprei casa e tenho dúvidas em como resolver a componente Estetica do exaustor.
    A casa vinha com chaminé em mau estado que removi.
    Agora vou pôr um exaustor de parede.

    O problema que se põe é o facto do buraco de saída ser muito em baixo.

    Estava a ponderar pôr uma ligação Y junto à saída de cima, e ligar ambos os tubos no Y. Mas não sei se cumpre a lei, até porque tenho inspeção para semana.

    Alguém consegue me esclarecer em relação à legalidade dos tubos em Y?

    IMG-20231101-180721
    https://imgbb.com/' >upload
  2.  # 2

    A Ideia seria anular a saída onde está a cruz vermelha.
    Acrescer forquilha em Y onde está o azul e ligar o tubo do exaustor verde.
    IMG-20231114-135950
    • marq
    • 14 novembro 2023

     # 3

    Onde era a saída da chaminé que removeu?
    • marq
    • 14 novembro 2023

     # 4

    Não deve ser viável essa ligação que você pensou. Com o funcionamento ao mesmo tempo do extrator e do esquentador vai dar problemas no esquentador.

    Já agora o esquentador funciona corretamente? Não eliminaram a sonda de gases, pois não? O tubo do esquentador deveria sair mais reto para cima uns 50cm e depois é que pode fazer ligeira curva para a saída dos gases.
  3.  # 5

    Colocado por: marqOnde era a saída da chaminé que removeu?


    A saída não removi. Apenas tapei com fita papel. É onde está a cruz vermelha,tinha um extrator daqueles de parede mais básicos. A chaminé era Estética apenas.
  4.  # 6

    Colocado por: marqNão deve ser viável essa ligação que você pensou. Com o funcionamento ao mesmo tempo do extrator e do esquentador vai dar problemas no esquentador.

    Já agora o esquentador funciona corretamente? Não eliminaram a sonda de gases, pois não? O tubo do esquentador deveria sair mais reto para cima uns 50cm e depois é que pode fazer ligeira curva para a saída dos gases.


    Eu penso que não. A casa já tinha esquentador, não sei se elimanaram o sensor.
    A minha questão é mais em termos de legalidade, porque algures vi que o tubo do esquentador deveria ser único e não ter outras junções, mas não era um documento oficial.

    Agora não sei se a saída do esquentador é do exaustor se estão no mesmo tubo por dentro da parede ou em dois tubos separados.
    • marq
    • 14 novembro 2023

     # 7

    Já agora, vai ter inspeção de quê?
  5.  # 8

    Colocado por: marqJá agora, vai ter inspeção de quê?


    Como iniciei novo contrato, tenho a inspeção da instalação do gás. Os técnicos que avaliam o monóxido de carbono com o esquentador a funcionar.
  6.  # 9

    O esquentador é ventilado?
    É que se não for dificilmente passa na inspecção.
    Uma solução é colocar um interruptor em que só liga um de cada vez.
  7.  # 10

    Colocado por: sognimO esquentador é ventilado?
    É que se não for dificilmente passa na inspecção.
    Uma solução é colocar um interruptor em que só liga um de cada vez.


    Sim é ventilado
  8.  # 11

    Não sei dizer se é legal, mas para não ter problemas na inspeção, caso opte pelo Y coloque o interruptor (não sei o nome correto, mas se perguntar numa casa de electricidade eles explicam), ou trabalha um ou trabalha o outro.
    Essa instalação deve ser num prédio e o diâmetro desse tubo deve ser de 110, o que na minha opinião é pouco para suportar a exaustão dos dois ao mesmo tempo.
  9.  # 12

    Colocado por: sognimNão sei dizer se é legal, mas para não ter problemas na inspeção, caso opte pelo Y coloque o interruptor (não sei o nome correto, mas se perguntar numa casa de electricidade eles explicam), ou trabalha um ou trabalha o outro.
    Essa instalação deve ser num prédio e o diâmetro desse tubo deve ser de 110, o que na minha opinião é pouco para suportar a exaustão dos dois ao mesmo tempo.


