Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Fiz uma consulta para móveis de cozinha e, pensando que o MDF (no caso, hidrófugo) era o melhor material a seguir à madeira, foi o que pedi.

    Surprendentemente, as primeiras propostas que recebi, desconsideraram o que pedi e basearam-se em aglomerado.

    O meu receio é precisar de apertar um parafuso e aquilo não dar aperto. Mas um dos preponentes diz que o aglomerado é mais resistente que o MDF e até desvalorizou este último, dizendo que "aquio é cartão".
    Confesso que estou mal habituado porque os móveis da casa onde vivo atualmente são de madeira e depois de cerca de 15 anos, nunca deram problemas. Mas parece que agora já ninguém faz cozinhas com madeira...

    Gostaria de ter a vossa opinião sobre o aglomerado, os materiais mais fiáveis e quais os materiais a evitar.

    Ainda, em relação ao acabamento, conseguem identificar que tipo de pintura tem a linha Delinia Chicago do Leroy Merlin?
    https://www.leroymerlin.pt/produtos/cozinhas/nossos-modelos-de-cozinha/cozinha-chicago/porta-de-cozinha-delinia-chicago-40x77-cm-verde-82225785.html?src=clk
  2.  # 2

    Pode sempre pedir em contraplacado marítimo
    Estas pessoas agradeceram este comentário: rituais
  3.  # 3

    Colocado por: DR1982Pode sempre pedir em contraplacado marítimo


    De cofragem?!? 😁
  4.  # 4

    Colocado por: Vítor Magalhães

    De cofragem?!? 😁
    e era capaz de durar uma vida, quer dizer estas chinesices que agora se vê já não é como antes 😃
  5.  # 5

    Se for para ser em condições o ideal é contraplacado lacado. Ser em condições no sentido de ser duradouro.
    Contraplacado marítimo é o nome que normalmente se dá ao contraplacado revestido com filme e que é utilizado em cofragens e mobiliário urbano (antes do compacto fenólico) o importante do contraplacado é o tipo de cola e de madeira utilizada em termos de resistência.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: rituais
  6.  # 6

    Colocado por: Vítor MagalhãesSe for para ser em condições o ideal é contraplacado lacado. Ser em condições no sentido de ser duradouro.
    Contraplacado marítimo é o nome que normalmente se dá ao contraplacado revestido com filme e que é utilizado em cofragens e mobiliário urbano (antes do compacto fenólico) o importante do contraplacado é o tipo de cola e de madeira utilizada em termos de resistência.
    tambem ha contraplacado folheado caso nao se pretenda os lacados
    Concordam com este comentário: Vítor Magalhães
    Estas pessoas agradeceram este comentário: rituais
  7.  # 7

    Colocado por: DR1982tambem ha contraplacado folheado caso nao se pretenda os lacados

    Existem várias marcas a fornecer painéis para cozinhas IKEA (não sei se existirão também para o material Delinia), e uma delas, a Cubro, produz versões em contraplacado com acabamento nos sabores laminado e linóleo.
    https://cubrodesign.com/en/personalize-your-furniture/

    Independentemente de gostos, calculo que deverá ser superior ao MDF que os painéis IKEA fornecem. O preço também deve superior...
    Estas pessoas agradeceram este comentário: rituais
  8.  # 8

    Colocado por: Vítor MagalhãesSe for para ser em condições o ideal é contraplacado lacado. Ser em condições no sentido de ser duradouro.
    Contraplacado marítimo é o nome que normalmente se dá ao contraplacado revestido com filme e que é utilizado em cofragens e mobiliário urbano (antes do compacto fenólico) o importante do contraplacado é o tipo de cola e de madeira utilizada em termos de resistência.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:rituais

    Nesse caso, "contraplacado lacado" ou "contraplacado maritimo lacado"?
    Faz ideia se a diferença de preço para o "MDF hidrófugo lacado" é muito significativa?

    Seria fantástico se os produtos considerados nas propostas chegassem ao detalhe de indicar o tipo de cola e madeira... mas infelizmente, se não perguntarmos, nem sabemos se estão a propor uma base MDF ou de aglomerado
  9.  # 9

    Peça em contraplacado de bétula lacado ou folheado se assim o pretender. Certamente o MDF ou Aglomerado será mais barato.
    Orçamentos geralmente são muito vagos nessas informações. Nunca tive nenhum, se quando andei a pedir, que tivesse mencionado o tipo de material. Mas alguns nem a referência das ferragens traziam.
    Concordam com este comentário: rituais
  10.  # 10

    https://www.alpesinox.com/en/storia/

    A minha cozinha de sonho.

    Mas só um bloco é para cima do meu orçamento...
  11.  # 11

    https://www.scic.pt/

    Estas duram para sempre.

    💰💰💰💰💰💰💰💰💰
  12.  # 12

    Este tópico vem mesmo a calhar.

    Recebi primeiro orçamento para carpintarias e já estourou o orçamento!!

    Materiais:
    Cozinha e wcs - melamina branca hidrófuga lacada
    Roupeiros - melamina de linho com portas de correr lacadas branco mate

    Em termos de materiais que me dizem? O lacado sei que encarece o valor, mas também melhora a durabilidade e apresentação do material, mas para portas de roupeiros justifica-se?
  13.  # 13

    Cozinhas - Melamina branca hidrófuga lacada? Bem, que salsada aí vai.... Tem a certeza que é isso que diz no papel?
    Sim, convém que o material principal seja em MDF hidrófugo e o acabamento lacado ou termolaminado. Acabamento em melamina sáo muito frágeis e a probabilidade de entrar humidades pelas juntas das orlas é bastante grande.

    Roupeiros - Ok
    Concordam com este comentário: Vítor Magalhães
  14.  # 14

    Gostos são gostos mas para mim lacados brancos nas cozinhas ok, em roupeiros e portas nunca na vida, casa estilo clínica não obrigado.
  15.  # 15

    Colocado por: rpmmsantosEste tópico vem mesmo a calhar.

    Recebi primeiro orçamento para carpintarias e já estourou o orçamento!!

    Materiais:
    Cozinha e wcs - melamina branca hidrófuga lacada
    Roupeiros - melamina de linho com portas de correr lacadas branco mate

    Em termos de materiais que me dizem? O lacado sei que encarece o valor, mas também melhora a durabilidade e apresentação do material, mas para portas de roupeiros justifica-se?


    É mesmo isso que está descrito no orçamento?!?!?
  16.  # 16

    Colocado por: Vítor Magalhães

    É mesmo isso que está descrito no orçamento?!?!?


    para os paineis sim, fora itens de gavetas, ferragens, etc.
  17.  # 17

    Bom, mas este forum deve servir para ajudar e esclarecer os foristas, então peço ajuda para definição dos materiais para moveis de cozinha e roupeiros.
  18.  # 18

    Pois, mas isso está muito omisso.
    Para começar, "melamina" é um revestimento (papel) e nunca um tipo de placa. Normalmente, e de uma forma errada, algumas pessoas referem-se ao aglomerado de partículas revestido nas faces com papel melamina como simplesmente "melamina".

    Portanto, no seu orçamento poderá presumir-se que se trata de painéis de aglomerado de partículas, provavelmente hidrófugo, revestido na face interior por melamina e na face exterior por revestimento lacado... O que é que isto tem de mal? Tudo, não conheço quem é que laca uma face de aglomerado e a outra reveste com papel...
    Depois, aglomerado e melamina numa cozinha ou WC é meio caminho andado para daqui a meia duzia de anos, ou menos, o aglomerado começar a inchar com a humidade e ficar uma valente miséria, seja hidrófugo ou não a diferença é residual para uma situação destas.
    Nestes casos a solução mais barata utilizada é o MDF hidrófugo, e ainda assim com muitas reservas.

    Roupeiros, aglomerado de partículas serve, afinal é o mais utilizado normalmente, agora esteja atento às espessuras dos painéis (portas e caixotes), se vier tudo com 16mm... Desconfie.

    Por ultimo, um painel lacado é um painel virtualmente selado em todas as faces, a probabilidade de absorção de humidade e dano é muito reduzida, considerando que a lacagem é bem feita. Um painel revestido a melamina (muito barato) ou termolaminado (um pouco mais caro) tem nos seus vértices os pontos mais fracos e propícios à absorção de humidade, se ela existir vai começar a expandir o substrato nestes locais e em pouco tempo isso acaba por ser fatal.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: marize, rituais, rpmmsantos
  19.  # 19

    Colocado por: Vítor MagalhãesNestes casos a solução mais barata utilizada é o MDF hidrófugo, e ainda assim com muitas reservas.


    Se for lacado não vejo mal no MDF. Qual seria a alternativa melhor? Contraplacado? Mas teria quer ser também lacado e será que a lacagem fica com tão bom aspeto como acontece com o MDF?

    edit: já agora deixo uma nota. A minha cozinha tem 30 anos e é feita com aglomerado laminado e está em bom estado. Provavelmente a qualidade do aglomerado não se compara às de hoje em dia. Tem uma ou outra orla a querer começar a descolar mas a "madeira" em si está boa.
  20.  # 20

    Contraplacado lacado é sempre a melhor opção, mas também a mais onerosa. Contudo, sendo lacado qualquer um dos substratos (AGL, MDF ou CONTRAPLACADO) resiste mais tempo.
    Os melhores para lacar são MDF e contraplacado pois tem a superfície mais lisa e menos suscetível a imperfeições por exemplo.
 
0.0242 seg. NEW