    Penso que esteja a falar de um comutador (interruptor que só permite um aparelho em funcionamento de cada vez.

    A dúvida que surge agora é se o tubo onde estava ligado o outro aparelho se está separado ou também em forquilha com o de cima.
  10.  # 13

    Não pode ter o esquentador á mesma conduta do exaustor.
  11.  # 14

    Colocado por: sognimNão sei dizer se é legal, mas para não ter problemas na inspeção, caso opte pelo Y coloque o interruptor (não sei o nome correto, mas se perguntar numa casa de electricidade eles explicam), ou trabalha um ou trabalha o outro.
    Essa instalação deve ser num prédio e o diâmetro desse tubo deve ser de 110, o que na minha opinião é pouco para suportar a exaustão dos dois ao mesmo tempo.

    Tive isto na minha casa antiga. Exatamente isto, na verdade.


    Se é legal não sei, mas na 1a vez (sem comutador) chumbou na inspeção do gás.
    Na 2a, com o comutador, passou.
    Nunca tive qualquer problema.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: sognim
  12.  # 15

    Colocado por: casinhaDaAvo
    Tive isto na minha casa antiga. Exatamente isto, na verdade.


    Se é legal não sei, mas na 1a vez (sem comutador) chumbou na inspeção do gás.
    Na 2a, com o comutador, passou.
    Nunca tive qualquer problema.


    Aconselharam me a pôr uma forquilha em Y com deflector interno.
    Dar prioridade ao diâmetro do tubo do esquentador.

    No entanto vou ver como aplicar um comutador pelo caso de ser necessário
  13.  # 16

    Colocado por: OvelheiroNão pode ter o esquentador á mesma conduta do exaustor.


    Por lei? Ou não convém?
  14.  # 17

    Colocado por: Atiriug

    Por lei? Ou não convém?


    Está na norma e no regulamento técnico de segurança contra incêndio em edifícios
  15.  # 18

    Colocado por: Ovelheiro

    Está na norma e no regulamento técnico de segurança contra incêndio em edifícios


    Pois a minha dúvida era essa.
    Acabei agora de ler o documento à procura da norma mas não encontro nada específico.
    Só isto
    "Características dos ductos
    1 - Os ductos com secção superior a 0,2 m2 devem ser construídos com materiais da classe A1.
    2 - Sem prejuízo do disposto no número seguinte, os ductos devem, sempre que possível, ser seccionados por septos constituídos
    por materiais da classe A1 nos pontos de atravessamento de paredes e pavimentos de compartimentação corta-fogo ou de
    isolamento entre locais ocupados por entidades distintas.
    3 - Nos ductos destinados a alojar canalizações de líquidos e gases combustíveis:
    a) Não é permitido qualquer seccionamento;
    b) Os troços verticais devem dispor de aberturas permanentes de comunicação com o exterior do edifício com área não inferior a
    0,1 m2, situadas uma na base do ducto, acima do nível do terreno circundante, e outra no topo, ao nível da cobertura.
    4 - Sem prejuízo do disposto no n.o 7 do artigo 14.º, as portas de acesso devem ser da classe de resistência ao fogo padrão E 30 C,
    se a altura do edifício for menor ou igual a 28 m, ou E 60 C, nas restantes situações."

    Será isto?
  16.  # 19

    Colocado por: AtiriugSerá isto?

    Isso é do RT-SCIE, na Legislação SCIE, não encontra nada contra a instalação de ductos partilhados por equipamentos distintos.
    Na NP-EN, sim e também no regulamento técnico relativo ao projeto, construção, exploração e manutenção das instalações de gás combustível canalizado em edifícios.
  17.  # 20

    No manual da PORTGAS abaixo, tem a legislação e as normas a respeitar:
    https://www.portgas.pt/media/iunhe0nj/manual-de-especificacoes-tecnicas-portgas.pdf
 
0.0209 seg. NEW